Zydena

EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.

Atualizado em 19/02/2021

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Zydena®
udenafila
Comprimido 100 mg

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Comprimido revestido
Embalagens contendo 1, 2 e 4 comprimidos

USO ORAL
USO ADULTO

COMPOSIÇÃO:

Cada comprimido de Zydena® contém:

udenafila 100 mg
excipiente q.s.p. 1 comprimido

Excipientes: lactose, amido, dióxido de silício, hiprolose, hiprolose modificada, talco, estearato de magnésio, hipromelose, dióxido de titânio, corante amarelo crepúsculo.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Este medicamento é destinado ao tratamento da disfunção erétil.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

A disfunção erétil, por vezes chamada de impotência sexual, é definida como sendo a incapacidade para obter ou manter a ereção do pênis para um desempenho sexual satisfatório. Em circunstâncias normais, quando há estimulação sexual, a substância denominada Monofosfato de Guanosina cíclico (GMPc) é produzida no pênis, permitindo ao músculo do tecido esponjoso do pênis (corpos cavernosos) relaxar, possibilitando assim a chegada de uma maior quantidade de sangue aos corpos cavernosos, resultando na ereção do pênis.

A enzima fosfodiesterase tipo 5 (PDE5), é uma substância que atua na degradação do Monofosfato de Guanosina cíclico (GMPc). A redução da quantidade da substância GMPc, devido a sua degradação mediada pela fosfodiesterase tipo 5 (PDE5), impede a reação de ereção do pênis, mesmo quando há estimulação sexual. A substância ativa udenafila, presente no medicamento Zydena®, atua como inibidor da enzima fosfodiesterase tipo 5 (PDE5), bloqueando sua ação na degradação do GMPc, permitindo que, na presença de estimulação sexual, essa substância atinja a quantidade necessária para obter e manter a ereção do pênis por tempo suficiente para um desempenho sexual satisfatório.

O Zydena® pertence a uma classe de medicamentos denominada de inibidores de fosfodiesterases (PDE), sendo que a substância ativa udenafila, atua de forma seletiva na enzima fosfodiesterase tipo 5, que está relacionada à reação de ereção do pênis. O tempo médio estimado para o início da ação do medicamento é de 1 a 4 horas após a administração da dose recomendada pelo seu médico. Para que o medicamento Zydena® seja eficaz é necessário que haja estimulação sexual.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

O medicamento é contraindicado a pacientes com hipersensibilidade conhecida à udenafila ou algum dos excipientes. Também é contraindicado se o paciente estiver fazendo uso de algum medicamento que contém nitrato e/ou doador de óxido nítrico, por exemplo, dinitrato de isossorbida, propatilnitrato, nitroglicerina, regularmente e/ou continuamente.

É contraindicado o uso concomitante de Zydena® e estimuladores de guanilato ciclase (por exemplo, riociguat). Inibidores de fosfodiesterase tipo 5 (PDE5), incluindo Zydena®, podem potencializar o efeito hipotensor de estimuladores de guanilato ciclase.

Em casos de recomendações médicas para o paciente não manter relações sexuais por problemas de saúde, como doenças cardiovasculares (angina instável, deficiência cardíaca severa, entre outras).

Pacientes com hipotensão (pressão baixa) (<90/50 mmHg), hipertensão (pressão alta) incontrolável (>170/100 mmHg) ou arritmias incontroláveis (batimentos anormais do coração).

Pacientes com doenças hereditárias degenerativas da retina incluindo retinite pigmentosa, caracterizada pela perda de visão noturna, perda do campo visual e de visão central.

Pacientes com insuficiência (diminuição da atividade) no fígado ou rins.

A eficácia e segurança do uso de Zydena® em combinação com outros medicamentos para disfunção erétil não foram estudadas. Desta forma, o uso dessas associações não é recomendado. O uso concomitante de Zydena® com inibidores do CYP450 3A4 (como indinavir e ritonavir - vide interações medicamentosas) também não é indicado. Pacientes com problemas cardíacos como síndrome do QT longo congênito, doença rara que ocorre no coração, podendo manifestar-se através de episódios de perda de consciência, parada cardíaca e morte súbita, ou que utilizam medicamentos para aumentar o intervalo de QT.

Pacientes com hemorragia (sangramento) cerebral, danos cerebrais e que sofreram infarto do miocárdio ou que realizaram cirurgia de revascularização ocorridos nos últimos 6 meses, não devem tomar Zydena®. A administração de Zydena® em pacientes com histórico dessas doenças deve ser cuidadosamente avaliada.

Este medicamento é contraindicado para menores de 18 anos.

Este medicamento não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação. Este medicamento é contraindicado para uso por mulheres.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Advertências

Zydena® não foi testado em pacientes com lesão medular, prostatectomia radical (retirada da próstata e vesículas seminais), desejo hipossexual (baixo interesse sexual), câncer e em pacientes que estejam fazendo uso de medicamentos anticoagulantes (tais como heparina e varfarina).

