BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos

Resultados encontrados para Remédio para Bloqueio Atrioventricular:

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

SELOKEN Injetável

Infarto do miocárdio (confirmado ou suspeita). - CONTRA-INDICAÇÕES SELOKEN injetável é contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade ao metoprolol, aos demais componentes da fórmula ou a outros betabloqueadores. Bloqueio atrioventricular de grau II ou de grau III, insuficiência cardíaca não compensada instável (edema pulmonar, hipoperfusão ou hipotensão) e pacientes com terapia inotrópica contínua ou intermitente agindo através de agonismo do beta receptor, síndrome do nó sino-atrial, choque cardiogênico, bradicardia sinusal clinicamente relevante e arteriopatia periférica grave. - [Mais...]

Invega

As reações adversas a Invega relatadas por pacientes adultos com esquizofrenia tratados com Invega em estudos clínicos são: dor de cabeça (12%), tontura (5%), sintomas extrapiramidais (2%), sonolência (3%), inquietação (3%), tremor (3%), aumento da rigidez muscular (1%), espasmos musculares (1%), sedação (5%), parkinsonismo ( 1%), taquicardia sinusal (4%), batimentos cardíacos acelerados (7%), bloqueio de ramo (1%), arritmia sinusal (1%), vômito (3%), diminuição da pressão sanguínea ao mudar de posição (1%), boca seca (3%), dor abdominal alta (3%), aumento da secreção da saliva ( 1%), fraqueza muscular ( 1%), fadiga (1%), crise oculógira e bloqueio atrioventricular de 1 grau. As reações adversas a Invega relatadas por pacientes adolescentes com esquizofrenia, com idade de 12 a 17 anos, tratados com Invega em estudos clínicos são: nasofaringite (4%), insônia (7%), ansiedade (2%), sonolência (13%), inquietação (11%), dor de cabeça (4%), tremor (7%), espasmos musculares (4%), tontura (2%), movimentos involuntários (2%), sedação (2%), sonolência excessiva (4%), crise oculógira (4%), batimentos cardíacos acelerados (7%), taquicardia sinusal (2%), sangramento nasal (2%), vômito (11%), náusea (2%), aumento da secreção da saliva (2%), dor abdominal alta (2%), rigidez muscular (2%), torcicolo (2%), produção de leite em homens ou fora do período pós-parto ou de lactação (4%), fadiga (2%), fraqueza muscular (2%), aumento de peso (2%), rigidez em roda denteada, sintomas extrapiramidais, letargia, contrações musculares involuntárias, paralisia da língua, visão turva, boca seca, inchaço da língua, contração muscular, ausência de menstruação, inchaço mamário. - [Mais...]

FORMARE

.. cardíacas, especialmente bloqueio atrioventricular de terceiro grau, descompensação cardíaca grave, estenose subvalvular aórtica idiopática, cardiomiopatia... - [Mais...]

Maleato de Timolol 0,5%

Pacientes com asma brônquica ou doença pulmonar obstrutiva crônica. Broncoespasmo. Bradicardia sinusal. Bloqueio atrioventricular de segundo e terceiro graus; insuficiência cardíaca manifesta. Choque cardiogênico. Advertências do Maleato de Timolol As soluções oftálmicas podem ser absorvidas e atuar sistemicamente. - [Mais...]

Cloridrato de Betaxolol 0,5%

Pode ser usado isolado ou em combinação com outras drogas antiglaucomatosas. Contra-Indicações do Cloridrato de Betaxolol Hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Bradicardia sinusal, maior do que o bloqueio atrioventricular de primeiro grau, choque cardiogênico ou pacientes com insuficiência cardíaca comprovada. Advertências do Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Solução Oftálmica pode ser absorvido sistemicamente. - [Mais...]

Cloridrato de Propranolol (Comprimido 40 mg)

Controle de feocromocitoma (tipo de tumor, geralmente benigno, localizado na glândula suprarrenal). Neste caso, o tratamento com cloridrato de propranolol deve apenas ser iniciado na presença de um bloqueio alfa efetivo. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA? O cloridrato de propranolol é um medicamento betabloqueador, ou seja, inibe a estimulação, dos receptores beta adrenérgicos (beta-1 e beta-2) presentes no organismo (como no coração e vasos sanguíneos). - [Mais...]

SOTACOR

hipersensibilidade prévia ao SOTACOR . choque cardiogênico. anestesia que produza depressão do miocárdio. bradicardia sinusal sintomática. síndrome da doença sinusal, bloqueio atrioventricular de segundo e terceiro graus, a menos que esteja usando um marca passo. insuficiência cardíaca congestiva não controlada. insuficiência renal. síndrome do QT longo congênita ou adquirida. - [Mais...]

RANIDIN

Estas reações têm ocorrido ocasionalmente após uma única dose. Também têm sido reportados raros casos de bradicardia e bloqueio atrioventricular, como ocorre com outros antagonistas dos receptores H2. . Numa proporção muito pequena de pacientes tem-se observado cefaléia, tontura e confusão mental reversível, esta predominantemente em pacientes gravemente enfermos e muito idosos. - [Mais...]

BETALOR

O uso associado com amiodarona aumenta a probabilidade de bradicardia, parada sinusal e bloqueio atrioventricular (tipo de arritmia cardíaca). O uso associado de BETALOR® (anlodipino besilato/ atenolol) com a ciclosporina aumenta o risco de toxicidade da ciclosporina. - [Mais...]

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).
  • Entrar
  • Cadastrar