BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos

Resultados encontrados para DSTs:

“Pré-natal masculino”, durante a gestação da parceira, é incentivado pelo Ministério da Saúde

O objetivo é estimular o homem a acompanhar as consultas durante os nove meses de gestação da parceira, realizar exames para cuidados preventivos com a saúde, diagnóstico precoce e tratamento de doenças que possam afetar a saúde da mulher e, por consequência, a do bebê, como Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), por meio da realização de exames de sífilis, HIV e hepatites virais B e C. - [Mais...]

Vasectomia: o que esperar após o procedimento?

Alguns casais dizem que sua relação melhora, pois não precisam mais se preocupar com métodos contraceptivos e gravidez não planejada. Quais são os cuidados que devo ter após a vasectomia? É fundamental saber que a vasectomia não protege contra as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), incluindo a infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV). Os preservativos de látex são os mais efetivos para este tipo de prevenção. . - [Mais...]

Ovulação: o fenômeno da arborização pode ajudar a saber o dia da ovulação por um método natural alternativo

Qual é a exatidão do método? O que devo levar em consideração? Lembre-se, não há 100% de certeza, pode haver erros. O método não evita gravidez indesejada, não assegura que uma gravidez irá ocorrer, nem evita doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Ele é um método auxiliar para que as mulheres possam pesquisar o período fértil de seu ciclo menstrual. - [Mais...]

Corrimento vaginal. O que é e como evitá-lo?

As características do corrimento ajudam muito na identificação do agente causal, por isso uma visita ao ginecologista é muito importante para solucionar o problema. Quais são as causas de corrimento vaginal? As causas mais comuns são: Infecções vaginais Infecções do colo do útero Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) Na infância, são comuns as vulvovaginites inespecíficas causadas por higiene inadequada e pela maneira incorreta de realizar a higiene após a evacuação - que sempre deve ser feita de frente para trás, evitando o contato de fezes com a vagina. - [Mais...]

  • Entrar
  • Cadastrar