COBAGLOBAL

LEGRAND

Atualizado em 08/12/2014

Composição de Cobaglobal

comprimidos: cobamamida (coenzima B12) 1 mg;cloridrato de ciproeptadina 4 mg; excipiente q.s.p. 1 comprimido (metilcelulose; amido; estearato de magnésio). Xarope: cada sachê contém: cobamamida (coenzima B12) 20 mg; excipiente q.s.p. 5 g. Cada ml do xarope contém: cloridrato de ciproeptadina 0,80 mg; veículo q.s.p. 1,00 ml. (xarope de açúcar1 65º brix; ácido cítrico; nipagin; nipasol; álcool extraneutro; sacarina2 sódica; ciclamato de sódio; essência de cereja; água desmineralizada q.s.p.)

Posologia e Administração de Cobaglobal

comprimidos: crianças de 2 a 6 anos: 1/2 a 1 comprimido, 2 vezes ao dia. Crianças acima de 6 anos: 1 comprimido, 2 vezes ao dia. Adultos: 1 comprimido 3 vezes ao dia. Não há esquema posológico recomendado para crianças com menos de 2 anos. Sempre de preferência nos intervalos entre as principais refeições. Os microcomprimidos de Cobaglobal podem ser diluídos ou deglutidos. Xarope: crianças de 2 a 6 anos: 1/2 colher de chá (2,5 ml) a 1 colher de chá (5,0 ml), 2 vezes a dia antes das refeições. Crianças acima de 6 anos: 1 colher de chá (5,0 ml), 2 vezes ao dia antes das refeições. Superdosagem: as reações de superdosagem de anti-histamínico podem variar de depressão ou estímulo do sistema nervoso3 a convulsões. Podem também ocorrer sinais4 e sintomas5 do tipo atropínico (boca6 seca, pupilas dilatadas e fixas, rubor e outros). Assim como sintomas5 gastrintestinais. No caso de ingestão acidental de doses exageradas, se espontaneamente não ocorrer vômito7, o paciente deve ser induzido ao vômito7 com xarope de ipeca, se estiver consciente. Se o paciente não conseguir vomitar, faça lavagem gástrica8 acompanhada de carvão ativo. A lavagem de escolha é a solução salina isotônica9 ou a 45%. Deve-se tomar precauções para evitar a aspiração, particularmente em bebês10 e crianças.

Precauções de Cobaglobal

deve ser evitada a ingestão concomitante de álcool e a operação de veículos e máquinas. A dose diária não deve exceder a dose recomendada.

Reações Adversas de Cobaglobal

as reações adversas são raras, quando surgem, elas são atribuídas à ciproeptadina, tais como, tonturas11, sonolência. Muito mais raro são secura das mucosas12, cefaléia13, náuseas14 e erupções cutâneas15. - Interações medicamentosas: a ciproeptadina pode potencializar os efeitos de agentes antidepressivos, anticonvulsivantes e do álcool, bem como dos IMAO16. Uso na gravidez17 e lactação18: não é recomendada a administração durante a gravidez17 ou lactação18, devido à falta de estudo mais aprofundado sobre a ação deste medicamento nos períodos citados.

Contra-Indicações de Cobaglobal

pacientes que apresentam sensibilidade aos componentes da fórmula. A ciproeptadina é contra-indicada no glaucoma19, nos pacientes com retenção urinária20 e naqueles recebendo inibidores da monoaminoxidase21. - Advertências: em caso de hipersensibilidade aos componentes da fórmula, suspenda a administração.

Indicações de Cobaglobal

estimulante do apetite, nos distúrbios ponderoestaturais da infância, nos estados de astenia22, anorexia23 e caquexia24 nos períodos de convalescença após enfermidades infecciosas.

Apresentação de Cobaglobal

comprimidos: embalagem contendo 16 microcomprimidos. Xarope: embalagem contendo pó para preparação extemporânea em sachê de 5 g e xarope em frasco de 100 ml.


