DAYVIT

ACHÈ

Atualizado em 08/12/2014


Identificação do Produto de Dayvit

POLIVITAMINA E SAIS MINERAIS (B1, B2, B12, A, C, E, PP,Ca, I, Fe, Mg, Se, Zn)

FRUTOSE1-1,6-DIFOSFATO

DAYVIT

Comprimidos em frasco de 30

USO ADULTO                                                        

Composição Completa de Dayvit

Cada comprimido contém:

Acetato de retinol     5000 UI

Acetato de dl-alfa tocoferol     30 UI

Ácido ascórbico     90 mg

Cloridrato de tiamina     2,25 mg

Riboflavina     2,6 mg

Nicotinamida     20 mg

Cloridrato de piridoxina  3 mg

Cianocobalamina      9 mcg

Cálcio (como fosfato de cálcio dibásico)     162 mg

Fósforo (como fosfato de cálcio dibásico)     125 mg

Iodo (como iodeto de potássio)     150mcg

Ferro (como fumarato ferroso)         27 mg

Magnésio (como óxido de magnésio)     100 mg

Selênio (como selenato de sódio)     100mcg

Zinco (como sulfato de zinco)         15 mg

Frutose1 -1,6-difosfato cálcico         80 mg

Informação ao Paciente de Dayvit

O produto quando conservado em locais frescos e bem ventilados, sob temperatura não superior a 25ºC, ao abrigo da luz, calor e umidade, apresenta uma validade de 36 meses a contar da data de sua fabricação. Não devem ser utilizados produtos fora do prazo de validade, sob risco de prejuízos a saúde2.

Recomenda-se notificar ao médico caso ocorra gravidez3 durante o tratamento.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS

É contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade a qualquer umdos componentes da fórmula.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE2.

Informação Técnica de Dayvit

POLIVITAMINA E SAIS MINERAIS supre o organismo das vitaminas e sais minerais, consideradas essenciais ao tratamento, proteção e manutenção da saúde2.

O acetato de retinol é fundamental para a visão4; sendo necessário para a saúde2 da pele5, cabelo6, unhas7, glândulas8, ossos e do sistema imunológico9.

O acetato de dl-alfa tocoferol e o ácido ascórbico são classificados como antioxidantes, substâncias que protegem as células10 e os tecidos contra os ataques de moléculas conhecidas como "radicais livres de oxigênio".

O cloridrato de tiamina ajuda a liberar energia dos carboidratos, necessária para o bom funcionamento das células nervosas11 e do coração12. Auxilia também na formação de hormônios e glóbulos vermelhos.

A riboflavina ajuda a liberar energia dos alimentos; sendo essencial para o crescimento e manutenção do organismo.

O cloridrato de piridoxina é importante nas reações de síntese de proteínas13 e de aminoácidos. É fundamental para a atividade normal do cérebro14 e na formação de glóbulos vermelhos.

A nicotinamida é componente de enzimas responsáveis pela respiração e produção de energia celular. Sua deficiência leva à pelagra, uma síndrome15 que se manifesta sob forma de dermatite16, demência17 e diarréia18.

A cianocobalamina é necessária para o desenvolvimento de glóbulos vermelhos e para a manutenção do funcionamento normal do sistema nervoso19.

O cálcio é essencial para a atividade de muitas enzimas. Ao regular a condução e a excitabilidade das células10 do sistema neuromuscular, é indispensável a contratilidade e ritmicidade dos músculos20, especialmente do músculo cardíaco21.

O fósforo é essencial nos processos fundamentais do metabolismo22 dos protídios, glicídios e lipídios.

O ferro é um elemento de fundamental importância no metabolismo22 global do organismo, principalmente no transporte de oxigênio aos tecidos.

O iodo é indispensável ao funcionamento normal da glândula23 tiróide, sendo componente da tiroxina e seus precursores. Desempenha papel essencial no metabolismo22 geral do organismo.

O zinco é componente de vários sistemas enzimáticos e hormonais, com atividade no metabolismo22 dos ácidos nucléicos e proteínas13, sendo fundamental nos tecidos com alta taxa de reprodução24 celular como a pele5, ossos, gonadas25 e medula óssea26.

O selênio é um oligo elemento essencial, com papel fundamental nas reações relativas ao metabolismo22 do oxigênio. Protege o indivíduo contra cardiopatias e carcinogênese.

O magnésio atua como ativador das enzimas do metabolismo22 dos açúcares e das gorduras.

O magnésio é o segundo cátion intracelular de maior importância do organismo. Sendo encontrado em todos os tecidos, o magnésio pode afetar muitas funções corporais.

Atua no transporte de íons27 através das membranas dos eritrócitos28, reduz a excitabilidade dos nervos e músculos20, e mantém o ritmo cardíaco normal.

A frutose1-1,6-difosfato, a forma biológica mais eficaz de utilização dos açúcares, tanto para fins energéticos como plásticos, apresentando-se já na forma fosforilada, pronta para intervir no ciclo metabólico da glicose29.

Indicações de Dayvit

Deficiências de vitaminas e sais minerais. Estados de desnutrição30.

Contra-Indicações de Dayvit

Hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula ou hipervitaminose pré-existente.

Precauções de Dayvit

PACIENTES DIABÉTICOS, INTOLERÂNCIA HEREDITÁRIA A FRUTOSE1.

Interações Medicamentosas de Dayvit

Não apresenta.

