BEROCCAL

BAYER

Atualizado em 03/06/2015

Beroccal Cálcio e Magnésio
                                   
Polivitamínico + Minerais

Identificação do Produto de Beroccal

Nomes genéricos

Cloridrato de tiamina (Vitamina1 B1), Riboflavina (Vitamina1 B2), Cloridrato de piridoxina (Vitamina1 B6), Cianocobalamina (Vitamina1 B12), Ácido ascórbico (Vitamina1 C), Biotina (Vitamina1 H),
Nicotinamida, Ácido pantotênico, Cálcio e Magnésio.

Formas Farmacêuticas e de Apresentações de Beroccal

Comprimidos laqueados: caixas com 30 comp. laqueados.

Comprimidos efervescentes*: tubos contendo 10 comprimidos efervescentes.

(*) Sabor laranja sem açúcar2.

USO ADULTO

 Composição        Comp.laqueado         Comp.efervescente
 Vitamina1 B1 (Cloridrato de
 tiamina)             15 mg1             15 mg1
 Vitamina1 B2 (Riboflavina)    15 mg             15 mg2
 Vitamina1 B6 (Cloridrato de    
piridoxina).        10 mg            10 mg
 Vitamina1 B12
(Cianocobalamina)         10 mg             10 mg
 Vitamina1 C (Ácido ascórbico) 500 mg            1000 mg
 Biotina             150 mg             150 mg
 Nicotinamida         50 mg            50 mg
 Ácido pantotênico         23 mg2             23 mg3
 Cálcio             100 mg            100 mg
 Magnésio         100 mg            100 mg
 Excipiente ......q.s.p    1 comp.laq         1 comp.efev.


Comprimidos laqueados

(1) Como 14,6 mg de mononitrato de tiamina.

(2) Como 25,0 mg de pantotenato de cálcio

1 comprimido laqueado contém 18,33 mg de carbohidratos (0,3 KJ).

Comprimidos efervescentes

(1) Como 18,5 mg de cloreto éster monofosfórico de tiamina.2H2O.

(2) Como 20,5 mg de riboflavina-5'-fosfato de sódio.2H2O.

(3) Como 25,0 mg de pantotenato de cálcio.

1 comprimido efervescente contém 86 mg de carbohidratos (1,4 KJ) e aproximadamente 262 mg de
sódio (equivalente a 0,7 g de NaCl).

Os comprimidos efervescentes não contém açúcar2, sendo adoçados com aspartame3.

Informação ao Paciente de Beroccal

O organismo, quando submetido ao estresse, tende a consumir, em maior quantidade, as vitaminas do Complexo B e vitamina1 C, assim como os elementos Cálcio e Magnésio, aumentando a necessidade
de sua reposição.

As vitaminas do Complexo B e vitamina1 C são essenciais na formação de enzimas, que transformam
os alimentos de forma a proporcionar o funcionamento normal do organismo.

O Cálcio é importante para o desenvolvimento dos ossos e dentes e também para um funcionamento
adequado dos nervos e músculos4.

O Magnésio é essencial para estimular a transmissão de impulsos nervosos aos músculos4, regulando
seu tônus.

Beroccal Cálcio e Magnésio oferece a quantidade necessária desses elementos, aumentando a
resistência de seu organismo às situações de estresse.

Beroccal Cálcio e Magnésio é apresentado em comprimidos efervescentes e comprimidos
laqueados, devendo serem tomados 1 a 2 comprimidos ao dia.

Os comprimidos efervescentes deverão ser dissolvidos em um copo com água.

Cuidados com Beroccal® Cálcio e Magnésio

Beroccal Cálcio e Magnésio não deve ser usado por pacientes que apresentam problemas renais.
Informe seu médico se este for o seu caso.

De acordo com a tolerância de cada pessoa ao medicamento, podem ocorrer, eventualmente,
reações alérgicas ou intolerância gastrintestinal. Caso ocorram reações com o uso de Beroccal
Cálcio e Magnésio, suspenda o uso do produto e informe seu médico.

