VISODIN

FARMASA

Atualizado em 09/12/2014

Composição de Visodin

cada ml contém: 0,5 mg de cloridrato detetrizolina; 0,015 mg de cloreto de metiltionínio; tiomersal como preservativo e veículo q.s.p.

Posologia e Administração de Visodin

instilar 1 a 2 gotas no saco conjuntival, 2 a 4 vezes ao dia ou segundo orientação médica. Superdosagem: normalmente, superdosagens não provocam problemas agudos. Para excesso de produto instilado no olho1, lavar com água ou soro2 fisiológico3. Se acidentalmente for ingerido, beber bastante líquido para provocar diluição. Atenção: aplicar Visodin com cuidado, pois ele poderá causar manchas em alguns tecidos.

Reações Adversas de Visodin

em doses excessivas e uso prolongado: hiperemia4 ocular, visão5 turva, pupilas dilatadas, cefaléia6, nervosismo, náuseas7, aumento da sudorese8.

Contra-Indicações de Visodin

pacientes hipersensíveis aos componentes. A tetrizolina (Tetraidozolina) pode produzir sedação9, depressão e sono, sendo necessário cuidado especial em crianças e naqueles que usam medicação sistêmica depressora. Necessária precaução especial em pacientes hipertensos e em casos de glaucoma10 de ângulo fechado ou estreito.

Indicações de Visodin

descongestionante ocular e anti-séptico de ação moderada, nos casos de irritação e hiperemia4 da conjuntiva11.

Apresentação de Visodin

frascos plásticos conta-gotas contendo 24 ml de solução estéril.


VISODIN - Laboratório

FARMASA
Rua Nova York, 245 - Brooklin
São Paulo/SP - CEP: 04560-908
Tel: 11 5049 6200
Site: http://www.farmasa.com.br
0800 0114033

Ver outros medicamentos do laboratório "FARMASA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Olho: s. m. (fr. oeil; ing. eye). Órgão da visão, constituído pelo globo ocular (V. este termo) e pelos diversos meios que este encerra. Está situado na órbita e ligado ao cérebro pelo nervo óptico. V. ocular, oftalm-. Sinônimos: Olhos
2 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
3 Fisiológico: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
4 Hiperemia: Congestão sanguínea em qualquer órgão ou parte do corpo.
5 Visão: 1. Ato ou efeito de ver. 2. Percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista; sentido da vista. 3. Algo visto, percebido. 4. Imagem ou representação que aparece aos olhos ou ao espírito, causada por delírio, ilusão, sonho; fantasma, visagem. 5. No sentido figurado, concepção ou representação, em espírito, de situações, questões etc.; interpretação, ponto de vista. 6. Percepção de fatos futuros ou distantes, como profecia ou advertência divina.
6 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
7 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
8 Sudorese: Suor excessivo
9 Sedação: 1. Ato ou efeito de sedar. 2. Aplicação de sedativo visando aliviar sensação física, por exemplo, de dor. 3. Diminuição de irritabilidade, de nervosismo, como efeito de sedativo. 4. Moderação de hiperatividade orgânica.
10 Glaucoma: É quando há aumento da pressão intra-ocular e danos ao nervo óptico decorrentes desse aumento de pressão. Esses danos se expressam no exame de fundo de olho e por alterações no campo de visão.
11 Conjuntiva: Membrana mucosa que reveste a superfície posterior das pálpebras e a superfície pericorneal anterior do globo ocular.

Tem alguma dúvida sobre VISODIN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.