ELOFURAN

ELOFAR

Atualizado em 08/12/2014

Composição de Elofuran

cada cápsula contém: ácido pipemídico 400 mg.Excipiente: talco, estearato de magnésio, glicolato de amido sódico.

Posologia e Administração de Elofuran

1 cápsula de 400 mg a cada 12 horas. O produto deverá ser administrado, de preferência, após as refeições. Deve-se assegurar diurese1 suficiente mediante apropriada ingestão de líquidos. Superdosagem: não são conhecidos relatos de superdosagem aguda com o ácido pipemídico. Por medida de cautela, caso venha ocorrer, deve-se proceder o esvaziamento gástrico através da êmese2 ou lavagem gástrica3.

Precauções de Elofuran

o ácido pipemídico, em doses terapêuticas, não interfere na funcionalidade hepática4 ou renal5. Nos pacientes com insuficiência renal6 severa é oportuno reajustar a posologia com base no clearance de creatinina7. Apesar de não ter manifestado efeito teratogênico8 ou toxicidade9 fetal nos animais de laboratório, recomenda-se cautela na administração do fármaco10 durante a gestação. Vestígios do medicamento foram encontrados no leite das lactantes11 tratadas com ácido pipemídico. Embora tais quantidades possam ser consideradas de nenhum efeito farmacológico, pode ocorrer interferência no sabor do leite. Na vigência do tratamento, aconselha-se reduzir o tempo de exposição direta ao sol pelo risco de fotossensibilização. - Interações medicamentosas: observou-se resistência cruzada do ácido pipemídico com outras quinolonas. O efeito do fármaco10 pode ser antagonizado pela administração concomitante de nitrofurantoína. O ácido pipemídico, como todos os quinolônicos, pode aumentar o efeito dos anticoagulantes12 orais, tais como, warfarin e seus derivados.

Reações Adversas de Elofuran

as reações adversas reportadas com a administração do ácido pipemídico, pouco freqüentes, e, geralmente, transitórias e de discreta intensidade, incluem: distúrbios gastrentéricos: náuseas13, gastralgia14, anorexia15, diarréia16 e, raramente, vômito17 ou constipação18. Reações cutâneas19: erupções de tipo exantemático ou urticariformes que raramente levam à interrupção do tratamento. Distúrbios a cargo do SNC20: em pacientes idosos, alterações neurossensoriais e psíquicas, com vertigens21 e distúrbios do equilíbrio.

Contra-Indicações de Elofuran

pacientes com antecedentes de hipersensibilidade à droga e aos fármacos do grupo das quinolonas, deficiência de glicose22-6-fosfato desidrogenase, crianças menores de 15 anos de idade, durante a gravidez23.

Indicações de Elofuran

tratamento das infecções24 urinárias agudas, crônicas, recidivantes25, baixas ou altas de etiologias diversas, causadas por microorganismos sensíveis ao ácido pipemídico.

Apresentação de Elofuran

caixa com 18 cápsulas.


ELOFURAN - Laboratório

ELOFAR
RUA TEREZA CRISTINA, 67
FLORIANOPOLIS/SC - CEP: 88070790
Tel: (048 )248-1344
Fax: (048 )244-1099

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Diurese: Diurese é excreção de urina, fenômeno que se dá nos rins. É impróprio usar esse termo na acepção de urina, micção, freqüência miccional ou volume urinário. Um paciente com retenção urinária aguda pode, inicialmente, ter diurese normal.
2 Êmese: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Sinônimo de vômito. Pode ser classificada como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
3 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.
4 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
5 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
6 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
7 Creatinina: Produto residual das proteínas da dieta e dos músculos do corpo. É excretada do organismo pelos rins. Uma vez que as doenças renais progridem, o nível de creatinina aumenta no sangue.
8 Teratogênico: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
9 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
10 Fármaco: Qualquer produto ou preparado farmacêutico; medicamento.
11 Lactantes: Que produzem leite; que aleitam.
12 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
13 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
14 Gastralgia: Dor no estômago; cólica gástrica, gastrodinia.
15 Anorexia: Perda do apetite ou do desejo de ingerir alimentos.
16 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
17 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
18 Constipação: Retardo ou dificuldade nas defecações, suficiente para causar desconforto significativo para a pessoa. Pode significar que as fezes são duras, difíceis de serem expelidas ou infreqüentes (evacuações inferiores a três vezes por semana), ou ainda a sensação de esvaziamento retal incompleto, após as defecações.
19 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
20 SNC: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
21 Vertigens: O termo vem do latim “vertere” e quer dizer rodar. A definição clássica de vertigem é alucinação do movimento. O indivíduo vê os objetos do ambiente rodarem ao seu redor ou seu corpo rodar em relação ao ambiente.
22 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
23 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
24 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
25 Recidivantes: Característica da doença que recidiva, que acontece de forma recorrente ou repetitiva.

Tem alguma dúvida sobre ELOFURAN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.