Devido à presença da vitamina1 C em sua formulação, nos diabéticos, o produto pode, sem modificar
a glicemia5, falsear a dosagem de açúcar2 na urina6. A administração do produto deve, portanto, ser
interrompida alguns dias antes do exame.

Os parkinsonianos em tratamento com levodopa pura não devem fazer uso do Beroccal Cálcio e
Magnésio, pois a vitamina1 B6, presente na formulação do produto, interfere no tratamento específico.

Fenilcetonúricos7: os comprimidos efervescentes contém fenilalanina8.

Atenção: As vitaminas e/ou sais minerais presentes na formulação do Beroccal são solúveis em
água, não se acumulando no organismo. Sendo assim, quando administrado em grandes quantidades,
são eliminados pela urina6. A alteração na cor da urina6, durante a utilização de Beroccal, é normal
devido à presença da vitamina1 B2 (Riboflavina) em sua formulação.

Beroccal Cálcio e Magnésio tem prazo de validade a partir de sua data de fabricação, impressa na
parte externa da embalagem.

1 comprimido efervescente de Beroccal Cálcio e Magnésio contém 86 mg de carboidratos (1,4 KJ)
e aproximadamente 262 mg de sódio (equivalente a 0,7 g de sal).

1 comprimido laqueado de Beroccal Cálcio e Magnésio contém 18,33 mg de carboidratos (0,3 KJ).

NÃO UTILIZE NENHUM MEDICAMENTO COM PRAZO DE VALIDADE VENCIDO.

CONSERVAR O PRODUTO EM LOCAL FRESCO.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS
CRIANÇAS.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER
PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE9.

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR. NÃO DESAPARECENDO OS
SINTOMAS10, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.

Informação Técnica de Beroccal

Propriedades de Beroccal

As vitaminas hidrossolúveis do complexo B + vitamina1 C são complementares em suas ações no metabolismo11 celular. A administração simultânea destas vitaminas é, portanto, desejável do ponto de
vista teórico e na ausência de deficiências vitamínicas claramente definidas onde é mais racional sua
administração do que a de vitaminas isoladamente. Uma vez que as vitaminas hidrossolúveis não são
armazenadas pelo organismo, elas podem ser rapidamente depletadas como resultado de interrupção
ou redução de ingestão de alimentos, absorção prejudicada ou necessidades aumentadas.

Beroccal Cálcio e Magnésio compensa uma deficiência em vitaminas em distúrbios de absorção
alimentar e combate as manifestações de carência que possam surgir como consequência de
esforços físicos ou em decorrência de doenças infecciosas.

O cálcio é importante não apenas para o desenvolvimento dos ossos e dos dentes mas também para
o metabolismo11 como um todo e para a integridade funcional dos nervos e músculos4.

O magnésio é essencial para a ativação de várias enzimas e, em interação com o cálcio, para a
transmissão de impulsos nervosos para o músculo assim como na manutenção do tônus muscular12.

A deficiência e carência destes dois minerais pode ocasionar hiperexcitabilidade e convulsões. Tanto
o cálcio como o magnésio são necessários para o armazenamento e liberação de energia a partir da
adenosinatrifosfato (ATP13), forma biológica destes minerais.

Os comprimidos efervescentes de Beroccal Cálcio e Magnésio são edulcorados com aspartame3,
com o intuito de proteger os dentes e não afetar o metabolismo11 dos diabéticos.

Os comprimidos laqueados de Beroccal Cálcio e Magnésio contém manitol ao invés de sacarose.

Indicações de Beroccal

Nos estados em que há deficiência latente e acentuada de vitaminas do complexo B e vitamina1 C,
especialmente durante períodos de necessidades aumentadas, durante o curso de doenças
prolongadas, durante o tratamento com antibióticos ou quimioterápicos e como coadjuvante14 no
tratamento da neurite15 alcoólica.

Contra-Indicações de Beroccal

Não foram relatadas até o momento, contra-indicações ao uso de vitaminas e minerais em quantidades correspondentes às necessidades diárias normais; entretanto, o uso de Beroccal Cálcio
e Magnésio deve ser evitado em pacientes com hipersensibilidade conhecida a qualquer um de seus
componentes ou em presença de hipercalcemia, cálculos urinários ou insuficiência renal16.

