Reforgan

NIKKHO

Atualizado em 09/12/2014

Reforgan®

Aspartato de arginina
Uso adulto

Forma Farmacêutica e Apresentação de Reforgan

Comprimido: Embalagem contendo 20 comprimidos revestidos.

Composição de Reforgan

Cada comprimido contém: Aspartato de L-arginina 250 mg; Excipiente (dióxido de silício coloidal, cellactose, corante amarelo laca crepúsculo, dióxido de titânio, etilcelulose, estearato de magnésio, eudragit E 100, tabletose, polietilenoglicol 4000 e silicato de magnésio hidratado) q.s.p. 1 comprimido.

Informações ao Paciente de Reforgan

REFORGAN® destina-se ao tratamento da astenia1 e das fadigas física e mental. REFORGAN® deve ser guardado na sua embalagem original, ao abrigo do calor excessivo, umidade e luz solar direta. Nestas condições, este medicamento possui prazo de validade a partir da data de fabricação (ver embalagem externa). Este, como qualquer outro produto, não deve ser usado após vencido o prazo de validade ou caso suas características físicas estejam alteradas. Ao comprar um medicamento, verifique se a embalagem está íntegra. REFORGAN®, assim como qualquer outro medicamento, não deve ser utilizado durante a gravidez2 e a amamentação3, a não ser sob estrita orientação médica. Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez2 ou se está amamentando na vigência do tratamento ou após o seu término. Para que o tratamento com REFORGAN® forneça os resultados esperados, siga a orientação do seu médico, respeitando sempre o modo de usar, os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento, sem o conhecimento do seu médico. Não desaparecendo os sintomas4, retorne ao seu médico. Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. Informe o seu médico em caso de problemas renais, hepáticos ou diabetes5. Não há restrições quanto à alimentação ou outra medicação que necessite ser utilizada junto com REFORGAN®. Mesmo assim, informe o seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Não tome remédio sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde6.

Informações Técnicas de Reforgan

A L-arginina é precursora na gênese do óxido nítrico. O óxido nítrico é uma molécula que apresenta múltiplas funções no organismo. Dentre estas, temos: a estimulação da resposta imunológica mediada por linfócitos e macrófagos7; a redução da hiperagregabilidade plaquetária e a manutenção do tônus vascular8 na regulação da pressão arterial9, que envolve um equilíbrio dinâmico entre o óxido nítrico e as endotelinas. O óxido nítrico, produzido nas células10 endoteliais a partir da L-arginina, determina uma vasodilatação. A L-arginina aumenta a liberação do hormônio11 de crescimento, que se encontra diminuída em indivíduos idosos. Existem evidências, também, demonstrando a ação benéfica da L-arginina nos processos de cicatrização. O aspartato de L-arginina age como defatigante e nos diversos tipos de astenia1. Age, também, como coadjuvante12 no tratamento dos processos infecciosos em geral, inclusive nos causados pelo estresse. O aspartato de L-arginina reforça, ainda, a capacidade muscular.

Indicações de Reforgan

REFORGAN® está indicado para o tratamento dos diversos tipos de astenia1 e de fadigas física e mental.

Contra-Indicações de Reforgan

REFORGAN® está contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Precauções e advertências - Pacientes portadores de doença renal13 ou em anúria14, doenças hepáticas15 ou diabetes mellitus16 devem utilizar o produto com cautela. Durante a gravidez2 e a lactação17, o produto deve ser utilizado sob estrita orientação médica. Como qualquer outro medicamento, não se recomenda a sua utilização no primeiro trimestre da gravidez2.

Interações Medicamentosas de Reforgan

Até o momento, não foram observadas interações com outros medicamentos.

Reações Adversas de Reforgan

Raramente podem ocorrer reações de hipersensibilidade. Foram relatados casos de cólica e distensão abdominal, após administração oral de L-arginina, em pacientes portadores de fibrose cística18.

Posologia e Modo de Usar de Reforgan

Dois comprimidos, duas vezes ao dia, em séries de 15 a 30 dias ou mais, a critério médico, preferencialmente, às refeições.

Superdosagem de Reforgan

Até o momento, não existem relatos de casos de superdosagem.

Pacientes Idosos de Reforgan

Não há advertências ou recomendações especiais, sobre o uso do produto em pacientes idosos.

Venda Sob Prescrição Médica.

Serviço de Atendimento ao Consumidor: 0800-2829911 e (9-021-21) 3393-4266.

Registro no M.S. 1.0014.0076.

Química e Farmacêutica NIKKHO do Brasil Ltda.



Reforgan - Laboratório

NIKKHO
Rua Jaime Perdigão, 431/445
Ilha do Governador/RJ - CEP: 21920-240
Tel: 0800 282 9911
Fax: (9-021-21) 3393-4266

Ver outros medicamentos do laboratório "NIKKHO"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Astenia: Sensação de fraqueza, sem perda real da capacidade muscular.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
4 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
5 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
6 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
7 Macrófagos: É uma célula grande, derivada do monócito do sangue. Ela tem a função de englobar e destruir, por fagocitose, corpos estranhos e volumosos.
8 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
9 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
10 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
11 Hormônio: Substância química produzida por uma parte do corpo e liberada no sangue para desencadear ou regular funções particulares do organismo. Por exemplo, a insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas que diz a outras células quando usar a glicose para energia. Hormônios sintéticos, usados como medicamentos, podem ser semelhantes ou diferentes daqueles produzidos pelo organismo.
12 Coadjuvante: Que ou o que coadjuva, auxilia ou concorre para um objetivo comum.
13 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
14 Anúria: Clinicamente, a anúria é o débito urinário menor de 400 ml/24 horas.
15 Hepáticas: Relativas a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
16 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
17 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
18 Fibrose cística: Doença genética autossômica recessiva que promove alteração de glândulas exócrinas do organismo. Caracterizada por infecções crônicas das vias aéreas, que leva ao desenvolvimento de bronquiectasias, insuficiência pancreática exócrina, disfunções intestinais, anormalidades das glândulas sudoríparas e disfunção genitourinária.

Tem alguma dúvida sobre Reforgan?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.