Preço de Dinaflex em Fairfield/SP: R$ 111,36

Dinaflex

ZODIAC PRODUTOS FARMACÊUTICOS S/A

Atualizado em 14/10/2019

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

DINAFLEX®
sulfato de glicosamina

APRESENTAÇÕES

Pó granulado de 1,5 g
Embalagem com 15 ou 30 envelopes.

USO ORAL 
USO ADULTO 

COMPOSIÇÃO

DINAFLEX® 1,5g:
Cada envelope contém 1,5 g de sulfato de glicosamina (equivalente a 1,884 g de sulfato sódico de glicosamina).
Excipientes: aspartame, sorbitol, ácido cítrico e macrogol.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

DINAFLEX® é indicado no tratamento de artrose (doença degenerativa nas articulações) ou osteoartrite (inflamação grave da articulação com lesão óssea) primária e secundária e suas manifestações.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

DINAFLEX® é um medicamento que age sobre a cartilagem que reveste as articulações fazendo com que o processo degenerativo aconteça mais lentamente. Desta maneira, DINAFLEX® causa a diminuição da dor e da limitação dos movimentos, sintomas que geralmente acontecem em doenças que atingem a cartilagem.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você não deve usar DINAFLEX® se apresentar uma das situações abaixo:

  • Alergia à glicosamina ou a qualquer componente da formulação.
  • Fenilcetonúria.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES
Você deve usar DINAFLEX® com cuidado se apresentar uma das situações abaixo:

  • Distúrbios gastrointestinais (na região do estômago e intestino),
  • História de úlcera gástrica (no estômago) ou intestinal,
  • Diabetes mellitus,
  • Insuficiência renal, hepática ou cardíaca (problemas nos rins, fígado e coração).

Se você apresentar úlcera péptica (úlcera na mucosa do estômago ou duodeno) ou sangramento gastrointestinal durante o tratamento, informe imediatamente seu médico. Poderá ser necessária a suspensão do uso de DINAFLEX®.
Você deve evitar ingerir bebidas alcoólicas durante o tratamento com DINAFLEX®.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe o seu médico caso esteja amamentando.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS
Você deve utilizar DINAFLEX® com cuidado e informar seu médico se estiver tomando os seguintes medicamentos: tetraciclinas, penicilina, cloranfenicol e diuréticos (como, por exemplo, hidroclorotiazida).
Você pode utilizar DINAFLEX® juntamente com medicamentos analgésicos (para dor) ou anti-inflamatórios esteroidais e não-esteroidais.

Informe ao seu médico se você está fazendo uso de algum outro medicamento.
Não use medicamento sem o conhecimento de seu médico. Pode ser perigoso para sua saúde.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

DINAFLEX® deve ser conservado em temperatura ambiente (15º - 30ºC), protegido da luz e umidade. DINAFLEX® tem validade de 36 meses a partir da data de fabricação.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento
DINAFLEX® apresenta-se como um granulado de cor branca contido em envelopes.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso você observe alguma mudança no aspecto do medicamento que ainda esteja no prazo de validade, consulte o médico ou o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

DINAFLEX® deve ser administrado por via oral.
Deve-se adicionar o conteúdo do envelope em um copo com água, aguardar entre 2 e 5 minutos e só então mexer com o auxílio de uma colher.

Posologia:
Tomar 1 envelope por dia segundo indicação médica.
A duração do tratamento fica a critério do médico. Você não deve tomar mais do que um envelope por dia.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento de seu médico.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Caso haja esquecimento na tomada da dose diária, continuar o tratamento no dia seguinte e tomar apenas o conteúdo de um envelope por dia.
Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

As reações adversas mais comuns são: desconforto gástrico, diarreia, náusea, prurido (coceira) e cefaleia (dor de cabeça). Estas reações geralmente são de intensidade leve a moderada.
Pode ocorrer o surgimento de reações alérgicas manifestadas como erupções na pele (rash).
Também foram verificadas reações incomuns como edema periférico (inchaço nas extremidades) e taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos); reações raras como sonolência e insônia; reações leves como dispepsia (dificuldade de digestão), vômito, dor abdominal, constipação (prisão de ventre), azia e anorexia (marcada diminuição ou perda do apetite).

Informe ao seu médico ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Não é conhecido antídoto específico para este medicamento. Em caso de superdosagem recomendam-se as medidas de suporte clínico.
Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

DIZERES LEGAIS

 

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.

 

MS - 1.2214.0031
Resp. Téc.: Marcia da Costa Pereira CRF-SP nº. 32.700

Zodiac Produtos Farmacêuticos S.A.
Rodovia Vereador Abel Fabrício Dias, 3400 Pindamonhangaba – SP
C.N.P.J. 55.980.684/0001-27
Indústria Brasileira

 

SAC: 0800-166575

 

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre Dinaflex?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.