QUINICARDINE

BARRENNE

Atualizado em 09/12/2014

QUINICARDINE

Sulfato de quinidina

QUINICARDINE prolonga o período refretario do miocárdio1; opõe-se à fibrilação; diminui a excitabilidade e a força das contrações miocárdicas; retarda a condução; este efeito manifesta-se no eletrocardiograma2 pelo prolongamento do intervalo P-R (condução auricular) e do QRS (condução intraventricular); prolonga a sístole ventricular3 (alongamento de QT) com as doses habitualmente empregadas em terapêutica4; não há em geral modificações apreciáveis da contratilidade ventricular; não se acumula; em 12 horas a maior parte de uma dose elevada de quinidina é eliminada.

Fórmula de Quinicardine

Sulfato de quinidina 0,20 g; excipiente q.s.p. um comprimido de 0,30 g.

Indicações de Quinicardine


Fibrilação auricular, flutter auricular, taquicardia5 paroxística de Bouveret, taquicardia5 dos corações irritáveis e dos basedowianos. Arritmia6 extra-sistólica. Tratamento de manutenção após o regresso ao ritmo sinusal por contrachoque elétrico.

Contra-Indicações de Quinicardine

Insuficiência cardíaca7 irredutível. Bradicardia8 por dissociação auriculoventricular. Enfarte do miocárdio1 acompanhado de um estado de choque9 acentuado. Tendência para as síncopes10. Endocardite11 infecciosa.

Posologia de Quinicardine

Segundo critério médico. Em geral 4 comprimidos ao dia no caso de manutenção.

Apresentação de Quinicardine

Caixa contendo 20 comprimidos.

BARRENNE  Indústria Farmacêutica Ltda.

QUINICARDINE - Laboratório

BARRENNE
Rua Antunes Maciel, 68/86
Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20940-010
Tel: 55 (021)589-8973
Fax: 55 (021)589-9989
Email: barrene@ibm.net
Site: http://www.barrenne.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "BARRENNE"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Miocárdio: Tecido muscular do CORAÇÃO. Composto de células musculares estriadas e involuntárias (MIÓCITOS CARDÍACOS) conectadas, que formam a bomba contrátil geradora do fluxo sangüíneo. Sinônimos: Músculo Cardíaco; Músculo do Coração
2 Eletrocardiograma: Registro da atividade elétrica produzida pelo coração através da captação e amplificação dos pequenos potenciais gerados por este durante o ciclo cardíaco.
Sístole ventricular
3 Sístole ventricular: Sístole é o período de contração muscular das câmaras cardíacas que alterna com o período de repouso, diástole. A cada batimento cardíaco, as aurículas contraem-se primeiro, impulsionando o sangue para os ventrículos, o que corresponde à sístole auricular. Os ventrículos contraem-se ulteriormente, bombeando o sangue para fora do coração, para as artérias, o que corresponde à sístole ventricular.
4 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
5 Taquicardia: Aumento da frequência cardíaca. Pode ser devido a causas fisiológicas (durante o exercício físico ou gravidez) ou por diversas doenças como sepse, hipertireoidismo e anemia. Pode ser assintomática ou provocar palpitações.
6 Arritmia: Arritmia cardíaca é o nome dado a diversas perturbações que alteram a frequência ou o ritmo dos batimentos cardíacos.
7 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
8 Bradicardia: Diminuição da freqüência cardíaca a menos de 60 batimentos por minuto. Pode estar associada a distúrbios da condução cardíaca, ao efeito de alguns medicamentos ou a causas fisiológicas (bradicardia do desportista).
9 Choque: 1. Estado de insuficiência circulatória a nível celular, produzido por hemorragias graves, sepse, reações alérgicas graves, etc. Pode ocasionar lesão celular irreversível se a hipóxia persistir por tempo suficiente. 2. Encontro violento, com impacto ou abalo brusco, entre dois corpos. Colisão ou concussão. 3. Perturbação brusca no equilíbrio mental ou emocional. Abalo psíquico devido a uma causa externa.
10 Síncopes: Perda breve e repentina da consciência, geralmente com rápida recuperação. Comum em pessoas idosas. Suas causas são múltiplas: doença cerebrovascular, convulsões, arritmias, doença cardíaca, embolia pulmonar, hipertensão pulmonar, hipoglicemia, intoxicações, hipotensão postural, síncope situacional ou vasopressora, infecções, causas psicogênicas e desconhecidas.
11 Endocardite: Inflamação aguda ou crônica do endocárdio. Ela pode estar preferencialmente localizada nas válvulas cardíacas (endocardite valvular) ou nas paredes cardíacas (endocardite parietal). Pode ter causa infecciosa ou não infecciosa.

Tem alguma dúvida sobre QUINICARDINE?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.