Preço de Moment em Fairfield/SP: R$ 49,69

Moment

APSEN

Atualizado em 09/12/2014

Moment®

Capsaicina1

Formas Farmacêuticas e Apresentações de Moment

MOMENT® - CREME TÓPICO2 - 0,025% - Bisnaga com 50 g MOMENT® - CREME TÓPICO2 - 0,075% - Bisnaga com 50 g
MOMENT® - LOÇÃO TÓPICA - 0,025% - Frasco contendo 60 ml

Creme - USO ADULTO OU EM CRIANÇAS ACIMA DE DOIS ANOS
Loção - USO ADULTO OU EM CRIANÇAS ACIMA DE DOZE ANOS

USO EXTERNO

Composição de Moment

Creme tópico2
Cada grama3 do creme tópico2 contém: 0,025%                               0,075%
Capsaicina1 .................... 0,25 mg.................... 0,75 mg
Excipientes* q.s.p. .................... 1 g.................... 1 g
*Excipientes: Metilparabeno, cera autoemulsificante, vaselina, água deionizada.

Loção tópica
Cada ml da loção analgésica tópica contém: 0,025%

Capsaicina1 .................... 0,25 mg
Veículo*  q.s.p. .................... 1 ml
*Veículo: Metilparabeno, cera autoemulsificante, vaselina, dimeticona, álcool, água purificada.

Informações ao Paciente de Moment

Ação esperada do medicamento: Analgésico4 tópico2 para alívio da dor, nas artrites e neuralgias.

Cuidados de armazenamento: Manter o MOMENT® bem fechado, e em temperatura ambiente (15 a 30°C).

Prazo de validade: Não utilize medicamento com a validade vencida. O prazo de validade é de dois anos a partir da data de fabricação conforme impresso na embalagem.

Gravidez5 e lactação6: Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez5 na vigência do tratamento ou caso esteja amamentando. Não se recomenda o uso de MOMENT® durante a gestação nem durante a amamentação7.

Cuidados de administração: Aplicar uma fina camada do creme MOMENT® ou da loção MOMENT® na área afetada, de 3 a 4 vezes ao dia. O creme deve ser massageado na pele8, até ser totalmente absorvido. Lavar as mãos9 após a aplicação, a não ser que esteja tratando as próprias mãos9 e, nesses casos, lavá-las após 30 minutos.

Interrupção do tratamento: Caso não ocorra qualquer melhora após 7 dias de tratamento, consulte seu médico.

Reações Adversas: Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. Pode ocorrer uma sensação passageira de ardor10, calor ou queimação no local, após a aplicação, que em geral desaparece em alguns dias. O efeito analgésico4 pode não ocorrer satisfatoriamente se o produto for aplicado menos do que 3 ou 4 vezes ao dia, e a sensação de calor pode persistir.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Aplicação concomitante com outras substâncias: Não aplique outro medicamento no local a tratar, a não ser sob exclusiva indicação médica.

Contra-indicações e precauções: Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento. MOMENT® creme ou loção deve ser aplicado somente externamente. Evite contato do creme ou da loção com os olhos11, com lentes de contato, e com a pele8 irritada ou com lesões12 abertas.
Não usar o creme em crianças com menos de 2 anos de idade, a não ser por exclusiva indicação médica. A loção não deve ser usada em crianças com menos de doze anos de idade.
A inalação dos resíduos de creme seco ou da loção pode provocar tosse, espirros e irritação respiratória.

Riscos da auto-medicação:

NÃO APLIQUE REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO; PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE13.

