ISKEVERT

MEDLEY

Atualizado em 08/12/2014

ISKEVERT
mesilato de diidroergocristina

Apresentações de Iskevert

Comprimidos: caixa com 20 comprimidos.

Fórmula de Iskevert

Cada comprimido contém:Mesilato de diidroergocristina....................1,5 mg

Informações ao Paciente de Iskevert

A dosagem utilizada deve ser sempre orientada pelo médico.
Qualquer modificação da dose utilizada ou interrupção do tratamento deve ser feita sob orientação médica.
Não use o medicamento se o seu prazo de validade estiver vencido, o que pode ser verificado na embalagem externa do produto.
Conservar o medicamento em local fresco, ao abrigo da luz.
Informar ao médico o aparecimento de reações desagradáveis tais como reações locais e alérgicas (vermelhidão, urticária1).
Informar ao médico a ocorrência de gravidez2 na vigência do tratamento ou após o seu término.
"Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças."
"Não tome remédio sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde3."

Indicações de Iskevert

Distúrbios vasculares4 cerebrais e periféricos.

Efeitos Colaterais5 de Iskevert

São raros os efeitos colaterais5, podendo ocorrer ocasionalmente discreta obstrução nasal, náusea6 transitória e distúrbios gástricos, normalmente evitados pela administração do medicamento com alimentos.Poderá ser observada discreta sonolência que tende a desaparecer com a diminuição da dose inicial.

Posologia de Iskevert

1 a 2 comprimidos três vezes ao dia ou de acordo com a orientação médica.
30 a 40 gotas três vezes ao dia ou de acordo com a orientação médica.
"VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA."

Contra-Indicações de Iskevert

Conhecida hipersensibilidade ao medicamento.O ergotismo crônico7 pode resultar de superdosagem, especialmente após administração a pacientes com infecções8 graves como a febre9 puerperal e a pacientes com hipertiroidismo.

Precauções de Iskevert

A administração de Iskevert deve ser evitada durante o 1º trimestre de gestação, nas septicemias severas ou persistentes e nos pacientes portadores de insuficiência hepática10 ou renal11 grave.
Iskevert deve ser mantido fora do alcance de crianças.
É necessário cautela na presença de bradicardia12 grave.

Informações Técnicas de Iskevert

Iskevert com base na substância ativa diidroergocristina, alcalóide derivado do esporão do centeio, é o novo fármaco13 para a terapêutica14 das doenças circulatórias, de uma comprovada atividade adrenolítica e bradicardizante. Devido à sua atividade, provoca uma ação tônica na região venosa, assegurando, desta forma, melhor irrigação periférica dos tecidos.
Iskevert é, portanto, indicado na terapia dos distúrbios vasculares4 da região cerebral, cardíaca e periférica.
A atividade terapêutica14 do Iskevert se processa por dois mecanismos distintos: promove ação dilatadora sobre as arteríolas15 espásticas e uma ação tônica - parietal sobre as arteríolas15 dilatadas. Desse modo, sua ação pode ser considerada como reguladora do tônus vascular16 cerebral, ou seja, é por excelência um medicamento vaso - regulador.
Iskevert é bem tolerado podendo ser administrado com tranquilidade em pacientes de idade avançada.
Uma propriedade particular do Iskevert é a de inibir a agregabilidade plaquetária induzida pela adrenalina17, serotonina e ADP. Essa propriedade torna-se importante frente aos conhecimentos relativos aos acidentes vasculares4 cerebrais de tipo isquêmico18 (AVC) decorrentes de processos tromboembólicos. Sabe-se que nessas circunstâncias existe uma participação ativa das plaquetas19 na patogênese20 dos distúrbios vasculares4 cerebrais. O aumento da atividade biodinâmica das plaquetas19 está associado ao aumento da sua agregação espontânea, da agregação induzida pelo ADP, bem como da agregação secundária.
Iskevert ao inibir a agregação plaquetária proporciona um benefício adicional aos pacientes com vasculopatia cerebral e que são propensos à formação dos trombos21 junto ao endotélio vascular22.
Em trabalhos clínicos, comprovou-se a capacidade de Iskevert de promover a redução dos sintomas23 subjetivos, tais como: cefaléia24, vertigens25, zumbidos, estados confusionais, insônia, dificuldade de concentração, amnésia26, todos eles característicos do processo de arteriosclerose27 cerebral. Comprovou-se também a capacidade de Iskevert produzir certas modificações do tono vascular16, apropriadas para corrigir uma circulação28 regional deficitária, melhorando as condições de irrigação local e, em consequência, a funcionalidade dos órgãos atingidos.

