Preço de Elidel em Fairfield/SP: R$ 177,81

Elidel

MYLAN LABORATORIOS LTDA

Atualizado em 25/05/2021

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

ELIDEL®
pimecrolimo

APRESENTAÇÕES

Creme dermatológico. Bisnagas com 15g e 30g.

VIA TÓPICA
USO ADULTO E PEDIÁTRICO (ACIMA DE 3 MESES)

COMPOSIÇÃO

Cada grama1 de creme contém 10mg de pimecrolimo (substância ativa).
Excipientes: triglicérides2, álcool oleílico, propilenoglicol, álcool estearílico, álcool cetílico, monoestearato de glicerila, sulfato de sódio cetoestearílico, álcool benzílico, ácido cítrico, hidróxido de sódio e água purificada.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Elidel® está indicado para o tratamento dos sinais3 e sintomas4 de eczema5, também conhecido como dermatite6 atópica, em bebês7 (3 a 23 meses), crianças (2 a 11 anos), adolescentes (12 a 17 anos) e adultos.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Elidel® apresenta como componente ativo uma substância chamada pimecrolimo.
Elidel® é uma medicação não corticoide que trata especificamente de inflamações8 da pele9 e pertence à classe dos medicamentos conhecidos como inibidores de calcineurina tópicos. Ele atua nas células10 da pele9 que causam a inflamação11, a vermelhidão e a coceira, características do eczema5. A absorção através da pele9 é muito baixa e a maior fração da dose tópica absorvida é completamente metabolizada e eliminada lentamente pela bile12 nas fezes.
A eficácia de Elidel® é mantida ao longo do tempo e, quando usado precocemente no tratamento dos primeiros sinais3 e sintomas4, tem a capacidade de prevenir a progressão da doença para crises graves, resultando em períodos mais prolongados sem crises.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você não deve usar este medicamento se tiver alergia13 à substância ativa pimecrolimo ou a qualquer um dos outros componentes de Elidel®.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

É preciso cuidado especial nos seguintes casos:

  • Se você tiver qualquer infecção14 na pele9;
  • Se você tiver uma doença de pele9 conhecida como síndrome15 de Netherton ou eritrodermia generalizada (avermelhamento inflamatório de toda a pele9) - seu médico o informará se você tiver esta doença;
  • Se você tiver sido informado que tem um sistema imune16 enfraquecido;

Informe seu médico se alguma dessas situações se aplica a você antes de usar Elidel®;

  • Se seus gânglios17 incharem durante o tratamento com Elidel®, informe seu médico.

Não utilize Elidel® continuamente por um longo período de tempo, pois a segurança do uso deste medicamento por um longo período de tempo não é conhecida.
Em casos raros, pacientes tiveram câncer18 (por ex. câncer18 de pele9 ou linfoma19) durante o tratamento com inibidores de calcineurina tópicos, incluindo Elidel®. Entretanto, a relação causal com o uso desses inibidores não foi demonstrada.
Não aplique Elidel® em áreas com lesões20 de pele9 potencialmente malignas ou pré-malignas. Consulte seu médico em caso de dúvidas.
Não aplique o creme em áreas da pele9 afetadas por infecção14 viral ativa, tal como herpes. Caso sua pele9 seja infectada, consulte seu médico. A infecção14 deve ser previamente tratada.
Evite a exposição da pele9 à luz solar natural ou artificial, inclusive lâmpadas, câmaras de bronzeamento ou terapia com ultravioleta. Se você passar muito tempo nas ruas após aplicar Elidel®, utilize filtro solar e roupas que protejam a pele9 do sol. Limite a exposição ao sol durante o tratamento com Elidel® mesmo quando o creme não estiver na sua pele9.
Adicionalmente, pergunte ao seu médico sobre outros métodos apropriados para se proteger do sol.
Elidel® é indicado somente para uso externo. Não o utilize dentro do seu nariz21, olhos22 ou boca23. Se for aplicado acidentalmente nestas áreas remova o creme completamente e lave bem com água limpa. Você deve ter cuidado para não engolir ou transferir acidentalmente para sua boca23, por exemplo, quando aplicar o creme nas mãos24.
Elidel® contém alguns ingredientes (ex.: álcool cetílico, propilenoglicol, álcool estearílico) que podem causar reações ou irritações locais na pele9. O uso de Elidel® pode causar reações leves e temporárias no local de aplicação, tais como sensação de calor ou queimação ou irritações da pele9, como coceira e vermelhidão. Se tais sintomas4 forem graves, fale com seu médico.
Por conter álcool em sua formulação, Elidel® pode causar irritações nas feridas.