COBAGLOBAL - Laboratório

LEGRAND
Rua Com. Carlo Mario Gardano, 450
São Bernardo do Campo/SP - CEP: 09720-470
Tel: (11 4)339-1677
Fax: (11 4)339-1744

Ver outros medicamentos do laboratório "LEGRAND"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
2 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
3 Sistema nervoso: O sistema nervoso é dividido em sistema nervoso central (SNC) e o sistema nervoso periférico (SNP). O SNC é formado pelo encéfalo e pela medula espinhal e a porção periférica está constituída pelos nervos cranianos e espinhais, pelos gânglios e pelas terminações nervosas.
4 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
5 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
6 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
7 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
8 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.
9 Isotônica: Relativo à ou pertencente à ação muscular que ocorre com uma contração normal. Em química, significa a igualdade de pressão entre duas soluções.
10 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
11 Tonturas: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
12 Mucosas: Tipo de membranas, umidificadas por secreções glandulares, que recobrem cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
13 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
14 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
15 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
16 IMAO: Tipo de antidepressivo que inibe a enzima monoaminoxidase (ou MAO), hoje usado geralmente como droga de terceira linha para a depressão devido às restrições dietéticas e ao uso de certos medicamentos que seu uso impõe. Deve ser considerada droga de primeira escolha no tratamento da depressão atípica (com sensibilidade à rejeição) ou agente útil no distúrbio do pânico e na depressão refratária. Pode causar hipotensão ortostática e efeitos simpaticomiméticos tais como taquicardia, suores e tremores. Náusea, insônia (associada à intensa sonolência à tarde) e disfunção sexual são comuns. Os efeitos sobre o sistema nervoso central incluem agitação e psicoses tóxicas. O término da terapia com inibidores da MAO pode estar associado à ansiedade, agitação, desaceleração cognitiva e dor de cabeça, por isso sua retirada deve ser muito gradual e orientada por um médico psiquiatra.
17 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
18 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
19 Glaucoma: É quando há aumento da pressão intra-ocular e danos ao nervo óptico decorrentes desse aumento de pressão. Esses danos se expressam no exame de fundo de olho e por alterações no campo de visão.
20 Retenção urinária: É um problema de esvaziamento da bexiga causado por diferentes condições. Normalmente, o ato miccional pode ser iniciado voluntariamente e a bexiga se esvazia por completo. Retenção urinária é a retenção anormal de urina na bexiga.
21 Inibidores da monoaminoxidase: Tipo de antidepressivo que inibe a enzima monoaminoxidase (ou MAO), hoje usado geralmente como droga de terceira linha para a depressão devido às restrições dietéticas e ao uso de certos medicamentos que seu uso impõe. Deve ser considerada droga de primeira escolha no tratamento da depressão atípica (com sensibilidade à rejeição) ou agente útil no distúrbio do pânico e na depressão refratária. Pode causar hipotensão ortostática e efeitos simpaticomiméticos tais como taquicardia, suores e tremores. Náusea, insônia (associada à intensa sonolência à tarde) e disfunção sexual são comuns. Os efeitos sobre o sistema nervoso central incluem agitação e psicoses tóxicas. O término da terapia com inibidores da MAO pode estar associado à ansiedade, agitação, desaceleração cognitiva e dor de cabeça, por isso sua retirada deve ser muito gradual e orientada por um médico psiquiatra.
22 Astenia: Sensação de fraqueza, sem perda real da capacidade muscular.
23 Anorexia: Perda do apetite ou do desejo de ingerir alimentos.
24 Caquexia: Estado de involução geral caracterizado por perda de peso, astenia e incapacidade de desempenhar atividades mínimas. Pode acompanhar estados terminais das doenças crônicas (SIDA, insuficiência cardíaca, insuficiência respiratória). Também se pode aplicar este termo a um órgão determinado, quando o mesmo se encontra afetado por um transtorno incapacitante terminal (caquexia cardíaca).

Tem alguma dúvida sobre COBAGLOBAL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.