Informações Técnicas de Moment

Características de Moment

MOMENT® creme e loção, contém Capsaicina1, um neuropeptídeo natural, obtido de plantas da família das solanáceas, que produz uma efetiva analgesia seletiva em síndromes de dor localizada, quando usada como droga única ou associada a medicamentos por via oral. MOMENT® 0,075% é mais potente, porque contém uma proporção três vezes maior do princípio ativo. A Capsaicina1 afeta a síntese, o armazenamento, transporte e liberação da Substância P, principal mensageiro químico dos impulsos da dor periférica para o sistema nervoso central14. A Substância P é liberada nas articulações15 onde ativa a inflamação16 intermediária que está relacionada com o aparecimento da artrite reumatóide17 ou da osteoartrite18. A Capsaicina1 torna a pele8 e articulações15 insensíveis à dor devido a depleção19 e prevenção do acúmulo de Substância P nos neurônios20 sensoriais periféricos. Com a depleção19 da Substância P nas terminações nervosas, os impulsos da dor não podem ser transmitidos ao sistema nervoso central14.
MOMENT® creme ou MOMENT® loção não é um anestésico local, pois bloqueia apenas a condução do impulso da dor nos neurônios20 tipo C, enquanto os anestésicos bloqueiam os impulsos de todos os neurônios20 aferentes, bloqueando todos os sentidos, tato, pressão, temperatura e vibração.
A capacidade de MOMENT® de dessensibilizar os neurônios20 nociceptivos está relacionada, possivelmente, a dois fenômenos distintos: o primeiro é que a aplicação repetida da Capsaicina1 leva ao declínio gradual da intensidade da resposta à mesma. O segundo é a dessensibilização21 funcional pela perda ou redução da capacidade de resposta aos estímulos nervosos dos neurônios20 nociceptivos. Sobre estas condições, a resposta à Capsaicina1 fica reduzida ou perde sua ação gradualmente em outros tipos de neurônios20 não ligados ao fenômeno da dor, que assim mantém sua atividade normal. Já a dessensibilização21 funcional reversível é observável em altos níveis de concentração da Capsaicina1, sendo a base de sua ação antiinflamatória e analgésica.
Estas propriedades da capsaicina1 podem explicar sua utilidade e eficácia em várias condições de dor no homem como: a enxaqueca22 em cluster, a distrofia23 reflexa simpática, a dor pós-mastectomia24, a neuralgia25 pós-herpética, a neuralgia25 e neuropatia26 diabética, dores lombares, na dor da artrite reumatóide17, e outras dores localizadas.

Farmacocinética
A Capsaicina1 age localmente não sendo distribuída e/ou absorvida pelo organismo. Seu tempo de ação é de aproximadamente 4 a 5 horas.

A aplicação tópica de MOMENT® na pele8 humana resulta (dependendo da concentração), em uma sensação de calor, até de queimação, e uma onda de hiperemia27. Nesta área se obtém uma redução térmica e mecânica da hiperalgesia28.
Além desta área ocorre uma redução complementar da dor. Os efeitos na redução da hiperalgesia28 aumentam com a repetição da aplicação. A aplicação repetida de MOMENT® por muitos dias resulta na redução ou completa abolição da dor periférica.
MOMENT® é apresentado como creme tópico2 e como loção tópica não gordurosa, o que permite a utilização nos diferentes casos e características da epiderme29, para a obtenção do efeito desejado.

Indicações de Moment

MOMENT® 0,025% ou MOMENT® 0,075% em creme analgésico4 tópico2 ou em loção analgésica tópica, são indicados no alívio da dor nos casos de: neuralgia25 que acompanha o Herpes Zoster30, neuropatia26 diabética dolorosa.
Dor na osteoartrite18 ou artrite reumatóide17.
Outras dores neurogênicas.

Contra-Indicações de Moment

Não utilizar em tecidos irritados ou com lesões12 abertas.

Precauções e Advertências de Moment

MOMENT® deve ser aplicado somente externamente. Evite o contato do creme ou da loção com os olhos11, com lentes de contato, e com a pele8 irritada ou com lesões12 abertas.
Ao ser utilizado na neuropatia26 pós-herpética, aplicar somente depois da ferida estar cicatrizada.
Lavar as mãos9 com sabão após aplicar o creme ou a loção de Capsaicina1. Se for usado para artrite31 das mãos9, deixar agir por cerca de 30 minutos e então lavar as mãos9. Não aplicar o creme em camadas densas ou em bandagens.
Recomenda-se não usar MOMENT® creme em crianças com menos de 2 anos de idade, a não ser por exclusiva indicação médica. Recomenda-se não usar a loção em crianças com menos de 12 anos de idade, a não ser por indicação médica.
A inalação dos resíduos de creme seco ou da loção pode provocar tosse, espirros e irritação respiratória.

Gravidez5 e amamentação7
Não foram realizados estudos em mulheres grávidas, não sendo recomendado o seu uso durante a gestação nem durante a amamentação7, embora a Capsaicina1 não passe à circulação32 sistêmica.

Pediatria
Creme tópico2: Utilizar somente em crianças acima de dois anos de idade, sob supervisão médica.
Loção tópica: Utilizar somente em crianças acima de doze anos de idade.

Interações Medicamentosas de Moment

Não aplicar outros medicamentos na área em tratamento com MOMENT® creme ou com MOMENT® loção.

