ASMAX

ATIVUS

Atualizado em 03/06/2015

Asmax
Cetotifeno

Formas Farmacêuticas e Apresentações de Asmax

Comprimidos - caixa com 20 comprimidos. Xarope - frasco com 100 ml Gotas (solução oral) - frasco com 30 ml

USO ADULTO E/OU PEDIÁTRICO

Composição de Asmax

Comprimidos - cada comprimido contém:

Cetotifeno como Fumarato Ácido 1,0 mg

Excipiente: Lactose1, Estearato de Magnésio, Gluconato Amido Sódico, Talco, Acetona, Álcool Isopropílico, Copolímero Ácido Metacrílico e Dióxido de Titânio.

Xarope - cada colher medida (5 ml) contém:

Cetotifeno como Fumarato Ácido 1,0 mg

Veículo: Açúcar2, Metilparabeno, Propilparabeno, Ácido Cítrico, Aroma, Água Destilada, Álcool Absoluto e Fosfato de Sódio Bibásico.

Gotas (solução oral) - cada 1 ml contém:

Cetotifeno como Fumarato Ácido 1,0 mg

Veículo: Açúcar2, Metilparabeno, Propilparabeno, Ácido Cítrico, Aroma, Água Destilada, Álcool Absoluto e Fosfato de Sódio Bibásico.

Informações ao Paciente de Asmax

ASMAX (Cetotifeno) é usado na profilaxia dos processos alérgicos (asma3, bronquite, rinite4, etc.), não sendo indicado nas crises e sim para prevení-las.

CUIDADOS NA CONSERVAÇÃO: O medicamento deve ser conservado ao abrigo do calor excessivo, da umidade, da luz e em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C).

Prazo de validade:

Gotas (em solução oral) e xarope - 24 meses após a data de fabricação.

Comprimidos - 36 meses após a data de fabricação.

Verifique a data de fabricação no cartucho

Não use medicamento com o prazo de validade vencido

Conduta na gravidez5 e lactação6: Informe seu médico a ocorrência de gravidez5 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se estiver amamentando.

Cuidados na administração: O medicamento deve ser administrado segundo as indicações do médico responsável. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Interrupção do tratamento: Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

REAÇÕES ADVERSAS: O uso de ASMAX (Cetotifeno) se faz por longos períodos, geralmente por mais que 6 meses, apesar de bem tolerado há relatos de casos de sonolência e aumento de peso secundário ou maior apetite. Informe a seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

CONTRA-INDICAÇÕES E PRECAUÇÕES: ASMAX (Cetotifeno) está contra-indicado em pacientes com história de sensibilidade ao Cetotifeno ou a qualquer outra substância da fórmula. Pacientes que exerçam profissões que necessitem atenção ou que dirijam automóveis devem ter maior cuidado devido à possível sonolência causada pela medicação. Pacientes diabéticos devem informar seu médico. Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes ou durante o tratamento.

NÃO TOME REMÉDIOS SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE7.

Informações Técnicas de Asmax

ASMAX (Cetotifeno) é um medicamento para ser utilizado na profilaxia dos processos alérgicos e em particular nas intercrises da asma3 e bronquite. ASMAX (Cetotifeno) não possui ação broncodilatadora e tem ação anti-histamínica específica, bloqueando os receptores H1. O bloqueio desses receptores não está associado a sua ação anti-anafilática. A ação anti-anafilática de ASMAX (Cetotifeno) se deve a:

•  Estabilização das membranas dos mastócitos8, impedindo a liberação das substâncias constritoras da musculatura lisa, principalmente, a Histamina9 e a SRS-A;

•  Inibição da resposta broncoconstritora aguda do PAF (Fator Ativador de Plaquetas10), bem como, da hiper-reatividade das vias aéreas induzidas pelo PAF;

•  Restaura a resposta beta-adrenérgica, prevenindo e revertendo a taquifilaxia induzida experimentalmente pela Isoprenalina.

