Preço de Procto-glyvenol em Cambridge/SP: R$ 24,82

Procto-glyvenol

GLAXOSMITHKLINE BRASIL LTDA

Atualizado em 08/08/2019

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Procto-Glyvenol®
tribenosídeo + cloridrato de lidocaína
Creme

Apresentação

Creme para uso retal
Embalagem contendo bisnaga com 30 g e 10 aplicadores.

USO RETAL
USO ADULTO

Composição

Cada grama1 do Procto-Glyvenol® contém:

tribenosídeo 50 mg
cloridrato de lidocaína 20 mg
excipiente 1 g

Excipientes: cetomacrogol 1000, estearato de sorbitana, álcool cetílico, ácido esteárico, palmitato de isopropila, petrolato líquido, metilparabeno, propilparabeno, sorbitol2 e água purificada.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Procto-Glyvenol® é indicado para o tratamento local promovendo alívio dos sintomas3 desagradáveis das hemorroidas4 internas e externas. Hemorroidas4 são o inchaço5 de veias6 na área retal/anal que causa dor e prurido7.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

A primeira substância ativa, tribenosídeo, atua localmente na causa da inflamação8 nos pequenos vasos sanguíneos9.

A segunda substância ativa, lidocaína, ou o sal de cloridrato de lidocaína, é um anestésico local, que fornece alívio imediato para a ardência, coceira e dor causada por hemorroidas4.

Você deve conversar com seu médico se você não melhorar ou se você sentir-se pior após 1 semana.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Não utilize Procto-Glyvenol® se você for alérgico aos ativos do produto ou a qualquer um dos componentes da fórmula do produto.

Este medicamento não deve ser utilizado em crianças sem orientação médica. Não há experiência clínica do uso de tribenosídeo e lidocaína creme em crianças.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez10.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Além do tratamento com Procto-Glyvenol®, recomenda-se a higiene cuidadosa da região anal, evitar permanecer sentado por períodos prolongados e adotar uma alimentação que evite o ressecamento das fezes.

Procto-Glyvenol® creme possui em sua composição álcool cetílico, que pode causar reações na pele11 (por exemplo: dermatite12 de contato). Possui também parabenos (metil e propilparabeno), que podem causar reações alérgicas (possivelmente retardadas).

Converse com seu médico antes de usar Procto- Glyvenol® se você tiver algum problema no fígado13.

Gravidez10 e amamentação14

Procto-Glyvenol® não deve ser usado durante os 3 primeiros meses de gravidez10. Você poderá utilizar Procto-Glyvenol® creme após o terceiro mês de gravidez10 ou se estiver amamentando, mas não deve exceder a dose recomendada. Se estiver grávida ou amamentando, ou planejando engravidar, converse com seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez10.

Efeitos sobre a habilidade de dirigir e utilizar máquinas.

Procto-Glyvenol® não afeta sua capacidade de dirigir veículos e operar máquinas.

Uso em crianças

Não deve ser administrado em crianças sem consultar seu médico. Não há experiência clínica do uso de tribenosídeo e lidocaína em creme em crianças.

Interações Medicamentosas

Não há registros que Procto-Glyvenol® tenha qualquer interferência quando usado juntamente com outros medicamentos. Em caso de dúvidas, consulte seu médico ou farmacêutico. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

O produto deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC).
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Aspectos físicos/organolépticos

Creme branco homogêneo com odor característico.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Sempre use o medicamento exatamente como descrito na bula ou conforme orientação do seu médico ou farmacêutico. Evite contato com os olhos15. Não engula. Você deve usar Procto-Glyvenol® até os sintomas3 desaparecerem. Se os sintomas3 persistirem por mais de uma semana, o médico deve ser consultado. Enquanto os sintomas3 forem agudos, ou seja, ainda estiverem incomodando muito, aplique o creme no reto16, 2 vezes ao dia (pela manhã e à noite), com o auxílio de um dos aplicadores descartáveis. Quando os sintomas3 já tiverem diminuído e estiverem mais suportáveis, basta aplicar 1 vez ao dia. Em caso de dúvida ou se os sintomas3 iniciais persistirem por mais de uma semana, é recomendável consultar seu médico. Você deve utilizar o medicamento até o desaparecimento dos sintomas3. Se os sintomas3 persistirem por mais de 1 semana, você deve consultar um médico.

Como encher o aplicador descartável

Encaixar e rosquear um dos aplicadores descartáveis na boca17 do tubo de Procto- Glyvenol® depois da retirada da tampa (a qual deverá ser recolocada após a utilização do creme e o descarte do aplicador). Aperte gentilmente o tubo até que o aplicador fique completamente cheio e introduza-o cuidadosamente no ânus18. Aperte novamente o tubo, da mesma maneira que fez para enchê-lo, o suficiente para esvaziar seu conteúdo na região do ânus18 e do reto16. Após o uso, jogue fora o aplicador. Não exceda as doses recomendadas. Respeite sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas3, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Se você esquecer de aplicar uma das doses de Procto-Glyvenol®, apenas use-o como de costume no próximo horário que você deveria usar. Não utilize uma dose dupla para compensar as doses esquecidas. Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Como todo medicamento, Procto-Glyvenol® pode causar eventos adversos, mas nem todas as pessoas os apresentam.

