MYLANTA PLUS Parke Davis

Johnson & Johnson

Atualizado em 09/12/2014

Composição da Mylanta Plus Parke Davis

Cada comprimido mastigável e cada 5 ml da suspensão oral contém: hidróxido de alumínio (equivalente a hidróxido de alumínio gel seco) 400 mg; hidróxido de magnésio 400 mg; dimeticona 30 mg.

Posologia e Administração da Mylanta Plus Parke Davis

Comprimidos: 2 a 4 comprimidos, de preferência entre as refeições e ao deitar. Os comprimidos deverão ser mastigados.
Suspensão oral: 2 a 4 colheres das de chá, de preferência entre as refeições e ao deitar. A dosagem pode ser aumentada ou reduzida de acordo com as necessidades nos casos de úlceras1 pépticas.

Superdosagem da Mylanta Plus Parke Davis

Não há relatos de superdosagem com Mylanta Plus.

Precauções da Mylanta Plus Parke Davis

o hidróxido de magnésio e outros sais de magnésio podem causar, em presença de insuficiência renal2, depressão do sistema nervoso central3 e outros sintomas4 de hipermagnesemia. - Interações medicamentosas: deve-se evitar a administração do produto a pacientes que estejam sob tratamento com tetraciclinas.

Reações Adversas da Mylanta Plus Parke Davis

Alterações discretas do trânsito intestinal.

Contra-Indicações da Mylanta Plus Parke Davis

P atologias renais.

Indicações da Mylanta Plus Parke Davis

Redução de hiperacidez gástrica, no alívio da flatulência e como adjuvante no tratamento da úlcera péptica5.

Apresentação da Mylanta Plus Parke Davis

Comprimidos em blisters de 36 (sabor morango) e suspensão oral em frasco de 240 ml (sabor morango).


MYLANTA PLUS Parke Davis - Laboratório

Johnson & Johnson
Rua Gerivatiba, 207
São Paulo/SP - CEP: 05501-900
Tel: (11 3)030-8122
Site: http://www.jj.com/home.html

Ver outros medicamentos do laboratório "Johnson & Johnson"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Úlceras: Feridas superficiais em tecido cutâneo ou mucoso que podem ocorrer em diversas partes do organismo. Uma afta é, por exemplo, uma úlcera na boca. A úlcera péptica ocorre no estômago ou no duodeno (mais freqüente). Pessoas que sofrem de estresse são mais susceptíveis a úlcera.
2 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
3 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
4 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
5 Úlcera péptica: Lesão na mucosa do esôfago, estômago ou duodeno. Também chamada de úlcera gástrica ou duodenal. Pode ser provocada por excesso de ácido clorídrico produzido pelo próprio estômago ou por medicamentos como antiinflamatórios ou aspirina. É uma doença infecciosa, causada pela bactéria Helicobacter pylori em quase 100% dos casos. Os principais sintomas são: dor, má digestão, enjôo, queimação (azia), sensação de estômago vazio.

Tem alguma dúvida sobre MYLANTA PLUS Parke Davis?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.