RUBRANOVA

B-MS

Atualizado em 09/12/2014

Composição da Rubranova

cada ampola de 2 ml contém respectivamente:hidroxocobalamina 5.000 - 15.000 mcg; veículo estéril q.s.p. 2,0-2,0 ml.

Posologia e Administração da Rubranova

como há variação individual às doses empregadas, recomendamos nas neuropatias menos pronunciadas 5.000 mcg por dia IM profunda até remissão da dor. Nos casos de maior componente álgico, doses iniciais de 15.000 mcg diárias seguidas de doses menores quando houver diminuição do componente doloroso que ocorre na maioria dos casos suscetíveis na primeira semana de tratamento. Rubranova 5.000 - 15.000 deve ser aplicado exclusivamente por via intramuscular nos locais convencionalmente adequados.

Reações Adversas da Rubranova

pacientes hipersensíveis podem desenvolver reações alérgicas de intensidade variável, excepcionalmente injeções de hidroxocobalamina (vitamina1 B12) poderão desencadear reações anafiláticas2.

Contra-Indicações da Rubranova

sua única contra-indicação é no caso de alergia3 à hidroxocobalamina.

Indicações da Rubranova

terapêutica4 coadjuvante5 de neuropatias sensoriais suscetíveis a doses maciças de vitamina1 B12 e para a prevenção e tratamento de uma variedade de afecções6 envolvendo deficiência desta vitamina1. As seguintes neuropatias sensoriais são indicações para Rubranova 5.000 15.000. Síndromes neurológicas periféricas: com componente sensitivo. Nevralgia de origem reumática: ciática, lomboartrose, cervicobraquialgias, artrite7, periartrite e mialgias8. Nevralgias tóxicas e metabólicas: polineurite etílica, neuropatia9 diabética, neurites10 tóxicas. Nevralgias ortopédicas e traumáticas: artrose11 lombar, poliradicoloneurite, mialgias8, artrite7, neuroma12 de amputação13. Neurite14 de etiologia15 desconhecida: nevralgia do trigêmio.

Apresentação da Rubranova

caixas com 1 ampola de 2 ml.


RUBRANOVA - Laboratório

B-MS
Rua Carlos Gomes, 924
São Paulo/SP - CEP: 04743-002
Tel: 55 (011) 882-2000
Fax: 55 (011) 246-0151
Site: http://www.bristol.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "B-MS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Reações anafiláticas: É um tipo de reação alérgica sistêmica aguda. Esta reação ocorre quando a pessoa foi sensibilizada (ou seja, quando o sistema imune foi condicionado a reconhecer uma substância como uma ameaça ao organismo). Na segunda exposição ou nas exposições subseqüentes, ocorre uma reação alérgica. Essa reação é repentina, grave e abrange o corpo todo. O sistema imune libera anticorpos. Os tecidos liberam histamina e outras substâncias. Esse mecanismo causa contrações musculares, constrição das vias respiratórias, dificuldade respiratória, dor abdominal, cãimbras, vômitos e diarréia. A histamina leva à dilatação dos vasos sangüíneos (que abaixa a pressão sangüínea) e o vazamento de líquidos da corrente sangüínea para os tecidos (que reduzem o volume de sangue) o que provoca o choque. Ocorrem com freqüência a urticária e o angioedema - este angioedema pode resultar na obstrução das vias respiratórias. Uma anafilaxia prolongada pode causar arritmia cardíaca.
3 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
4 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
5 Coadjuvante: Que ou o que coadjuva, auxilia ou concorre para um objetivo comum.
6 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
7 Artrite: Inflamação de uma articulação, caracterizada por dor, aumento da temperatura, dificuldade de movimentação, inchaço e vermelhidão da área afetada.
8 Mialgias: Dor que se origina nos músculos. Pode acompanhar outros sintomas como queda no estado geral, febre e dor de cabeça nas doenças infecciosas. Também pode estar associada a diferentes doenças imunológicas.
9 Neuropatia: Doença do sistema nervoso. As três principais formas de neuropatia em pessoas diabéticas são a neuropatia periférica, neuropatia autonômica e mononeuropatia. A forma mais comum é a neuropatia periférica, que afeta principalmente pernas e pés.
10 Neurites: Inflamação de um nervo. Pode manifestar-se por neuralgia, déficit sensitivo, formigamentos e/ou diminuição da força muscular, dependendo das características do nervo afetado (sensitivo ou motor). Esta inflamação pode ter causas infecciosas, traumáticas ou metabólicas.
11 Artrose: Também chamada de osteoartrose ou processo degenerativo articular, resulta de um processo anormal entre a destruição cartilaginosa e a reparação da mesma. Entende-se por cartilagem articular, um tipo especial de tecido que reveste a extremidade de dois ossos justapostos que possuem algum grau de movimentação entre eles, sua função básica é a de diminuir o atrito entre duas superfícies ósseas quando estas executam qualquer tipo de movimento, funcionando como mecanismo de absorção de choque. O estado de hidratação da cartilagem e a integridade da mesma, é fator preponderante para o não desenvolvimento da artrose.
12 Neuroma: Tumor formado por células nervosas.
13 Amputação: 1. Em cirurgia, é a remoção cirúrgica de um membro ou segmento de membro, de parte saliente (por exemplo, da mama) ou do reto e/ou ânus. 2. Em odontologia, é a remoção cirúrgica da raiz de um dente ou da polpa. 3. No sentido figurado, significa diminuição, restrição, corte.
14 Neurite: Inflamação de um nervo. Pode manifestar-se por neuralgia, déficit sensitivo, formigamentos e/ou diminuição da força muscular, dependendo das características do nervo afetado (sensitivo ou motor). Esta inflamação pode ter causas infecciosas, traumáticas ou metabólicas.
15 Etiologia: 1. Ramo do conhecimento cujo objeto é a pesquisa e a determinação das causas e origens de um determinado fenômeno. 2. Estudo das causas das doenças.

Tem alguma dúvida sobre RUBRANOVA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.