SYNAREL

PFIZER

Atualizado em 09/12/2014

Composição de Synarel

acetato de nafarelina (base) 2,0 mg (por dose:uma dose corresponde a 0,100 € 0,02 ml que contém 0,160 a 0,240 mg de nafarelina base). Veículo: sorbitol1, cloreto de benzalcônio, ácido acético glacial, solução hidróxido de sódio ou solução ácido clorídrico2 (para acerto de pH), água deionizada. Cada aplicação nasal libera 200 mcg de nafarelina.

Posologia e Administração de Synarel

uso adulto (via intranasal). O tratamento deve ser iniciado nos 5 primeiros dias de ciclo. A dose habitual recomendada é de 400 mcg por 24 horas em duas tomadas, sendo uma pulverização em uma narina pela manhã e uma pulverização na outra narina à tarde. - Obs.: cada pulverização corresponde a 200 mcg de nafarelina. A dose pode ser aumentada para 800 mcg por 24 horas, em duas tomadas, sendo uma pulverização em cada narina pela manhã e uma pulverização em cada narina à noite. Esta dose é para pacientes3 que não obtêm amenorréia4 com a dose habitual de 400 mcg/24 h. - Atenção: a duração máxima do tratamento é de 6 meses devido ao risco de osteoporose5. Superdosagem: em caso de absorção oral acidental, a nafarelina sofre degradação enzimática no trato gastrintestinal sendo, portanto, inativada.

Precauções de Synarel

não deverá ser utilizado durante a gravidez6. Antes de se iniciar o tratamento com nafarelina, deve-se assegurar que a paciente não está grávida e, durante o tratamento deve-se evitar a gravidez6 utilizando métodos contraceptivos de barreira (diafragma7, dispositivo intra-uterino ou preservativos) e não anticoncepcionais orais. - Lactação8: não se sabe se a nafarelina é excretada pelo leite materno, portanto, como medida de segurança, não se deve fazer uso de nafarelina durante o período de amamentação9. Interações medicamentosas: a nafarelina não causa interações de ordem farmacocinética, em razão de sua degradação ser devida à ação das peptidases e não ao sistema enzimático P-450. Dado que a nafarelina somente se une a 80% das proteínas10 plasmáticas (albumina11), as interações medicamentosas derivadas da união a proteínas10 plasmáticas são pouco prováveis. A administração de um vasoconstritor 30 minutos antes da nafarelina diminui a absorção da nafarelina. Interações em provas laboratoriais: a administração de nafarelina com dose terapêutica12 inibe o sistema hipófise13-gônodas. O funcionamento normal do sistema se restaura normalmente entre 4 a 8 semanas após interromper o tratamento. Portanto, as provas do eixo hipófise13-gônodas efetuadas durante o tratamento, ou neste período de 4 a 8 semanas, serão de difícil interpretação.

Reações Adversas de Synarel

durante os primeiros meses de tratamento, pode-se produzir sangramento vaginal. Deste modo, o uso de nafarelina provocará redução ou interrupção dos períodos menstruais. Algumas mulheres podem experimentar asfixia14, cefaléia15 ou mudanças da libido16, labilidade emocional. Ocasionalmente, pode produzir-se ressecamento vaginal, dor muscular ou ligeira irritação da mucosa17 nasal, redução das mamas18. Estes efeitos desaparecem ao cessar o tratamento. Pode produzir diminuição da mineralização óssea que se recupera em sua maior parte ao final do tratamento. Após um período de 6 meses a perda do mineral ósseo não é significativa. Em caso de história familiar de osteoporose5, pode-se aumentar a possibilidade de perda do mineral ósseo durante o tratamento. Um número muito pequeno de pacientes tratados com nafarelina pode desenvolver dificuldade respiratória, dor no peito19, rash20 ou prurido21.

Contra-Indicações de Synarel

gravidez6, lactação8, sangramento vaginal de causa não determinada, hipersensibilidade a fármacos similares à nafarelina, hipersensibilidade a alguns de seus excipientes.