Reações Adversas de Moment

Os pacientes podem sentir uma sensação de calor, ardor10 e queimação no local da aplicação, principalmente durante os primeiros dias de tratamento. Estes efeitos estão relacionados com a ação farmacológica da Capsaicina1.
Raramente a sensação de queimação local leva ao abandono do tratamento.

Posologia de Moment

Aplicar uma fina camada do MOMENT® creme ou do MOMENT® loção, na área afetada, de 3 a 4 vezes ao dia. O MOMENT® creme deve ser massageado na pele8, até desaparecerem os resíduos do produto. Pode ocorrer uma sensação passageira de queimação no local, após a aplicação, que em geral desaparece após alguns dias. O efeito analgésico4 pode não ocorrer satisfatoriamente se o produto for aplicado menos do que 3 ou 4 vezes ao dia, e a sensação de calor pode persistir. Lavar bem as mãos9 após a aplicação, a não ser que esteja tratando as próprias mãos9 e, nesses casos, lavá-las após 30 minutos. Caso não ocorra qualquer melhora após 7 dias de tratamento, consulte seu médico.

Conduta na Superdosagem de Moment

No caso de ingestão acidental, procure a assistência médica em centro especializado em intoxicações.

Pacientes Idosos de Moment

Deve-se empregar com cuidado a Capsaicina1 em pacientes idosos que apresentem estado de caquexia33, ou patologia34 que alterem o trofismo normal da pele8.

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR; NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS35, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.

Nº do Lote; Data de Fabricação e Validade: vide Cartucho.

MS - 1.0118.0135

Farmacêutico Responsável:
Dr. Eduardo Sérgio Medeiros Magliano
CRF SP nº 7179

APSEN FARMACÊUTICA S/A

Rua La Paz, nº 37/67 - Santo Amaro
CEP 04755-020 - São Paulo - SP
CNPJ 62.462.015/0001-29
Indústria Brasileira
                               

