BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos

Resultados encontrados para Remédio para Infecções Urinárias:

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Infecção urinária, infecção de urina ou ITU. Saiba mais.

Sempre é bom procurar um médico diante dos sintomas de uma infecção urinária. O que fazer para parar de ter infecção urinária? Os estudos realizados mostram que o que causa infecção são alterações intrínsecas. Algumas mulheres, principalmente aquelas com infecções urinárias recorrentes, podem ter nas células que revestem o canal da urina e a vagina receptores em que as bactérias se ligam de maneira mais firme e, com isso, na hora que a pessoa urina a bactéria não é eliminada. - [Mais...]

Peixe pode evitar danos renais em diabéticos: American Journal of Kidney Diseases

Estudo publicado na revista American Journal of Kidney Diseases mostrou que o consumo de peixe e de óleo de peixe por diabéticos ajuda a evitar o aparecimento da macroalbuminúria e conseqüentes danos renais nestes pacientes. Para avaliar o benefício potencial do consumo de peixe e de óleo de peixe e sua a relação com a albuminúria em indivíduos diabéticos e não diabéticos, foram estudados 22.384 homens e mulheres dos quais 517 eram diabéticos e 21.867 não tinham a doença. A prevalência de ... - [Mais...]

Acidente Vascular Cerebral ou Derrame Cerebral

Edema cerebral Hidrocefalia Hipertensão intracraniana Transformação hemorrágica Convulsões Complicações Clínicas Aspiração de secreções Hipoventilação Pneumonias Isquemia miocárdica Arritmias cardíacas Trombose venosa profunda Tromboembolismo pulmonar Retenção ou infecções urinárias Úlceras de decúbito Desnutrição Contraturas e rigidez das articulações As seqüelas mais comuns são hemiparesia, alterações visuais, da fala e da memória. A recorrência do derrame é frequente. - [Mais...]

Pedras nos Rins ou nos Ureteres

Volume insuficiente de urina ou urina supersaturada de sais Grande quantidade de cálcio, fosfatos, oxalatos, cistina ou baixos níveis de citrato na urina Distúrbios metabólicos do ácido úrico ou das glândulas tireóide e paratireóides História familiar de cálculos renais Infecções urinárias Obstrução das vias urinárias Acidose tubular renal Nefrocalcinose Doenças do intestino delgado Alterações anatômicas Sedentarismo Obesidade Osteoporose Uso crônico de medicamentos como corticóides, diuréticos como a furosemida e indinavir (anti-retroviral) . - [Mais...]

Novidades em medicamentos: conheça o que há de novo no mercado farmacêutico

Na apresentação de 15 mg/5 ml, o xarope não deve ser prescrito para crianças com menos de 2 anos de idade e está contra-indicado em caso de hipersensibilidade a qualquer componente de sua fórmula. Levcin, a levofloxacina da Sandoz A Sandoz lançou o Levcin, a levofloxacina indicada para o tratamento de infecções urinárias e respiratórias. O antibiótico está disponível nas apresentações de 250 mg e 500 mg em caixas com 3, 7 ou 10 comprimidos. - [Mais...]

Lançamento de medicamentos: clique e confira as novidades

Deve ser administrado somente por urologistas experientes. O novo medicamento pode também ser utilizado na terapia da cistite pós-radiação (pacientes em tratamento radioterápico por câncer) e na profilaxia das infecções urinárias de repetição com bons resultados. ReVia, da Cristália, para tratar o alcoolismo ReVia ou cloridrato de naltrexona é uma medicação antiga usada para bloquear o efeito das substâncias derivadas do ópio, como a morfina e a heroína. - [Mais...]

TIMENTIN

Bactérias gram-negativas: Pseudomonas aeruginosa, Pseudomonas spp (incluindo Pseudomonas maltophila ), Proteus mirabilis, Proteus vulgaris, Providência rettgeri (formalmente Proteus rettgeri ), Providência stuartii, Morganella morganii (formalmente Proteus morganii ), Escherichia coli, Enterobacter spp (embora a maioria das cepas das espécies de Enterobacter sejam resistentes in vitro , demonstrou-se a eficácia clínica quando do uso de TIMENTIN em infecções urinárias causadas por estes microrganismos), Acinetobacter spp, Haemophilus influenzae, Branhamella catarrhalis, Serratia spp (incluindo S. - [Mais...]

