DEFLOGEN

UNIAO QUIMICA

Atualizado em 08/12/2014

deflogen    

Nimessulina

Uso pediátrico e adulto

Forma Farmacêutica e Apresentação de Deflogen

Comprimido. Caixa com 12 comprimidos

Composição de Deflogen

Cada comprimido contém Nimesulida 100 mg

Indicações de Deflogen

Nas afecções1 osteoarticulares que requerem uma ação antiinflamatória e (ou) analgésica, tais como artrose2, artrite reumatóide3, espondilite anquilosante, lombociática, artrite4 gotosa, bursites, tendinites, tenossinovites, periartrites escapuloumeral; reumatismos extra-articulares; afecções1 traumáticas em geral; flebites; Inflamações5 dentárias; dismenorréia6; processos Inflamatórios e dolorosos das vias aéreas superiores (amigdalites, faringites, sinusites, otites7 médias, rinites e bronquites).

Contra-Indicações de Deflogen

Pacientes hipersensíveis à  nimesulina ao ácido acetilsalicílico ou a outros fármacos antiinflamatórios não esteróides. Na presença de hemorragias8 digestivas a pacientes com úlcera péptica9. Disfunções renais e hepáticas10 graves. Durante a gravidez11 e amamentação12.

Posologia de Deflogen

Adultos 50 a 100 mg (1/2 a 1 comprimido de DEFLOGEM), 2 vezes ao dia, após as refeições, podendo alcançar até 200 mg, 2 vezes ao dia. Crianças Dose diária de 5mg/kg de peso corporal, dividida em 2 toneladas/dia. Quando o paciente tiver insuficiência renal13, a posologia deve ser adaptada conforme os valores do filtrado glomerular.


SANUS Farmacêutica Ltda.

DEFLOGEN - Laboratório

UNIAO QUIMICA
Rua Cel. Luiz Tenório de Brito, 90
Embu-Guaçu/SP - CEP: 06900-000
Tel: SAC 0800 11 1559

Ver outros medicamentos do laboratório "UNIAO QUIMICA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
2 Artrose: Também chamada de osteoartrose ou processo degenerativo articular, resulta de um processo anormal entre a destruição cartilaginosa e a reparação da mesma. Entende-se por cartilagem articular, um tipo especial de tecido que reveste a extremidade de dois ossos justapostos que possuem algum grau de movimentação entre eles, sua função básica é a de diminuir o atrito entre duas superfícies ósseas quando estas executam qualquer tipo de movimento, funcionando como mecanismo de absorção de choque. O estado de hidratação da cartilagem e a integridade da mesma, é fator preponderante para o não desenvolvimento da artrose.
3 Artrite reumatóide: Doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada por poliartrite periférica, simétrica, que leva à deformidade e à destruição das articulações por erosão do osso e cartilagem. Afeta mulheres duas vezes mais do que os homens e sua incidência aumenta com a idade. Em geral, acomete grandes e pequenas articulações em associação com manifestações sistêmicas como rigidez matinal, fadiga e perda de peso. Quando envolve outros órgãos, a morbidade e a gravidade da doença são maiores, podendo diminuir a expectativa de vida em cinco a dez anos.
4 Artrite: Inflamação de uma articulação, caracterizada por dor, aumento da temperatura, dificuldade de movimentação, inchaço e vermelhidão da área afetada.
5 Inflamações: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc. Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
6 Dismenorréia: Dor associada à menstruação. Em uma porcentagem importante de mulheres é um sintoma normal. Em alguns casos está associada a doenças ginecológicas (endometriose, etc.).
7 Otites: Toda infecção do ouvido é chamada de otite.
8 Hemorragias: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
9 Úlcera péptica: Lesão na mucosa do esôfago, estômago ou duodeno. Também chamada de úlcera gástrica ou duodenal. Pode ser provocada por excesso de ácido clorídrico produzido pelo próprio estômago ou por medicamentos como antiinflamatórios ou aspirina. É uma doença infecciosa, causada pela bactéria Helicobacter pylori em quase 100% dos casos. Os principais sintomas são: dor, má digestão, enjôo, queimação (azia), sensação de estômago vazio.
10 Hepáticas: Relativas a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
11 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
12 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
13 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.

Tem alguma dúvida sobre DEFLOGEN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.