Gravidez25 e lactação26
Informe seu médico se você está ou pensa que está grávida ou se está amamentando antes de iniciar o tratamento com Elidel®. Avise seu médico se você engravidar durante o tratamento com Elidel®.
Não aplique Elidel® sobre os seios27 enquanto estiver amamentando.
Não se sabe se a substância ativa de Elidel® passa para o leite após sua aplicação na pele9.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Efeitos sobre a habilidade de dirigir veículos ou de operar máquinas
Elidel® não possui nenhum efeito conhecido na habilidade de dirigir ou de operar máquinas.

Pacientes idosos
Dermatite6 atópica (eczema5) é raramente observada em pacientes com 65 anos de idade ou mais. Não há dados suficientes para saber se estes pacientes respondem de forma diferente dos pacientes mais jovens.

Utilizando outros medicamentos
Se você vacinou-se recentemente, não aplique Elidel® no local de vacinação até que a cor vermelha da pele9 e o inchaço28 desapareçam.
Devido à sua atuação seletiva na pele9, uma quantidade muito pequena da substância ativa de Elidel® entra na corrente sanguínea (onde interações com outros medicamentos geralmente ocorrem), assim é improvável que ocorram interações entre o uso de Elidel® e outros medicamentos que você possa tomar por via oral.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.
Não use este medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde29.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Armazenar na embalagem original e em local seguro.
Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Não congelar. Após aberto, este medicamento deve ser utilizado em até 12 meses.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Elidel® é um creme esbranquiçado, sem odor, fácil de espalhar e que não mancha.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Dosagem
Sempre use Elidel® exatamente como seu médico o instruiu. Por favor, procure seu médico em caso de dúvidas.
Elidel® pode ser usado em todas as áreas da pele9, incluindo cabeça30, rosto, pescoço31 e dobras da pele9. Aplique o medicamento apenas nas áreas da pele9 com eczema5.
Siga as instruções do seu médico caso os sintomas4 de eczema5 retornem após o tratamento com Elidel®.

Como usar
Aplique o creme conforme descrito a seguir:

  • Lave e seque as mãos24;
  • Abra o tubo (na primeira vez que usá-lo você precisará quebrar o selo usando a ponta da tampa para furar);
  • Espremendo o tubo, coloque uma pequena quantidade do creme no seu dedo;
  • Aplique uma fina camada de Elidel® e cubra completamente a pele9 afetada;
  • Esfregue suavemente e completamente;
  • Feche o tubo com a tampa.

O creme deve ser aplicado duas vezes ao dia, por exemplo, uma vez pela manhã e uma vez à noite. Os hidratantes devem ser aplicados imediatamente após o uso de Elidel®. No entanto, após o banho, os hidratantes devem ser aplicados antes do uso de Elidel®.
Caso você não observe nenhum sinal32 de melhora após 6 semanas de tratamento, consulte seu médico. Às vezes, outras doenças de pele9 podem parecer dermatite6.
Pelo fato de Elidel® ser muito pouco absorvido através da pele9, não há restrição na dose diária total aplicada, na extensão da superfície corpórea tratada ou na duração do tratamento.

Por quanto tempo aplicar Elidel®
Use o creme durante o tempo que seu médico lhe indicou.
No tratamento a longo prazo para eczema5 comece usando Elidel® assim que você perceber sinais3 e sintomas4. Isso ajuda a prevenir os sintomas4 da progressão da doença para crises graves.
Use Elidel® enquanto os sinais3 e sintomas4 persistirem. Se os sinais3 e sintomas4 voltarem a ocorrer, você deve iniciar o tratamento novamente.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Se você se esquecer de aplicar Elidel®, aplique assim que possível e continue sua aplicação diária normalmente.
Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião- dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Como todos os medicamentos, Elidel® pode ter alguns efeitos indesejáveis.