GARAMICINA injetável

Há disponível uma apresentação de GARAMICINA com 2 ml contendo 280mg do antibiótico. A administração deve ser em região glútea. Infecções Urinárias da Garamicina Injetável Em consequência às elevadas concentrações de gentamicina na urina, os pacientes com infecções urinárias, especialmente crônicas e recorrentes, e sem evidência de insuficiência renal, podem ser tratados com uma dose única diária de 160mg de gentamicina administrada por via intramuscular durante 7 a 10 dias. - [Mais...]

CEFALOTINA ARISTON

Posologia e Administração da Cefalotina Ariston adultos: a dose média usual em pacientes com função renal normal é de 500 mg a 1 g a cada 4 ou 6 horas: pneumonia não complicada, furunculose com celulite e maioria das infecções urinárias: 500 mg a cada 6 horas. Infecções severas: a dose pode se aumentada para 1 g ou administrar 500 mg a cada 4 horas. Bacteremia, septicemia e outras infecções severas ou com risco de vida: 4 a 12 g/dia por via IV, em doses divididas. - [Mais...]

SEPURIN

Cloreto de metiltionínio 20 mg; Excipiente q.s.p. 1 drágea. Propriedades de Sepurin SEPURIN reúne em sua fórmula substâncias que facilitam o emprego de medicação dotada de notável ação anti-séptica e microbicida, nas infecções urinárias. Além do seu poder anti-séptico, SEPURIN goza de acentuado poder analgésico e sedativo das dores e tenesmo que freqüentemente fazem parte do cortejo sintomático das cistites e uretrites agudas, que tantos sofrimentos causam aos portadores dessas afecções. - [Mais...]

Bactrim

160 mg Excipientes: docusato de sódio, estearato de magnésio, povidona e amidoglicolato de sódio. INFORMAÇÕES AO PACIENTE PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Bactrim é indicado para o tratamento de infecções causadas por microrganismos sensíveis à associação dos medicamentos trimetoprima e sulfametoxazol, como certas infecções respiratórias, gastrintestinais, renais e do trato urinário, genitais (homens e mulheres), infecções da pele, entre outros tipos de infecções. - [Mais...]

CEFARISTON

Posologia de Cefariston Adultos: A dose média usual em pacientes com função renal normal é de 500 mg a 1g a cada 4 ou 6 horas: · Pneumonia não complicada, furunculose com celulite e maioria das infecções urinárias: 500 mg a cada 6 horas. · Infecções severas: a dose pode ser aumentada para 1 g ou administrar 500 mg a cada 4 horas. - [Mais...]

AMICILON

queimaduras e infecções pós-operatórias (incluindo pós-cirurgia vascular); infecções recorrentes, complicadas ou graves do trato urinário. O sulfato de amicacina e outros aminoglicosídeos não são indicados nos episódios iniciais não complicados de infecções urinárias, a menos que os microorganismos não sejam sensíveis a outros antibióticos menos tóxicos (nestes casos utilizar doses mais baixas). - [Mais...]

Farmorubicina CS

Uso intravesical Tumores invasivos que tenham penetrado a parede da bexiga, infecções urinárias, inflamação da bexiga, problemas de cateterização. Advertências e Precauções da Farmorubicina Cs Gerais Farmorubicina CS (cloridrato de epirrubicina) deve ser administrada apenas sob supervisão de médicos especialistas com experiência em terapia citotóxica. - [Mais...]

Qiftrim

Nas infecções graves a dosagem recomendada pode ser aumentada em 50 %. c) Posologias especiais: na gonorréia, infecções urinárias e tratamento ou profilaxia da pneumonia por Pneumocystis carinii, vide bula. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA ESTE TEXTO É UM RESUMO. PARA INFORMAÇÕES DETALHADAS CONSULTE A BULA DO PRODUTO. - [Mais...]

Hantina

1 ml *Veículo: Sacarose, Sacarina sódica, Ácido cítrico, Citrato de sódio, Metilparabeno, Propilparabeno, Hidroxietilcelulose, Glicerol, Sorbitol 70%, Silicato de alumínio e magnésio, Álcool etílico, Mentol cristalizado, Vanilina, Essência de aniz natural, Dimeticona, Hidróxido de sódio, Polioxil 40 óleo de rícino hidrogenado, Metabissulfito de sódio, Água deionizada. Informações ao Paciente da Hantina Ação esperada do medicamento: HANTINA é um antimicrobiano específico para o trato urinário, cujo princípio ativo é a nitrofurantoína. A nitrofurantoína é empregada em infecções urinárias provocadas por bactérias sensíveis, como curativo ou preventivo. Cuidados de armazenamento: A suspensão oral deve ser mantida em sua embalagem original, na temperatura ambiente (entre 15 C e 30 C) e proteger da luz. - [Mais...]

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).
  • Entrar
  • Cadastrar