Farmacocinética de Asmax

A absorção de ASMAX (Cetotifeno) por via oral é praticamente completa. Uma vez absorvido, atinge concentrações plasmáticas entre 2-4 horas no máximo. Cerca de 50% da dose administrada fica biodisponível com uma ligação protéica de cerca de 75%. A eliminação do Cetotifeno é feita em duas etapas, uma parte é excretada em 3 a 5 horas e outra em cerca de 21 horas. Cerca de 1% da substância é excretada inalterada e 60 a 70% como metabólitos11. O principal metabólito12 encontrado na urina13 é o cetotifeno-N-glucoronato que não possui atividade farmacológica. Ao contrário do que acontece com um grande número de drogas, o Cetotifeno tem um metabolismo14 mais ou menos idêntico tanto em crianças como adultos. Desta forma crianças maiores de 3 anos necessitam de doses iguais a do adulto enquanto crianças menores de 3 anos requerem metade da dose.

Indicações de Asmax

ASMAX (Cetotifeno) está indicado na profilaxia da: asma3 brônquica, das bronquites, das rinites e das dermatites alérgicas.

ASMAX (Cetotifeno) NÃO É EFICAZ PARA TRATAMENTO DE CRISES ASMÁTICAS E PROCESSOS ALÉRGICOS JÁ ESTABELECIDOS.

Contra-Indicações de Asmax

ASMAX (Cetotifeno) está contra-indicado em pacientes com história de sensibilidade ao Cetotifeno ou a qualquer outro componente da fórmula.

Advertências de Asmax

Deve-se evitar o uso na lactação6 e gravidez5. No início do tratamento, os efeitos anti-histamínicos de ASMAX (Cetotifeno) pode proporcionar uma ligeira diminuição dos reflexos e certa sonolência, devendo-se evitar atividades que exijam atenção como dirigir, operar máquinas, etc. Caso o paciente esteja tomando algum medicamento, especificamente corticosteróides, o médico assistente deve ser comunicado para que tome as medidas necessárias na redução da dose do mesmo, uma vez que estas substâncias não devem ser suspensas abruptamente. Pacientes diabéticos que estejam sendo medicados com anti-diabéticos orais também devem comunicar ao médico para que este faça um controle sangüíneo do paciente.

Interações Medicamentosas de Asmax

Deve-se evitar o uso de ASMAX (Cetotifeno) concomitantemente com substâncias depressoras do sistema nervoso central15, como: sedativos, hipnóticos, hipnoanalgésicos, anti-histamínicos e álcool.

Reações Adversas de Asmax

Pode ocorrer sonolência no início do tratamento. Em alguns casos houveram queixas de boca16 seca e tontura17, sintomas18 que desapareceram com a continuidade do tratamento, portanto, não deve-se descontinuar o tratamento por este motivo.

Alguns pacientes apresentam um aumento do apetite e ao longo do tratamento apresentam ganho de peso.

Posologia de Asmax

Comprimidos:

Adultos: 1 comprimido, 2 vezes ao dia.

•  Em pacientes susceptíveis aos efeitos sedativos dos anti-histamínicos, a dose inicial deve ser menor e aumentando-se gradativamente até atingir a dose preconizada19.

Xarope:

Crianças de 6 meses a 3 anos: 1/2 colher medida (2,5 ml), 2 vezes ao dia.

Crianças acima de 3 anos: 1 colher medida (5 ml), 2 vezes ao dia.

Adultos: 1 colher medida (5 ml), 2 vezes ao dia.

Gotas (em solução oral):

Crianças de 6 meses a 3 anos: 0,5 ml, 2 vezes ao dia.

Crianças acima de 3 anos: 1 ml, 2 vezes ao dia.

Superdosagem de Asmax

Nos casos de acidentes por ingestão de doses excessivas, a primeira medida a ser tomada é de esvaziamento gástrico desde que não tenha decorrido muito tempo da ingestão acidental. Medidas provocadoras de vômitos20, como: ingestão de salmoura morna ou clara de ovo21, só devem ser utilizadas logo após a ingestão. Os sintomas18 de sonolência, depressão, convulsão22 e mesmo coma23 contra-indicam as medidas provocadoras de vômitos20 após a absorção do Cetotifeno, pelo risco de aspiração, sendo recomendada a lavagem gástrica24 à nível hospitalar. Após a ingestão de dose excessiva o paciente começa a ficar sonolento, até chegar numa sedação25 profunda, fica confuso e desorientado, há queda da pressão arterial26 e aumento da freqüência cardíaca. Crianças numa fase inicial podem apresentar quadro de hiperexcitabilidade seguido de coma23 reversível. O tratamento é sintomático27, sendo conveniente a monitorização do sistema cardiovascular28.

