Fontol

UNIÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA NACIONAL S/A

Atualizado em 21/09/2020

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Fontol®
ácido acetilsalicílico + cafeína
Comprimido 650 mg + 65 mg

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Comprimido revestido
Embalagem contendo 20 ou 100 comprimidos

USO ORAL
USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 12 ANOS

COMPOSIÇÃO:

Cada comprimido de Fontol® contém:

ácido acetilsalicílico 650 mg
cafeína 65 mg
excipiente q.s.p. 1 comprimido

Excipientes: amido, celulose microcristalina, óleo de rícino hidrogenado, hipromelose e macrogol.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Fontol é um analgésico e antitérmico indicado nos casos de dor moderada, dores de cabeça, dor de dente, dor abdominal e pélvica, enxaqueca, sintomas da gripe, sintomas do resfriado, febre, dores reumáticas e neuralgias.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Fontol possui em sua formulação um analgésico (ácido acetilsalicílico) e cafeína, nas proporções ideais, permitindo obter um adequado e rápido efeito medicamentoso, utilizando menor quantidade de analgésico.

Estudos científicos comprovam que a cafeína aumenta o efeito analgésico do ácido acetilsalicílico.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

O medicamento não deve ser usado nos seguintes casos:

  • pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula;
  • nos 3 primeiros meses da gravidez;
  • pacientes com úlceras;
  • estados hemorrágicos;
  • pacientes com problemas cardíacos e hipertensão.

Deve ser usado com cautela em pacientes com problemas gastrintestinais ativos, função renal ou hepática comprometida, problemas de coagulação sanguínea ou infarto recente do miocárdio.

Se estiver com inflamação de garganta, grave ou persistente, por mais de 3 dias, procure orientação médica. Caso os sintomas persistam por mais de 3 dias ou eventualmente se tornem mais intensos, procure orientação médica. Pacientes idosos devem utilizar doses menores porque são mais susceptíveis às reações adversas.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Gerais

Este medicamento deve ser usado com cautela em pacientes com problemas gastrintestinais ativos, função renal ou hepática comprometida, problemas de coagulação, discrasias sanguíneas, deficiência de vitamina K, terapia anticoagulante ou infarto recente do miocárdio.

Gravidez e Lactação

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

Apenas pequenas doses de ácido acetilsalicílico e de seus produtos de metabolismo passam para o leite materno. Informe ao médico se está amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação do médico ou do cirurgião-dentista.

Populações especiais

Pediatria: Crianças e adolescentes não devem utilizar este produto para catapora ou sintomas gripais antes de consultar um médico sobre a Síndrome de Reye, uma rara, mas grave doença associada a esse medicamento. Este medicamento é indicado para crianças acima de 12 anos de idade.

Idosos: Pacientes idosos devem utilizar doses menores porque são mais susceptíveis aos efeitos tóxicos dos medicamentos.

Interações medicamentosas

O ácido acetilsalicílico aumenta o efeito da varfarina e de outros anticoagulantes, sulfonilureias e mototrexato. O ácido acetilsalicílico diminui o efeito dos esteroides.

Interferência em exames laboratoriais

O ácido acetilsalicílico pode interferir nos exames de coagulação e exames da tireoide.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

Manter o produto em sua embalagem original e conservar em temperatura ambiente (entre 15–30°C); proteger da umidade.

O prazo de validade é de 24 meses a partir da data de fabricação (vide cartucho).

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas e organolépticas do produto

Comprimido revestido branco oblongo, biconvexo, contendo núcleo branco.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Tome Fontol (ácido acetilsalicílico + cafeína) com um copo de água, durante ou após as refeições.

A posologia recomendada é de:

  • adultos: 1 comprimido a cada 6 horas;
  • crianças acima de 12 anos: 1 comprimido de acordo com o indicado pelo médico.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica ou de seu cirurgião-dentista.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Se você esquecer-se de tomar um comprimido, tome tão logo você se lembre. Se estiver quase na hora da dose seguinte, pule o comprimido que você perdeu e volte a tomar no seu horário habitual. Nunca tome 2 comprimidos ao mesmo tempo.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Pode ocorrer broncoespasmo (contração dos brônquios). O broncoespasmo induzido pelo ácido acetilsalicílico pode ser mais frequente em pacientes com a “tríade de aspirina” [(apresentam sensibilidade ao ácido acetilsalicílico, asma e pólipo nasal (inflamação na cavidade nasal)].

Casos de dispneia (falta de ar), urticária (lesões na pele que geralmente coçam), angioedema (inchaço na pele) e erupções cutâneas (lesões na pele) podem ocorrer.

Distúrbios gastrintestinais como úlcera péptica (lesão no estômago ou na parte inicial do intestino), náuseas (enjoo), vômitos, azia e dor abdominal. Raramente podem ocorrer tontura, zumbido no ouvido e perda de audição.

A cafeína pode levar à insônia, agitação, taquicardia e queixas gastrintestinais.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Sinais e sintomas de superdose incluem zumbido, perda de audição, diminuição da visão, dor de cabeça, tontura, confusão, sonolência, náusea, vômito e diarreia.

O tratamento pode incluir esvaziamento do estômago por emese ou lavagem gástrica; administração de carvão ativado; monitorização das funções vitais; correção de hipotermia, dos desequilíbrios eletrolíticos e acidobásico; monitorização da concentração sérica do salicilato; indução de diurese alcalina para aumentar a excreção do ácido acetilsalicílico; monitorização do edema pulmonar; tratamento de convulsões; administração de vitamina K1, em casos de hemorragia.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.
 

Registro MS – 1.0497.1361
Farm. Resp.: Florentino de Jesus Krencas CRF-SP: 49136

UNIÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA NACIONAL S/A
Rua Cel. Luiz Tenório de Brito, 90
Embu-Guaçu – SP – CEP: 06900-000
CNPJ: 60.665.981/0001-18
Indústria Brasileira

Fabricado na unidade fabril:
Trecho 1, Conj. 11, Lote 6/12
Polo de Desenvolvimento JK Brasília – DF – CEP: 72549-555
CNPJ: 60.665.981/0007-03
Indústria Brasileira


SAC 0800 11 1559

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

Tem alguma dúvida sobre Fontol?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.