Reações Adversas de Dayvit

Nas doses preconizadas, POLIVITAMINA E SAIS MINERAIS não apresenta reações adversas.

Posologia de Dayvit

Um comprimido ao dia.

Conduta na Superdosagem de Dayvit

Não foram relatados casos de superdosagem.

SIGA corretamente o modo de usar; não desaparecendo os sintomas31, procure orientação médica.


DAYVIT - Laboratório

ACHÈ
RODOVIA PRES DUTRA KM 222, 2
GUARULHOS/SP - CEP: 07034-904
Tel: 11 6440-8418
Email: ache@ache.com.br
Site: http://www.ache.com.br

Ver outros medicamentos do laboratório "ACHÈ"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Frutose: Açúcar encontrado naturalmente em frutas e mel. A frutose encontrada em alimentos processados é derivada do milho. Contém quatro calorias por grama.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
4 Visão: 1. Ato ou efeito de ver. 2. Percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista; sentido da vista. 3. Algo visto, percebido. 4. Imagem ou representação que aparece aos olhos ou ao espírito, causada por delírio, ilusão, sonho; fantasma, visagem. 5. No sentido figurado, concepção ou representação, em espírito, de situações, questões etc.; interpretação, ponto de vista. 6. Percepção de fatos futuros ou distantes, como profecia ou advertência divina.
5 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
6 Cabelo: Estrutura filamentosa formada por uma haste que se projeta para a superfície da PELE a partir de uma raiz (mais macia que a haste) e se aloja na cavidade de um FOLÍCULO PILOSO. É encontrado em muitas áreas do corpo.
7 Unhas: São anexos cutâneos formados por células corneificadas (queratina) que formam lâminas de consistência endurecida. Esta consistência dura, confere proteção à extremidade dos dedos das mãos e dos pés. As unhas têm também função estética. Apresentam crescimento contínuo e recebem estímulos hormonais e nutricionais diversos.
8 Glândulas: Grupo de células que secreta substâncias. As glândulas endócrinas secretam hormônios e as glândulas exócrinas secretam saliva, enzimas e água.
9 Sistema imunológico: Sistema de defesa do organismo contra infecções e outros ataques de micro-organismos que enfraquecem o nosso corpo.
10 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
11 Células Nervosas: Unidades celulares básicas do tecido nervoso. Cada neurônio é formado por corpo, axônio e dendritos. Sua função é receber, conduzir e transmitir impulsos no SISTEMA NERVOSO.
12 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
13 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
14 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
15 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
16 Dermatite: Inflamação das camadas superficiais da pele, que pode apresentar-se de formas variadas (dermatite seborreica, dermatite de contato...) e é produzida pela agressão direta de microorganismos, substância tóxica ou por uma resposta imunológica inadequada (alergias, doenças auto-imunes).
17 Demência: Deterioração irreversível e crônica das funções intelectuais de uma pessoa.
18 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
19 Sistema nervoso: O sistema nervoso é dividido em sistema nervoso central (SNC) e o sistema nervoso periférico (SNP). O SNC é formado pelo encéfalo e pela medula espinhal e a porção periférica está constituída pelos nervos cranianos e espinhais, pelos gânglios e pelas terminações nervosas.
20 Músculos: Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.
21 Músculo Cardíaco: Tecido muscular do CORAÇÃO. Composto de células musculares estriadas e involuntárias (MIÓCITOS CARDÍACOS) conectadas, que formam a bomba contrátil geradora do fluxo sangüíneo.
22 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
23 Glândula: Estrutura do organismo especializada na produção de substâncias que podem ser lançadas na corrente sangüínea (glândulas endócrinas) ou em uma superfície mucosa ou cutânea (glândulas exócrinas). A saliva, o suor, o muco, são exemplos de produtos de glândulas exócrinas. Os hormônios da tireóide, a insulina e os estrógenos são de secreção endócrina.
24 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
25 Gônadas: 1. Designação genérica das glândulas sexuais (ovário e testículo) que produzem os gametas (óvulos e espermatozoides). 2. Em embriologia, é a glândula embrionária antes de sua possível identificação morfológica como ovário ou testículo.
26 Medula Óssea: Tecido mole que preenche as cavidades dos ossos. A medula óssea apresenta-se de dois tipos, amarela e vermelha. A medula amarela é encontrada em cavidades grandes de ossos grandes e consiste em sua grande maioria de células adiposas e umas poucas células sangüíneas primitivas. A medula vermelha é um tecido hematopoiético e é o sítio de produção de eritrócitos e leucócitos granulares. A medula óssea é constituída de um rede, em forma de treliça, de tecido conjuntivo, contendo fibras ramificadas e preenchida por células medulares.
27 Íons: Átomos ou grupos atômicos eletricamente carregados.
28 Eritrócitos: Células vermelhas do sangue. Os eritrócitos maduros são anucleados, têm forma de disco bicôncavo e contêm HEMOGLOBINA, cuja função é transportar OXIGÊNIO. Sinônimos: Corpúsculos Sanguíneos Vermelhos; Corpúsculos Vermelhos Sanguíneos; Corpúsculos Vermelhos do Sangue; Glóbulos Vermelhos; Hemácias
29 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
30 Desnutrição: Estado carencial produzido por ingestão insuficiente de calorias, proteínas ou ambos. Manifesta-se por distúrbios do desenvolvimento (na infância), atrofia de tecidos músculo-esqueléticos e caquexia.
31 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre DAYVIT?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.