Indicações de Synarel

tratamento da endometriose22 genital e extragenital.

Apresentação de Synarel

solução nasal em embalagem com 1 frasco x 8 ml.


SYNAREL - Laboratório

PFIZER
Av. Presidente Tancredo de Almeida Neves, 1555
Guarulhos/SP - CEP: 07112-070
Tel: 0800-16-7575
Site: http://www.pfizer.com.br
CNPJ n° 46.070.868/0001-69

Ver outros medicamentos do laboratório "PFIZER"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Sorbitol: Adoçante com quatro calorias por grama. Substância produzida pelo organismo em pessoas com diabetes e que pode causar danos aos olhos e nervos.
2 Ácido clorídrico: Ácido clorídrico ou ácido muriático é uma solução aquosa, ácida e queimativa, normalmente utilizado como reagente químico. É um dos ácidos que se ioniza completamente em solução aquosa.
3 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
4 Amenorréia: É a ausência de menstruação pelo período equivalente a 3 ciclos menstruais ou 6 meses (o que ocorrer primeiro). Para períodos inferiores, utiliza-se o termo atraso menstrual.
5 Osteoporose: Doença óssea caracterizada pela diminuição da formação de matriz óssea que predispõe a pessoa a sofrer fraturas com traumatismos mínimos ou mesmo na ausência deles. É influenciada por hormônios, sendo comum nas mulheres pós-menopausa. A terapia de reposição hormonal, que administra estrógenos a mulheres que não mais o produzem, tem como um dos seus objetivos minimizar esta doença.
6 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
7 Diafragma: 1. Na anatomia geral, é um feixe muscular e tendinoso que separa a cavidade torácica da cavidade abdominal. 2. Qualquer membrana ou placa que divide duas cavidades ou duas partes da mesma cavidade. 3. Em engenharia mecânica, em um veículo automotor, é uma membrana da bomba injetora de combustível. 4. Na física, é qualquer anteparo com um orifício ou fenda, ajustável ou não, que regule o fluxo de uma substância ou de um feixe de radiação. 5. Em ginecologia, é um método contraceptivo formado por uma membrana de material elástico que envolve um anel flexível, usado no fundo da vagina de modo a obstruir o colo do útero. 6. Em um sistema óptico, é uma abertura que controla a seção reta de um feixe luminoso que passa através desta, com a finalidade de regular a intensidade luminosa, reduzir a aberração ou aumentar a profundidade focal.
8 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
9 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
10 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
11 Albumina: Proteína encontrada no plasma, com importantes funções, como equilíbrio osmótico, transporte de substâncias, etc.
12 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
13 Hipófise:
14 Asfixia: 1. Dificuldade ou impossibilidade de respirar, que pode levar à anóxia. Ela pode ser causada por estrangulamento, afogamento, inalação de gases tóxicos, obstruções mecânicas ou infecciosas das vias aéreas superiores, etc. 2. No sentido figurado, significa sujeição à tirania; opressão e/ou cobrança de posições morais ou sociais que dão origem à privação de certas liberdades.
15 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
16 Libido: Desejo. Procura instintiva do prazer sexual.
17 Mucosa: Tipo de membrana, umidificada por secreções glandulares, que recobre cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
18 Mamas: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
19 Peito: Parte superior do tronco entre o PESCOÇO e o ABDOME; contém os principais órgãos dos sistemas circulatório e respiratório. (Tradução livre do original
20 Rash: Coloração avermelhada da pele como conseqüência de uma reação alérgica ou infecção.
21 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
22 Endometriose: Doença que acomete as mulheres em idade reprodutiva e consiste na presença de endométrio em locais fora do útero. Endométrio é a camada interna do útero que é renovada mensalmente pela menstruação. Os locais mais comuns da endometriose são: Fundo de Saco de Douglas (atrás do útero), septo reto-vaginal (tecido entre a vagina e o reto ), trompas, ovários, superfície do reto, ligamentos do útero, bexiga e parede da pélvis.

Tem alguma dúvida sobre SYNAREL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.