Em relação a alguns efeitos adversos como tontura e visão turva, o paciente deve tomar cuidado ao dirigir e operar máquinas.

Em caso de perda de audição repentina ou surdez em um ou ambos os ouvidos, o uso de Zydena® deve ser interrompido e o paciente deve procurar atenção médica assim que possível.

O uso de medicamentos inibidores da PDE5, incluindo Zydena® com medicamentos que alteram a pressão do sangue deve ser cuidadosamente realizado devido à possibilidade de diminuição da pressão sanguínea.

Precauções

A avaliação da disfunção erétil deve incluir uma determinação de causas potenciais e somente após uma completa avaliação médica a escolha do tratamento apropriado deve ocorrer.

É importante considerar o estado cardiovascular do paciente, pois a própria atividade sexual pode representar um risco potencial ao paciente. Como Zydena® tem propriedades vasodilatadoras sistêmicas que resultam em diminuição passageira da pressão arterial, Zydena® pode potencializar os efeitos hipotensivos (capacidade de diminuir a pressão) de medicamentos que contêm nitrato e/ou doadores de ácido nítrico.

Cuidados

Os médicos devem levar em consideração o estado cardiovascular de seus pacientes se existir risco cardíaco associado com atividade sexual.

Tratamentos para disfunção erétil, incluindo Zydena® não devem ser usados em homens cuja atividade sexual não é aconselhável devido ao seu estado cardiovascular.

Embora ereções prolongadas superiores a 4 horas e priapismo (ereções dolorosas por mais de 6 horas de duração) não terem sido relatadas nos estudos clínicos de Zydena® houve relatos para esta classe de medicamentos. Pacientes que tenham uma ereção superior a 4 horas, seja dolorosa ou não, devem buscar orientação médica. O priapismo pode causar danos irreversíveis ao tecido erétil e à função erétil se não tratado imediatamente.

A administração de Zydena® deve ser cuidadosamente avaliada em pacientes portadores de alguma deformidade do pênis (ângulo, fibrose cavernosa ou Doença de Peyronie), disfunção no fígado ou rins, retinopatia diabética (doença na retina), problemas sanguíneos, que induzam ao priapismo, ou úlceras pépticas ou pacientes em uso de alfa- betabloqueadores, tais como propanolol.

Populações especiais

Uso em Pacientes com problemas da função do rim (insuficiência renal): Zydena® não é recomendado para pacientes com insuficiência renal moderada a grave, uma vez que a exposição ao produto é maior e os dados clínicos são limitados. Deve ser cuidadosamente administrado de acordo com a avaliação do médico em pacientes com insuficiência renal (creatinina sérica (indicador para avaliar a função do rim) > 2,5 mg/dl). A segurança e eficácia não foram estudadas em pacientes com insuficiência renal.

Uso em Pacientes com problemas de função do fígado (insuficiência hepática): Zydena® deve ser cuidadosamente administrado de acordo com a avaliação profissional do médico em pacientes com problemas de função do fígado (indicadores de dano no fígado mais de três vezes o limite superior do normal). A segurança e eficácia de Zydena® não foi estudada em pacientes com problemas de função do fígado.

Uso em Pacientes Idosos: O uso de Zydena® em idosos saudáveis não resultou em nenhum efeito adverso clinicamente sério ou não esperado. Dessa forma, nenhum ajuste de dose de udenafila é necessário em pacientes idosos.

Uso Pediátrico: A segurança e efetividade em pacientes com menos de 18 anos de idade não foram estabelecidas.

Informações importantes sobre um dos componentes do medicamento

Este medicamento contém LACTOSE.

Atenção: Este medicamento contém AÇÚCAR (lactose), portanto, deve ser usado com cautela em portadores de Diabetes.

Interações medicamentosas

Alguns medicamentos podem afetar a concentração de Zydena® no sangue, aumentando seu tempo de ação. Tais medicamentos como cetoconazol, itraconazol e inibidores da protease como indinavir e ritonavir, cimetidina e eritromicina inibem o sistema de enzimas chamado citocromo P450 (CYP), responsável pela excreção de udenafila, o que resulta em uma eliminação mais lenta pelo organismo.

Outros medicamentos podem diminuir o tempo de ação de Zydena®, por exemplo, dexametasona, rifampicina e anticonvulsivantes (carbamazepina, fenitoína e fenobarbital), entre outros. Tais medicamentos induzem o sistema CYP450 e a udenafila é eliminada mais rapidamente do organismo.

