Oticerim

LABORATÓRIO DAUDT OLIVEIRA LTDA

Atualizado em 12/04/2021

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Oticerim®
peróxido de uréia1
Solução otológica 100 mg/mL

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Solução otológica
Frasco contendo 8 mL.

USO OTOLÓGICO
USO ADULTO E PEDIÁTRICO

COMPOSIÇÃO:

Cada mL (30 gotas) de Oticerim® contém:

peróxido de uréia1 100 mg
veículo q.s.p. 1 mL

Veículo: glicerol e propilenoglicol

1 mL corresponde a 30 gotas. Cada gota2 de Oticerim® contém 3,33 mg de peróxido de ureia1.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Oticerim® é um medicamento destinado à remoção do cerume3 e como coadjuvante4 no tratamento das otites5 médias e externas.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Oticerim® amolece e expulsa o cerume3. O início de ação do medicamento é imediato, porém dependendo da rigidez do cerume3, podem ser necessárias algumas aplicações para sua dissolução completa.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Oticerim® não deve ser utilizado por pacientes que tenham alergia6 a qualquer um dos componentes de sua formulação.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

O uso de Oticerim® é exclusivamente por instilação no canal auditivo. Portanto, não deve ser ingerido.

Gravidez7 e Lactação8

Informe seu médico a ocorrência de gravidez7 na vigência do tratamento. Informe seu médico se estiver amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Populações especiais

Uso em pacientes idosos: não existem advertências ou recomendações especiais sobre o uso de Oticerim® por pacientes idosos, desde que respeitadas as condições gerais do paciente.

Interações medicamentosas

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde9.

A ação de Oticerim® é exclusivamente local, não existindo interação medicamentosa. Pode ser utilizado concomitante com antiinflamatórios e/ou antibióticos de uso sistêmico10.

Informe ao seu médico ou cirurgião dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

Oticerim® deve ser guardado em sua embalagem original, com o frasco bem fechado e protegido do calor excessivo e da luz.

Número do lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Oticerim® deve ser aplicado diretamente no interior do canal auditivo. Não deve ser ingerido.

Posologia

Pingar 5 gotas de Oticerim® no ouvido, 3 a 4 vezes ao dia. Repetir o procedimento por 3 a 4 dias consecutivos.

Observação: Após a aplicação do Oticerim®, é comum e absolutamente normal uma quantidade da solução retornar (escorrer ou sair do ouvido). Recomenda-se o tamponamento com algodão para auxiliar na remoção dos acúmulos ceruminosos, pois o algodão ficará embebido com a solução.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Por se tratar de um medicamento utilizado diretamente no ouvido, cuja ação é imediata, caso você tenha esquecido ou estiver impossibilitado de usá-lo nos horários pré-determinados, tão logo seja possível, retorne ao seu uso conforme recomendado.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Até o momento não foi relatada nenhuma reação adversa grave. Caso seja observada alguma reação não desejada, suspenda o uso do medicamento e procure orientação médica.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Caso você tenha pingado no ouvido uma dose maior do que a recomendada, incline a cabeça11 para o lado até o medicamento escorrer (como se fosse retirar água do ouvido).

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS


VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
 

MS 1.0143.0028
Farm. Resp. Michele Vieira Espíndola – CRF / RJ 17419

Laboratório Daudt Oliveira Ltda.
Rua Simões da Mota, 57 – Rio de Janeiro – RJ
CNPJ 33.026.055/0001-20
Indústria Brasileira


SAC 0800 707 0987

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Ureia: 1. Resíduo tóxico produzido pelo organismo, resulta da quebra de proteínas pelo fígado. É normalmente removida do organismo pelos rins e excretada na urina. 2. Substância azotada. Composto orgânico cristalino, incolor, de fórmula CO(NH2)2 (ou CH4N2O), com um ponto de fusão de 132,7 °C.
2 Gota: 1. Distúrbio metabólico produzido pelo aumento na concentração de ácido úrico no sangue. Manifesta-se pela formação de cálculos renais, inflamação articular e depósito de cristais de ácido úrico no tecido celular subcutâneo. A inflamação articular é muito dolorosa e ataca em crises. 2. Pingo de qualquer líquido.
3 Cerume: Secreções cerosas de cor amarela ou marrom, produzidas pelas glândulas sudoríparas apócrinas vestigiais no canal do ouvido externo.
4 Coadjuvante: Que ou o que coadjuva, auxilia ou concorre para um objetivo comum.
5 Otites: Toda infecção do ouvido é chamada de otite.
6 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
7 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
8 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
9 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
10 Sistêmico: 1. Relativo a sistema ou a sistemática. 2. Relativo à visão conspectiva, estrutural de um sistema; que se refere ou segue um sistema em seu conjunto. 3. Disposto de modo ordenado, metódico, coerente. 4. Em medicina, é o que envolve o organismo como um todo ou em grande parte.
11 Cabeça:

Tem alguma dúvida sobre Oticerim?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.