Alguns efeitos colaterais19 são muito raros (afetam menos de 1 pessoa em 10.000): em casos muito raros pode causar reações alérgicas (reações anafiláticas20).

Pare imediatamente o uso e procure seu médico se qualquer reação abaixo for apresentada:
Dificuldade para respirar ou engolir, edema21 do rosto, dos lábios, da língua22 e/ou da garganta23 (podendo causar dificuldade para engolir), forte coceira na pele11 (com lesões24 avermelhadas ou inchadas) ou até mesmo batimentos cardíacos alterados.

Alguns efeitos colaterais19 são raros (afetam entre 1 e 10 pessoas em 10.000): ocasionalmente, Procto-Glyvenol® poderá causar uma leve sensação de queimação, coceira ou vermelhidão, não somente onde foi aplicado, mas também nas regiões mais próximas onde o creme possa ter se espalhado.

Algumas substâncias (excipientes) que fazem parte da fórmula de Procto-Glyvenol® creme podem causar dermatites (inflamação8 da pele11) ou reações alérgicas.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Não há relatos de problemas com doses excessivas de Procto-Glyvenol®. No caso de uma ingestão acidental, procure imediatamente socorro médico.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente seu médico ou farmacêutico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas3 procure orientação médica.
 

Reg. MS - 1.0107.0329
Farm. Resp.: Edinilson da Silva Oliveira - CRF-RJ 18.875

Fabricado por:
Novartis Consumer Health SA – Nyon, Suíça.

Importado por:
GlaxoSmithKline Brasil Ltda.
Estrada dos Bandeirantes, 8464, Rio de Janeiro - RJ - Brasil
CNPJ: 33.247.743/0001-10


SAC 0800 021 1529

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Grama: 1. Designação comum a diversas ervas da família das gramíneas que formam forrações espontâneas ou que são cultivadas para criar gramados em jardins e parques ou como forrageiras, em pastagens; relva. 2. Unidade de medida de massa no sistema c.g.s., equivalente a 0,001 kg . Símbolo: g.
2 Sorbitol: Adoçante com quatro calorias por grama. Substância produzida pelo organismo em pessoas com diabetes e que pode causar danos aos olhos e nervos.
3 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
4 Hemorróidas: Dilatações anormais das veias superficiais que se encontram na última porção do intestino grosso, reto e região perianal. Pode produzir sangramento junto com a defecação e dor.
5 Inchaço: Inchação, edema.
6 Veias: Vasos sangüíneos que levam o sangue ao coração.
7 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
8 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
9 Vasos Sanguíneos: Qualquer vaso tubular que transporta o sangue (artérias, arteríolas, capilares, vênulas e veias).
10 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
11 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
12 Dermatite: Inflamação das camadas superficiais da pele, que pode apresentar-se de formas variadas (dermatite seborreica, dermatite de contato...) e é produzida pela agressão direta de microorganismos, substância tóxica ou por uma resposta imunológica inadequada (alergias, doenças auto-imunes).
13 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
14 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
15 Olhos:
16 Reto: Segmento distal do INTESTINO GROSSO, entre o COLO SIGMÓIDE e o CANAL ANAL.
17 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
18 Ânus: Segmento terminal do INTESTINO GROSSO, começando na ampola do RETO e terminando no ânus.
19 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
20 Reações anafiláticas: É um tipo de reação alérgica sistêmica aguda. Esta reação ocorre quando a pessoa foi sensibilizada (ou seja, quando o sistema imune foi condicionado a reconhecer uma substância como uma ameaça ao organismo). Na segunda exposição ou nas exposições subseqüentes, ocorre uma reação alérgica. Essa reação é repentina, grave e abrange o corpo todo. O sistema imune libera anticorpos. Os tecidos liberam histamina e outras substâncias. Esse mecanismo causa contrações musculares, constrição das vias respiratórias, dificuldade respiratória, dor abdominal, cãimbras, vômitos e diarréia. A histamina leva à dilatação dos vasos sangüíneos (que abaixa a pressão sangüínea) e o vazamento de líquidos da corrente sangüínea para os tecidos (que reduzem o volume de sangue) o que provoca o choque. Ocorrem com freqüência a urticária e o angioedema - este angioedema pode resultar na obstrução das vias respiratórias. Uma anafilaxia prolongada pode causar arritmia cardíaca.
21 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
22 Língua:
23 Garganta: Tubo fibromuscular em forma de funil, que leva os alimentos ao ESÔFAGO e o ar à LARINGE e PULMÕES. Situa-se posteriormente à CAVIDADE NASAL, à CAVIDADE ORAL e à LARINGE, extendendo-se da BASE DO CRÂNIO à borda inferior da CARTILAGEM CRICÓIDE (anteriormente) e à borda inferior da vértebra C6 (posteriormente). É dividida em NASOFARINGE, OROFARINGE e HIPOFARINGE (laringofaringe).
24 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.

Tem alguma dúvida sobre Procto-glyvenol?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.