Moment - Laboratório

APSEN
RUA LA PAZ, 37/67. Santo Amaro.
São Paulo/SP - CEP: 04755020
Tel: 0800 165678
Email: infomed@apsen.com.br
Site: http://www.apsen.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "APSEN"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Capsaicina: Fitoquímico que confere o gosto picante à pimenta vermelha. É o principal responsável pelas propriedades funcionais deste tempero. Dentre suas propriedades, destacam-se a dissolução de coágulos sangüíneos, ações expectorante e descongestionante, indutor de termogênese (efeito de transformar parte das calorias dos alimentos em calor), antioxidante e anti-bacteriana. Recomenda-se que os indivíduos com problemas no trato gastrintestinal (gastrite, úlcera e hemorróidas) evitem a ingestão, uma vez que a capsaicina funciona como um agente agressor das mucosas. Pode ser encontrado em forma de pomada para uso na pele com o objetivo de aliviar a dor da neuropatia diabética.
2 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
3 Grama: 1. Designação comum a diversas ervas da família das gramíneas que formam forrações espontâneas ou que são cultivadas para criar gramados em jardins e parques ou como forrageiras, em pastagens; relva. 2. Unidade de medida de massa no sistema c.g.s., equivalente a 0,001 kg . Símbolo: g.
4 Analgésico: Medicamento usado para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.
5 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
6 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
7 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
8 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
9 Mãos: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
10 Ardor: 1. Calor forte, intenso. 2. Mesmo que ardência. 3. Qualidade daquilo que fulge, que brilha. 4. Amor intenso, desejo concupiscente, paixão.
11 Olhos:
12 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
13 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
14 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
15 Articulações:
16 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
17 Artrite reumatóide: Doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada por poliartrite periférica, simétrica, que leva à deformidade e à destruição das articulações por erosão do osso e cartilagem. Afeta mulheres duas vezes mais do que os homens e sua incidência aumenta com a idade. Em geral, acomete grandes e pequenas articulações em associação com manifestações sistêmicas como rigidez matinal, fadiga e perda de peso. Quando envolve outros órgãos, a morbidade e a gravidade da doença são maiores, podendo diminuir a expectativa de vida em cinco a dez anos.
18 Osteoartrite: Termo geral que se emprega para referir-se ao processo degenerativo da cartilagem articular, manifestado por dor ao movimento, derrame articular, etc. Também denominado artrose.
19 Depleção: 1. Em patologia, significa perda de elementos fundamentais do organismo, especialmente água, sangue e eletrólitos (sobretudo sódio e potássio). 2. Em medicina, é o ato ou processo de extração de um fluido (por exxemplo, sangue) 3. Estado ou condição de esgotamento provocado por excessiva perda de sangue. 4. Na eletrônica, em um material semicondutor, medição da densidade de portadores de carga abaixo do seu nível e do nível de dopagem em uma temperatura específica.
20 Neurônios: Unidades celulares básicas do tecido nervoso. Cada neurônio é formado por corpo, axônio e dendritos. Sua função é receber, conduzir e transmitir impulsos no SISTEMA NERVOSO. Sinônimos: Células Nervosas
21 Dessensibilização: É uma maneira de parar ou diminuir a resposta a reações alérgicas a algumas coisas. Por exemplo, se uma pessoa apresenta uma reação alérgica a alguma substância, o médico dá a esta pessoa uma pequena quantidade desta substância para aumentar a sua tolerância e vai aumentando esta quantidade progressivamente. Após um período de tempo, maiores doses são oferecidas antes que a dose total seja dada. É uma maneira de ajudar o organismo a prevenir as reações alérgicas.
22 Enxaqueca: Sinônimo de migrânea. É a cefaléia cuja prevalência varia de 10 a 20% da população. Ocorre principalmente em mulheres com uma proporção homem:mulher de 1:2-3. As razões para esta preponderância feminina ainda não estão bem entendidas, mas suspeita-se de alguma relação com o hormônio feminino. Resulta da pressão exercida por vasos sangüíneos dilatados no tecido nervoso cerebral subjacente. O tratamento da enxaqueca envolve normalmente drogas vaso-constritoras para aliviar esta pressão. No entanto, esta medicamentação pode causar efeitos secundários no sistema circulatório e é desaconselhada a pessoas com problemas cardiológicos.
23 Distrofia: 1. Acúmulo de grande quantidade de matéria orgânica, mas poucos nutrientes, em corpos de água, como brejos e pântanos. 2. Na medicina, é qualquer problema de nutrição e o estado de saúde daí decorrente.
24 Mastectomia: Cirurgia através da qual extirpa-se parte ou a totalidade da mama. Pode estar indicada como tratamento do câncer de mama.
25 Neuralgia: Dor aguda produzida pela irritação de um nervo. Caracteriza-se por ser muito intensa, em queimação, pulsátil ou semelhante a uma descarga elétrica. Suas causas mais freqüentes são infecção, lesão metabólica ou tóxica do nervo comprometido.
26 Neuropatia: Doença do sistema nervoso. As três principais formas de neuropatia em pessoas diabéticas são a neuropatia periférica, neuropatia autonômica e mononeuropatia. A forma mais comum é a neuropatia periférica, que afeta principalmente pernas e pés.
27 Hiperemia: Congestão sanguínea em qualquer órgão ou parte do corpo.
28 Hiperalgesia: É uma exacerbação da sensibilidade à dor; hiperalgia.
29 Epiderme: Camada superior ou externa das duas camadas principais da pele.
30 Zoster: Doença produzida pelo mesmo vírus que causa a varicela (Varicela-Zóster). Em pessoas que já tenham tido varicela, o vírus se encontra em forma latente e pode ser reativado produzindo as características manchas avermelhadas, vesículas e crostas no território de distribuição de um determinado nervo. Como seqüela pode deixar neurite, com dores importantes.
31 Artrite: Inflamação de uma articulação, caracterizada por dor, aumento da temperatura, dificuldade de movimentação, inchaço e vermelhidão da área afetada.
32 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.
33 Caquexia: Estado de involução geral caracterizado por perda de peso, astenia e incapacidade de desempenhar atividades mínimas. Pode acompanhar estados terminais das doenças crônicas (SIDA, insuficiência cardíaca, insuficiência respiratória). Também se pode aplicar este termo a um órgão determinado, quando o mesmo se encontra afetado por um transtorno incapacitante terminal (caquexia cardíaca).
34 Patologia: 1. Especialidade médica que estuda as doenças e as alterações que estas provocam no organismo. 2. Qualquer desvio anatômico e/ou fisiológico, em relação à normalidade, que constitua uma doença ou caracterize determinada doença. 3. Por extensão de sentido, é o desvio em relação ao que é próprio ou adequado ou em relação ao que é considerado como o estado normal de uma coisa inanimada ou imaterial.
35 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.

Tem alguma dúvida sobre Moment?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.