Quando Zydena® foi administrado juntamente com álcool (0,6 g/kg, níveis máximos de álcool no sangue de 0,088%) não potencializou o efeito sob a pressão sanguínea e a taxa de batimentos cardíacos, porém, os pacientes devem ser informados sobre os sintomas possíveis como aumento no batimento cardíaco, diminuição de pressão sanguínea, tontura, mialgia (dor muscular) e síndrome ortostática (aumento dos batimentos cardíacos) pelo fato de ambos, udenafila e álcool, terem propriedades vasodilatadoras (aumento do fluxo de sangue) e a possibilidade de efeitos hipotensivos (diminuição da pressão do sangue) ser aumentada em administração simultânea.

O uso Zydena® e nitroglicerina ao mesmo tempo não é recomendado, pois pode resultar em uma diminuição de pressão sanguínea.

A administração de Zydena® e besilato de anlodipino resultou em aumento da pressão sanguínea em um estudo realizado em animais, portanto, a administração em conjunto destes medicamentos deve ser evitada.

Em outro estudo realizado, a administração de 200 mg de Zydena® e tansulosina, resultou em diminuição da pressão sanguínea.

O uso de Zydena® com medicamentos que alteram a pressão do sangue não foi avaliado para determinar a segurança se administrados simultaneamente. No entanto, essas duas classes de medicamentos possuem efeito na pressão sanguínea, aumentando o fluxo de sangue. Quando essas duas classes de medicamentos são usadas em conjunto, cada medicação deve ser iniciada com a dose mais baixa. O uso seguro de medicamentos que alteram a pressão do sangue com Zydena® pode ser afetado por variáveis, incluindo diminuição de volume de sangue nos vasos sanguíneos e outros medicamentos utilizados em pacientes com pressão alta.

A ingestão com alimentos não altera a ação de Zydena®.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

Armazenar em recipientes fechados e a temperatura ambiente (15–30°C). Este medicamento é válido por 24 meses.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido.

Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas e organolépticas do produto

Zydena® apresenta-se na forma de comprimido revestido, oval e de cor laranja.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto do medicamento, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Posologia

A dose recomendada de Zydena® em adultos é de 100 mg, administrados, aproximadamente, de 30 minutos a 12 horas antes da atividade sexual.

Não há interação do medicamento com alimentação.

Populações especiais

  • Para pacientes com problemas de função do rim (insuficiência renal): não é necessário ajuste de dose para homens com insuficiência renal.
  • Para pacientes com problemas de função do fígado (insuficiência hepática): não é necessário ajuste de dose para pacientes com insuficiência hepática moderada.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

O medicamento deve ser ingerido de 30 minutos a 12 horas antes da atividade sexual, portanto, o esquecimento da administração não trará nenhum prejuízo ao paciente.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

As seguintes reações adversas ocorreram nos estudos clínicos com 923 pacientes onde Zydena® foi administrado sob demanda antes da atividade sexual. Em geral, as reações adversas ao medicamento foram passageiras e suas gravidades foram principalmente leves a moderada. As reações adversas mais comuns foram dor de cabeça e vermelhidão da face.

Reação muito comum (ocorre em mais de 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): rubor facial.

Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor de cabeça, dispepsia (indigestão) e congestão nasal (nariz entupido).

Reação rara (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor torácica, dor abdominal, fadiga, sensação de calor, desconforto no peito, visão turva, dor ocular, acromatopsia (incapacidade de distinguir cores), edema da pálpebra, edema da face, urticária, náuseas, dor de dente, constipação, gastrite, desconforto estomacal.

Durante os estudos clínicos foram relatados os seguintes eventos adversos sem confirmação de relação com a administração de udenafila: desconforto na cabeça, sensação de fraqueza, sensação de frio, palpitação, tontura, sonolência, confusão auditiva, desconforto ocular, prurido (coceira), eritema (vermelhidão), palpitação, diarreia, dispnéia, desconforto respiratório durante exercícios, tosse, hemorragia nasal, aumento da ereção e hipotensão.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Atenção: este produto é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer eventos adversos imprevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso, informe seu médico ou cirurgião-dentista.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Em estudos clínicos realizados com indivíduos saudáveis, utilizando doses únicas de até 400 mg, não foram observados eventos adversos severos, no entanto, a frequência de eventos adversos foi maior com o aumento da dose. Em caso de superdose, o paciente deve procurar orientação médica assim que possível.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS


VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
 

M.S.: 1.0043.1212
Farm. Resp.: Dra. Maria Benedita Pereira – CRF-SP 30.378

Fabricado por:
Dong-A ST Co., Ltd.
200-23, Baekseokgongdan 1-ro, Seobuk-gu, Cheonan-si, Chungcheongnam-do (2F Section B, 3F, 4F Section B), Coréia do Sul.

Registrado por:
EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
Av. Vereador José Diniz, 3.465 - São Paulo - SP
CNPJ: 61.190.096/0001-92
Indústria Brasileira


SAC 0800 704 3876

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

Tem alguma dúvida sobre Zydena?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.