Precauções e Reações Adversas de Beroccal

Nos diabéticos a Vitamina1 C pode, sem modificar a glicemia5, falsear a dosagem de açúcar2 na urina6.
A adminsitração de Vitamina1 C deve ser interrompida alguns dias antes do exame.

Reações alérgicas e idiossincrásicas não são impossíveis de ocorrer quando do uso de vitaminas.

Uso Durante a Gravidez17 de Beroccal

Não existem evidências que as doses recomendadas de Beroccal Cálcio e Magnésio possam causar qualquer dano ao feto18. O produto pode, portanto, ser administrado durante a gravidez17 e também
durante o aleitamento.

Interações Medicamentosas de Beroccal

Beroccal Cálcio e Magnésio contém vitamina1 B6 e seu uso deve ser evitado em pacientes
parkinsonianos em tratamento com levodopa pura. A associação de levodopa com benserazida ou
carbidopa não sofre interferência desta vitamina1.

Atenção: A coloração amarela da urina6 após administração do Beroccal Cálcio e Magnésio é
devido a presença da riboflavina (Vitamina1 B2) em sua formulação.

Posologia de Beroccal

Comprimidos efervescentes: 1-2 comprimidos efervescentes ao dia. Os comprimidos efervescentes de Beroccal Cálcio e Magnésio devem ser dissolvidos em 1 copo com água, fornecendo, após a
dissolução, uma bebida agradável.

Comprimidos laqueados: 1-2 comprimidos laqueados ao dia. Os comprimidos laqueados de Beroccal
Cálcio e Magnésio devem ser ingeridos com suficiente quantidade de líquido.

Conduta na Superdosagem de Beroccal


Ainda não foram descritos sintomas10 de intoxicação.


BEROCCAL - Laboratório

BAYER
Rua Domingos Jorge, 1100
São Paulo/SP - CEP: 04779-900
Tel: 08007231010
Fax: 55 (011)548-0485
Site: http://www.bayer.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "BAYER"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
3 Aspartame: Adoçante com quase nenhuma caloria e sem valor nutricional.
4 Músculos: Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.
5 Glicemia: Valor de concentração da glicose do sangue. Seus valores normais oscilam entre 70 e 110 miligramas por decilitro de sangue (mg/dl).
6 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
7 Fenilcetonúricos: Portadores da doença fenilcetonúria.
8 Fenilalanina: É um aminoácido natural, encontrado nas proteínas vegetais e animais, essencial para a vida humana.
9 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
10 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
11 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
12 Tônus muscular: Estado de tensão elástica (contração ligeira) que o músculo apresenta em repouso e que lhe permite iniciar a contração imediatamente depois de receber o impulso dos centros nervosos. Num estado de relaxamento completo (sem tônus), o músculo levaria mais tempo para iniciar a contração.
13 ATP: Adenosina Trifosfato (ATP) é nucleotídeo responsável pelo armazenamento de energia. Ela é composta pela adenina (base azotada), uma ribose (açúcar com cinco carbonos) e três grupos de fosfato conectados em cadeia. A energia é armazenada nas ligações entre os fosfatos. O ATP armazena energia proveniente da respiração celular e da fotossíntese, para consumo imediato, não podendo ser estocada. A energia pode ser utilizada em diversos processos biológicos, tais como o transporte ativo de moléculas, síntese e secreção de substâncias, locomoção e divisão celular, dentre outros.
14 Coadjuvante: Que ou o que coadjuva, auxilia ou concorre para um objetivo comum.
15 Neurite: Inflamação de um nervo. Pode manifestar-se por neuralgia, déficit sensitivo, formigamentos e/ou diminuição da força muscular, dependendo das características do nervo afetado (sensitivo ou motor). Esta inflamação pode ter causas infecciosas, traumáticas ou metabólicas.
16 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
17 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
18 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.

Tem alguma dúvida sobre BEROCCAL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.