Artroflan

HERBARIUM LABORATORIO BOTANICO S.A

Atualizado em 05/02/2020

IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO TRADICIONAL FITOTERÁPICO

Artroflan
Harpagophytum procumbens
Comprimido 150 mg

Produto tradicional fitoterápico
Nomenclatura popular:
Garra do diabo.
Nomenclatura botânica completa: Harpagophytum procumbens DC. ex Meissn. e H. zeyheri Decne.
Parte da planta utilizada: raízes secundárias.

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Comprimido revestido de liberação retardada
Embalagens contendo 10, 20, 40, ou 60 comprimidos

USO ORAL
USO ADULTO

COMPOSIÇÃO:

Cada comprimido de Artroflan contém:

extrato seco de garra do diabo, Harpagophytum procumbens (padronizado em 22% de harpagosídeo, equivalente a 33 mg de harpagosídeo) 150 mg
excipientes q.s.p 1 comprimido

Excipientes: celulose microcristalina, amido, polimetacrílicocopoliacrilato de etila, amidoglicolato de sódio, dióxido de silício, talco, óxido férrico vermelho, hipromelose, estearato de magnésio, macrogol, dióxido de titânio, dióxido de silício, bicarbonato de sódio, laurilsulfato de sódio e simeticona.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE PRODUTO É INDICADO?

Este produto é usado tradicionalmente para alívio de dores articulares moderadas e dor lombar baixa aguda.

COMO ESTE PRODUTO FUNCIONA?

Este produto atua como anti-inflamatório, antirreumático e analgésico1, inibindo a síntese de prostaglandinas2, que são formadas na fase irritativa do processo inflamatório.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE PRODUTO?

  • Hipersensibilidade (alergia3) a qualquer um dos componentes da fórmula.
  • Pessoas com úlcera4 estomacal ou duodenal, devido à estimulação da secreção do suco gástrico.
  • Pessoas com problemas cardiovasculares.
  • Pessoas com obstrução das vias biliares5 ou cálculos biliares, gastrite6 e cólon7 irritável.

Este produto é contraindicado para uso por crianças.

Mulheres grávidas ou amamentando não devem utilizar este produto, já que não há estudos que possam garantir a segurança nessas situações.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE PRODUTO?

Precauções e advertências

  • Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
  • Estudos em animais revelaram que o extrato de Harpagophytum procumbens é capaz de reduzir o nível de açúcar8 sanguíneo. Sendo assim, recomenda-se precaução na administração deste produto por pacientes diabéticos que já façam uso de medicamentos hipoglicemiantes9.
  • O uso concomitante deste produto com medicamentos anticoagulantes10 deve ser evitado, devido ao risco de aumento de sangramento.
  • Caso os sintomas11 persistam ou piorem, ou apareçam reações indesejadas não descritas na embalagem ou no folheto informativo, interrompa seu uso e procure orientação do profissional de saúde12.
  • Se você utiliza medicamentos de uso contínuo, busque orientação de profissional de saúde12 antes de utilizar este produto.
  • Este produto não deve ser utilizado por período superior ao indicado, ou continuamente, a não ser por orientação de profissionais de saúde12.
  • Informe ao seu profissional de saúde12 todas as plantas medicinais e fitoterápicos que estiver tomando. Interações podem ocorrer entre produtos e plantas medicinais e mesmo entre duas plantas medicinais quando administradas ao mesmo tempo.

Interações medicamentosas

Pode interagir com: drogas utilizadas para o tratamento de desordens cardíacas (como drogas antiarrítmicas), terapia hipotensiva/hipertensiva, varfarina, estatinas, antiepiléticos, antidepressivos, antidiabéticos e inibidores da bomba de prótons.

Efeitos na habilidade de dirigir e usar máquinas

Não há casos relatados que o uso deste produto interfira na capacidade de dirigir veículos e operar máquinas.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE PRODUTO?

Cuidados de conservação

Conservar em temperatura ambiente (entre 15–30°C). Proteger da luz e umidade.

Prazo de validade: 24 meses após a data de fabricação impressa no cartucho. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use produto com prazo de validade vencido. Para sua segurança, guarde o produto na embalagem original.

Características físicas e organolépticas do produto

Atroflan apresenta-se como comprimido revestido de liberação retardada de cor marrom avermelhado. Cheiro (odor) característico e praticamente não apresenta sabor.

Antes de usar, observe o aspecto do produto. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE PRODUTO?

USO ORAL/ USO INTERNO

Modo de usar

Os comprimidos revestidos de liberação retardadadevem ser ingeridos inteiros e com quantidade suficiente de água para que possam ser deglutidos.