Alguns efeitos adversos podem ser sérios

  • inchaço28 e dor, rash33 (erupção34 cutânea35) ou urticária36 (sinais3 de uma reação alérgica37, podem afetar entre 0,01 % e O, 1 % dos pacientes que utilizam este medicamento).
  • dificuldade de respirar repentina acompanhada de chiado e dor ou aperto no peito38, inchaço28 da pálpebra, rosto e lábios (sinais3 de uma reação alérgica37 séria chamada "Reação Anafilática", podem afetar menos de 0,01 % dos pacientes que utilizam este medicamento).

Caso você tenha qualquer um desses sintomas4 logo após o uso de Elidel®, interrompa o uso deste medicamento e avise seu médico imediatamente.

Outros efeitos adversos possíveis
Reações adversas muito comuns (podem afetar mais de 10% dos pacientes que utilizam este medicamento):

  • sensação de calor ou queimação no local de aplicação.

Reações adversas comuns (podem afetar entre 1 % e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento):

  • irritação, coceira, avermelhamento da pele9 no local de aplicação.
  • infecção14 cutânea35 como inflamação11 dos folículos pilares.

Reações adversas incomuns (podem afetar entre O, 1 % e 1 % dos pacientes que utilizam este medicamento):

  • agravamento da condição em tratamento.
  • infecções39 cutâneas40 por bactéria41 (impetigo42) e virai (herpes simples, molusco contagioso43).
  • dermatite6 de herpes simples (eczema5 herpético).
  • erupção34 cutânea35 (rash33), dor, sensação de formigamento, leve descamação44 da pele9, ressecamento e inchaço28 no local de aplicação.
  • verrugas.
  • infecções39 dos folículos pilares e tecidos ao redor.

Reações adversas raras (podem ocorrer entre 0,01 % e O, 1 % dos pacientes que utilizam este medicamento):

  • rubor facial ou irritações da pele9 (ex.: vermelhidão, queimação, coceira ou inchaço28) após ingestão de álcool.
  • alterações na cor da pele9 (torna-se mais escura ou mais clara que a pele9 ao redor).

Em casos raros, pacientes tiveram câncer18 (por ex. câncer18 de pele9 ou linfoma19) durante o tratamento com Elidel®.
Entretanto, a relação causal com o uso de Elidel® não foi demonstrada.
Se qualquer um desses efeitos persistirem ou forem incômodos, diga ao seu médico.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Se acidentalmente for aplicado mais creme do que o recomendado, apenas remova-o de sua pele9. Não será prejudicial.
Se você engolir acidentalmente Elidel®, informe o seu médico.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS

 

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

 

MS: 1.8830.0030
Farm. Resp.: Dra. Marcia Yoshie Hacimoto - CRF-RJ: 13.349

Fabricado por:
Meda Manufacturing
Merignac - França

Importado por:
Mylan Laboratórios Ltda.
Estrada Dr. Lourival Martins Beda, 1118
Donana Campos dos Goytacazes - RJ -
CEP: 28110-000 CNPJ: 11.643.096/0001-22

 