ISKEVERT - Laboratório

MEDLEY
Rua Macedo Costa, 55
Campinas/SP - CEP: 13080-180
Tel: (19 )744-8324
Fax: (019) 744-8227
Site: http://www.medley.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "MEDLEY"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Urticária: Reação alérgica manifestada na pele como elevações pruriginosas, acompanhadas de vermelhidão da mesma. Pode afetar uma parte ou a totalidade da pele. Em geral é autolimitada e cede em pouco tempo, podendo apresentar períodos de melhora e piora ao longo de vários dias.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
4 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
5 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
6 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
7 Crônico: Descreve algo que existe por longo período de tempo. O oposto de agudo.
8 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
9 Febre: É a elevação da temperatura do corpo acima dos valores normais para o indivíduo. São aceitos como valores de referência indicativos de febre: temperatura axilar ou oral acima de 37,5°C e temperatura retal acima de 38°C. A febre é uma reação do corpo contra patógenos.
10 Insuficiência hepática: Deterioração grave da função hepática. Pode ser decorrente de hepatite viral, cirrose e hepatopatia alcoólica (lesão hepática devido ao consumo de álcool) ou medicamentosa (causada por medicamentos como, por exemplo, o acetaminofeno). Para que uma insuficiência hepática ocorra, deve haver uma lesão de grande porção do fígado.
11 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
12 Bradicardia: Diminuição da freqüência cardíaca a menos de 60 batimentos por minuto. Pode estar associada a distúrbios da condução cardíaca, ao efeito de alguns medicamentos ou a causas fisiológicas (bradicardia do desportista).
13 Fármaco: Qualquer produto ou preparado farmacêutico; medicamento.
14 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
15 Arteríolas: As menores ramificações das artérias. Estão localizadas entre as artérias musculares e os capilares.
16 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
17 Adrenalina: 1. Hormônio secretado pela medula das glândulas suprarrenais. Atua no mecanismo da elevação da pressão sanguínea, é importante na produção de respostas fisiológicas rápidas do organismo aos estímulos externos. Usualmente utilizado como estimulante cardíaco, como vasoconstritor nas hemorragias da pele, para prolongar os efeitos de anestésicos locais e como relaxante muscular na asma brônquica. 2. No sentido informal significa disposição física, emocional e mental na realização de tarefas, projetos, etc. Energia, força, vigor.
18 Isquêmico: Relativo à ou provocado pela isquemia, que é a diminuição ou suspensão da irrigação sanguínea, numa parte do organismo, ocasionada por obstrução arterial ou por vasoconstrição.
19 Plaquetas: Elemento do sangue (não é uma célula porque não apresenta núcleo) produzido na medula óssea, cuja principal função é participar da coagulação do sangue através da formação de conglomerados que tamponam o escape do sangue por uma lesão em um vaso sangüíneo.
20 Patogênese: Modo de origem ou de evolução de qualquer processo mórbido; nosogenia, patogênese, patogenesia.
21 Trombos: Coágulo aderido à parede interna de uma veia ou artéria. Pode ocasionar a diminuição parcial ou total da luz do mesmo com sintomas de isquemia.
22 Endotélio Vascular: Camada única de células que alinha-se na superfície luminal em todo o sistema vascular. Regulam o transporte de macromoléculas e componentes do sangue do interstício ao lúmem. Sua função tem sido mas amplamente estudada nos capilares sangüíneos.
23 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
24 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
25 Vertigens: O termo vem do latim “vertere” e quer dizer rodar. A definição clássica de vertigem é alucinação do movimento. O indivíduo vê os objetos do ambiente rodarem ao seu redor ou seu corpo rodar em relação ao ambiente.
26 Amnésia: Perda parcial ou total da memória.
27 Arteriosclerose: Doença degenerativa da artéria devido à destruição das fibras musculares lisas e das fibras elásticas que a constituem, levando a um endurecimento da parede arterial, geralmente produzido por hipertensão arterial de longa duração ou pelo envelhecimento.
28 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.

Tem alguma dúvida sobre ISKEVERT?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.