Os produtos tradicionais fitoterápicos não devem ser administrados pelas vias injetável e oftálmica.

Posologia

Ingerir dois comprimidos revestidos de liberação retardada, via oral, uma vez ao dia, por até 4 semanas.

Este produto não deve ser partido, aberto ou mastigado.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE PRODUTO?

Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retomar a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação13.

Em caso de dúvidas, procure orientação de profissional de saúde12.

QUAIS OS MALES QUE ESTE PRODUTO PODE ME CAUSAR?

Reações adversas

Dores de cabeça14, zumbidos, perda de apetite.

Distúrbios gastrointestinais podem ocorrer em pessoas sensíveis (diarreia15 e flatulência), especialmente com o uso de doses elevadas.

Também há relatos de sintomas11 de cansaço, enxaqueca16, erupções cutâneas17 e aumento temporário da transpiração18.

Estudos científicos relatam a incidência19 desses eventos adversos em aproximadamente 10% da população.

Informe ao seu profissional de saúde12 o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do produto. Informe também à empresa através do seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC).

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA ou à Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE PRODUTO?

Recomenda-se tratamento sintomático20 e controle das funções vitais.

Em caso de uso de grande quantidade deste produto, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou folheto informativo, se possível.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Não há casos de superdose relatados.

DIZERES LEGAIS


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas11 procure orientação médica.
 

Registro M.S. nº 1.7817. XXXX
Farm. Resp.: Luciana Lopes da Costa - CRF-GO nº 2.757.

Registrado por:
Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A.
Avenida Ceci, nº 282, Módulo I - Tamboré - Barueri - SP - CEP 06460-120
C.N.P.J.: 61.082.426/0002-07 - Indústria Brasileira

Fabricado por:
Herbarium Laboratório Botânico S.A.
Av. Santos Dumont, 1100 CEP 83403-500 Colombo - PR.


SAC 0800 97 99 900

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Analgésico: Medicamento usado para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.
2 Prostaglandinas: É qualquer uma das várias moléculas estruturalmente relacionadas, lipossolúveis, derivadas do ácido araquidônico. Ela tem função reguladora de diversas vias metabólicas.
3 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
4 Úlcera: Ferida superficial em tecido cutâneo ou mucoso que pode ocorrer em diversas partes do organismo. Uma afta é, por exemplo, uma úlcera na boca. A úlcera péptica ocorre no estômago ou no duodeno (mais freqüente). Pessoas que sofrem de estresse são mais susceptíveis a úlcera.
5 Vias biliares: Conjunto de condutos orgânicos que conectam o fígado e a vesícula biliar ao duodeno. Sua função é conduzir a bile produzida no fígado, para ser armazenada na vesícula biliar e posteriormente ser liberada no duodeno.
6 Gastrite: Inflamação aguda ou crônica da mucosa do estômago. Manifesta-se por dor na região superior do abdome, acidez, ardor, náuseas, vômitos, etc. Pode ser produzida por infecções, consumo de medicamentos (aspirina), estresse, etc.
7 Cólon:
8 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
9 Hipoglicemiantes: Medicamentos que contribuem para manter a glicose sangüínea dentro dos limites normais, sendo capazes de diminuir níveis de glicose previamente elevados.
10 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
11 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
12 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
13 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
14 Cabeça:
15 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
16 Enxaqueca: Sinônimo de migrânea. É a cefaléia cuja prevalência varia de 10 a 20% da população. Ocorre principalmente em mulheres com uma proporção homem:mulher de 1:2-3. As razões para esta preponderância feminina ainda não estão bem entendidas, mas suspeita-se de alguma relação com o hormônio feminino. Resulta da pressão exercida por vasos sangüíneos dilatados no tecido nervoso cerebral subjacente. O tratamento da enxaqueca envolve normalmente drogas vaso-constritoras para aliviar esta pressão. No entanto, esta medicamentação pode causar efeitos secundários no sistema circulatório e é desaconselhada a pessoas com problemas cardiológicos.
17 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
18 Transpiração: 1. Ato ou efeito de transpirar. 2. Em fisiologia, é a eliminação do suor pelas glândulas sudoríparas da pele; sudação. Ou o fluido segregado pelas glândulas sudoríparas; suor. 3. Em botânica, é a perda de água por evaporação que ocorre na superfície de uma planta, principalmente através dos estômatos, mas também pelas lenticelas e, diretamente, pelas células epidérmicas.
19 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
20 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.

Tem alguma dúvida sobre Artroflan?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.