SAC 0800 0200817
 

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Grama: 1. Designação comum a diversas ervas da família das gramíneas que formam forrações espontâneas ou que são cultivadas para criar gramados em jardins e parques ou como forrageiras, em pastagens; relva. 2. Unidade de medida de massa no sistema c.g.s., equivalente a 0,001 kg . Símbolo: g.
2 Triglicérides: A principal maneira de armazenar os lipídeos no tecido adiposo é sob a forma de triglicérides. São também os tipos de lipídeos mais abundantes na alimentação. Podem ser definidos como compostos formados pela união de três ácidos graxos com glicerol. Os triglicérides sólidos em temperatura ambiente são conhecidos como gorduras, enquanto os líquidos são os óleos. As gorduras geralmente possuem uma alta proporção de ácidos graxos saturados de cadeia longa, já os óleos normalmente contêm mais ácidos graxos insaturados de cadeia curta.
3 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
4 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
5 Eczema: Afecção alérgica da pele, ela pode ser aguda ou crônica, caracterizada por uma reação inflamatória com formação de vesículas, desenvolvimento de escamas e prurido.
6 Dermatite: Inflamação das camadas superficiais da pele, que pode apresentar-se de formas variadas (dermatite seborreica, dermatite de contato...) e é produzida pela agressão direta de microorganismos, substância tóxica ou por uma resposta imunológica inadequada (alergias, doenças auto-imunes).
7 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
8 Inflamações: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc. Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
9 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
10 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
11 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
12 Bile: Agente emulsificador produzido no FÍGADO e secretado para dentro do DUODENO. Sua composição é formada por s ÁCIDOS E SAIS BILIARES, COLESTEROL e ELETRÓLITOS. A bile auxilia a DIGESTÃO das gorduras no duodeno.
13 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
14 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
15 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
16 Sistema imune: Sistema de defesa do organismo contra infecções e outros ataques de micro-organismos que enfraquecem o nosso corpo.
17 Gânglios: 1. Na anatomia geral, são corpos arredondados de tamanho e estrutura variáveis; nodos, nódulos. 2. Em patologia, são pequenos tumores císticos localizados em uma bainha tendinosa ou em uma cápsula articular, especialmente nas mãos, punhos e pés.
18 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
19 Linfoma: Doença maligna que se caracteriza pela proliferação descontrolada de linfócitos ou seus precursores. A pessoa com linfoma pode apresentar um aumento de tamanho dos gânglios linfáticos, do baço, do fígado e desenvolver febre, perda de peso e debilidade geral.
20 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
21 Nariz: Estrutura especializada que funciona como um órgão do sentido do olfato e que também pertence ao sistema respiratório; o termo inclui tanto o nariz externo como a cavidade nasal.
22 Olhos:
23 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
24 Mãos: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
25 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
26 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
27 Seios: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
28 Inchaço: Inchação, edema.
29 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
30 Cabeça:
31 Pescoço:
32 Sinal: 1. É uma alteração percebida ou medida por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida. 2. Som ou gesto que indica algo, indício. 3. Dinheiro que se dá para garantir um contrato.
33 Rash: Coloração avermelhada da pele como conseqüência de uma reação alérgica ou infecção.
34 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
35 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
36 Urticária: Reação alérgica manifestada na pele como elevações pruriginosas, acompanhadas de vermelhidão da mesma. Pode afetar uma parte ou a totalidade da pele. Em geral é autolimitada e cede em pouco tempo, podendo apresentar períodos de melhora e piora ao longo de vários dias.
37 Reação alérgica: Sensibilidade a uma substância específica, chamada de alérgeno, com a qual se entra em contato por meio da pele, pulmões, deglutição ou injeções.
38 Peito: Parte superior do tronco entre o PESCOÇO e o ABDOME; contém os principais órgãos dos sistemas circulatório e respiratório. (Tradução livre do original
39 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
40 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
41 Bactéria: Organismo unicelular, capaz de auto-reproduzir-se. Existem diferentes tipos de bactérias, classificadas segundo suas características de crescimento (aeróbicas ou anaeróbicas, etc.), sua capacidade de absorver corantes especiais (Gram positivas, Gram negativas), segundo sua forma (bacilos, cocos, espiroquetas, etc.). Algumas produzem infecções no ser humano, que podem ser bastante graves.
42 Impetigo: Infecção da pele e mucosas, produzida por uma bactéria chamada Estreptococo, e caracterizada pela presença de lesões avermelhadas, com formação posterior de bolhas que contém pus e que, ao romper-se, deixam uma crosta cor de mel. Pode ser transmitida por contato entre as pessoas, como em creches.
43 Molusco contagioso: Infecção viral da pele, caracterizada por pequenas lesões elevadas, com uma umbilicação central, sem alterações de coloração da pele, que é transmitida por contato interpessoal. Comum em crianças tem evolução benigna, podendo involuir espontaneamente. Por motivos estéticos, podem ser removidas por eletrocoagulação após anestesia local.
44 Descamação: 1. Ato ou efeito de descamar(-se); escamação. 2. Na dermatologia, fala-se da eliminação normal ou patológica da camada córnea da pele ou das mucosas. 3. Formação de cascas ou escamas, devido ao intemperismo, sobre uma rocha; esfoliação térmica.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre Elidel?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.