Advertências e Recomendações Para Pacientes29 com Idade Superior a 65 Anos de Asmax

O Cetotifeno pode produzir sonolência e aumento do apetite, particularmente no início do tratamento. Pessoas idosas podem ser mais susceptíveis aos efeitos sedativos, devendo evitar atividades que exijam mais atenção como dirigir ou operar máquinas. Não se deve associar a outros medicamentos com atividade sedativa.


VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

ASMAX - Laboratório

ATIVUS
Rua Fonte Mécia, 2050 - São Pedro
Valinhos/SP - CEP: 13270-000
Tel: (19) 3849 8600
Site: http://www.ativus.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "ATIVUS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
2 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
3 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
4 Rinite: Inflamação da mucosa nasal, produzida por uma infecção viral ou reação alérgica. Manifesta-se por secreção aquosa e obstrução das fossas nasais.
5 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
6 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
7 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
8 Mastócitos: Células granulares que são encontradas em quase todos os tecidos, muito abundantes na pele e no trato gastrointestinal. Como os BASÓFILOS, os mastócitos contêm grandes quantidades de HISTAMINA e HEPARINA. Ao contrário dos basófilos, os mastócitos permanecem normalmente nos tecidos e não circulam no sangue. Os mastócitos, provenientes das células-tronco da medula óssea, são regulados pelo FATOR DE CÉLULA-TRONCO.
9 Histamina: Em fisiologia, é uma amina formada a partir do aminoácido histidina e liberada pelas células do sistema imunológico durante reações alérgicas, causando dilatação e maior permeabilidade de pequenos vasos sanguíneos. Ela é a substância responsável pelos sintomas de edema e irritação presentes em alergias.
10 Plaquetas: Elemento do sangue (não é uma célula porque não apresenta núcleo) produzido na medula óssea, cuja principal função é participar da coagulação do sangue através da formação de conglomerados que tamponam o escape do sangue por uma lesão em um vaso sangüíneo.
11 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
12 Metabólito: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
13 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
14 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
15 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
16 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
17 Tontura: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
18 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
19 Preconizada: Recomendada, aconselhada, pregada.
20 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
21 Ovo: 1. Célula germinativa feminina (haploide e madura) expelida pelo OVÁRIO durante a OVULAÇÃO. 2. Em alguns animais, como aves, répteis e peixes, é a estrutura expelida do corpo da mãe, que consiste no óvulo fecundado, com as reservas alimentares e os envoltórios protetores.
22 Convulsão: Episódio agudo caracterizado pela presença de contrações musculares espasmódicas permanentes e/ou repetitivas (tônicas, clônicas ou tônico-clônicas). Em geral está associada à perda de consciência e relaxamento dos esfíncteres. Pode ser devida a medicamentos ou doenças.
23 Coma: 1. Alteração do estado normal de consciência caracterizado pela falta de abertura ocular e diminuição ou ausência de resposta a estímulos externos. Pode ser reversível ou evoluir para a morte. 2. Presente do subjuntivo ou imperativo do verbo “comer.“
24 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.
25 Sedação: 1. Ato ou efeito de sedar. 2. Aplicação de sedativo visando aliviar sensação física, por exemplo, de dor. 3. Diminuição de irritabilidade, de nervosismo, como efeito de sedativo. 4. Moderação de hiperatividade orgânica.
26 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
27 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
28 Sistema cardiovascular: O sistema cardiovascular ou sistema circulatório sanguíneo é formado por um circuito fechado de tubos (artérias, veias e capilares) dentro dos quais circula o sangue e por um órgão central, o coração, que atua como bomba. Ele move o sangue através dos vasos sanguíneos e distribui substâncias por todo o organismo.
29 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.

Tem alguma dúvida sobre ASMAX?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.