Preço de EMSGRIP em Ann Arbor/SP: R$ 145,67

EMSGRIP

EMS S/A

Atualizado em 08/12/2014

Composição de Emsgrip

cada sachê contém: paracetamol 500 mg.Excipiente q.s.p. 5 g (ácido ascórbico, ácido cítrico, aspartame1, sacarina2 sódica, dióxido de silício coloidal, corante laca amarelo tartrazina 5, açúcar3 e essências de limão e mel).

Posologia e Administração de Emsgrip

acima de 18 anos: 1 sachê a cada 4 horas, não excedendo 6 sachês por dia. De 12 a 18 anos: 1 sachê a cada 6 horas, não excedendo 4 sachês por dia. Não administrar a crianças abaixo de 12 anos, a não ser sob prescrição médica. Modo de usar: dissolver o conteúdo do sachê em água, chá ou outra bebida quente. Tomar enquanto quente. Importante: diabéticos: este produto contém açúcar3.

Precauções de Emsgrip

deve ser usado com cuidado nos casos de pacientes alcoolizados, nos tratados com indutores enzimáticos ou com outras drogas consumidoras de glutationa (doxorrubicina), em pacientes alérgicos tipo broncospasmo.

Reações Adversas de Emsgrip

geralmente o paracetamol é bem tolerado. Não foi descrita produção de irritação gástrica, nem capacidade ulcerogênica. Em raras ocasiões, apresentam-se erupções cutâneas4 e outras reações alérgicas. Os pacientes que mostram hipersensibilidade aos salicilatos somente raras vezes a exibem para o paracetamol. Outros efeitos que podem ser apresentados são a necrose5 tubular renal6 e o coma7 hipoglicêmico. Alguns metabólitos8 do paracetamol podem provocar meta-hemoglobinemia. O efeito adverso mais grave descrito com a superdosagem aguda de paracetamol é uma necrose5 hepática9, dose-dependente, potencialmente fatal. A necrose5 hepática9 (e a tubular renal6) é o resultado de um desequilíbrio entre a produção do metabólito10 altamente reativo e a disponibilidade de glutationa. Com disponibilidade normal de glutationa, a dose letal de paracetamol é de aproximadamente 10 g; mas há várias causas que podem diminuir estas doses (tratamento concomitante com doxorrubicina ou alcoolismo crônico11). O tratamento deve ser iniciado com N-acetilcisteína12 por via intravenosa, sem esperar que apareçam os sintomas13, pois a necrose5 é irreversível. Interações medicamentosas: doses muito elevadas potencializam a ação dos anticoagulantes14 cumarínicos e hidantiônicos. Aumenta a meia-vida do cloranfenicol de 3,25 para 15 horas. Aumenta os níveis plasmáticos do disfunisal. Aumenta os riscos dos salicilatos. Álcool e anticonvulsivantes realçam seus efeitos tóxicos. Sua depuração metabólica é acelerada em mulheres que tomam anticoncepcionais orais.

Contra-Indicações de Emsgrip

é contra-indicado a pacientes que apresentam hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Indicações de Emsgrip

alívio sintomático15 das gripes e resfriados, atuando como analgésico16 e antitérmico17.

Apresentação de Emsgrip

caixa com 50 sachês de 5 g no sabor limão-mel.


EMSGRIP - Laboratório

EMS S/A
Rod. Jornalista F. A. Proença, km 08. Bairro Chácara Assay.
Hortolândia/SP - CEP: 13186-901
Site: http://www.ems.com.br

Ver outros medicamentos do laboratório "EMS S/A"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Aspartame: Adoçante com quase nenhuma caloria e sem valor nutricional.
2 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
3 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
4 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
5 Necrose: Conjunto de processos irreversíveis através dos quais se produz a degeneração celular seguida de morte da célula.
6 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
7 Coma: 1. Alteração do estado normal de consciência caracterizado pela falta de abertura ocular e diminuição ou ausência de resposta a estímulos externos. Pode ser reversível ou evoluir para a morte. 2. Presente do subjuntivo ou imperativo do verbo “comer.“
8 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
9 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
10 Metabólito: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
11 Crônico: Descreve algo que existe por longo período de tempo. O oposto de agudo.
12 Acetilcisteína: Derivado N-acetil da cisteína. É usado como um agente mucolítico para reduzir a viscosidade das secreções mucosas.
13 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
14 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
15 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
16 Analgésico: Medicamento usado para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.
17 Antitérmico: Medicamento que combate a febre. Também pode ser chamado de febrífugo, antifebril e antipirético.

Tem alguma dúvida sobre EMSGRIP?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.