FORTILAN

ATIVUS

Atualizado em 08/12/2014

Formas Farmacêuticas e Apresentações de Fortilan

Comprimidos Revestidos de 100 mg: caixa contendo 30 comprimidos revestidos.
-Composição
Comprimidos Revestidos de 100 mg: Cada Comprimido Revestido contém: Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer à 27% de Ginsenosídeos totais 100 mg (equivalente à 27 mg de Ginsenosídeos totais) Excipientes: Lactose1, Celulose Microcristalina, Dióxido de Silício Coloidal, Croscarmelose Sódica, Estearato de Magnésio, Álcool Isopropílico, Talco magnesita, Dióxido de Titânio, Acetona, Copolímero Ácido Metacrílico E100, Polietilenoglicol 6000, Corante Alumínio Lacca amarelo nº10, Corante Alumínio Lacca amarelo nº06, Água de Osmose2.
-Cuidados na conservação
O medicamento deve ser conservado ao abrigo da luz, calor e umidade, em temperatura entre 15 e 300C. Prazo de Validade: 24 meses após a data de fabricação. Verifique a data de fabricação no cartucho. Não utilize medicamentos com o prazo de validade vencido.
-Cuidados na administração
A administração de FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) não deve ser feita por períodos muitos longos (acima de 3 meses) sem uma pausa. NÃO INTERROMPER O TRATAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO.
-Gravidez3 e lactação4
O uso de FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) está contra-indicado em mulheres grávidas e/ou amamentando por não existirem estudos conclusivos que comprovem sua segurança nestes períodos. Informe seu médico a ocorrência de gravidez3 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.
-Reações adversas
FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) é bem tolerado. As reações adversas mais comuns são transtornos gastrintestinais leves e transitórios (náuseas5 e diarréias), insônia e taquicardia6 leve. Em mulheres observou-se casos de dores nas mamas7 devido à alterações hormonais. Seu uso é desaconselhado em pacientes com antecedentes de úlcera duodenal8, gastrite9 por refluxo, doença diverticular e quadros disentéricos. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
-Ingestão concominante com outras substâncias
Não recomenda-se o uso de FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) concomitantemente a substâncias estimulantes como a cafeína, contida em algumas bebidas. O consumo de bebidas alcoólicas também não é recomendado. Não deve ser administrado com varfarina e fenelzina. Pacientes que fazem uso de medicamentos inibidores da Monoaminooxidase devem consultar o médico antes de iniciar o tratamento com Ginseng.
-Contra-indicações e precauções
Não recomenda-se o uso de FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) concomitantemente a substâncias estimulantes como a cafeína, contida em algumas bebidas. O consumo de bebidas alcoólicas também não é recomendado. Não deve ser administrado com varfarina e fenelzina. Pacientes que fazem uso de medicamentos inibidores da Monoaminooxidase devem consultar o médico antes de iniciar o tratamento com Ginseng. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE10.
-Informações
FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) é indicado para casos de necessidade da melhora da performance física (aumentando o tempo de resistência e diminuindo o tempo de recuperação após período de desgaste físico) e mental (aumentando a capacidade de concentração).
-Informações técnicas
FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) é formulado com o Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer. uma planta originária da Ásia (China, Indochina, Koréia, Vietnam e Japão). A parte da planta utilizada é a raíz onde, dentre vários constituintes, estão os chamados ginsenosídeos, derivados do protopanaxatriol. Dentre todos os ginsenosídeos, o principal é o ginsenosídeo Rg1. Estas substâncias atuam no Sistema Nervoso Central11, Sistema Cardiovascular12 e Endócrino13 promovendo uma função imunoestimulante e estimulante do metabolismo14; atua também como biomodulador e anti-stress, o que a caracteriza como uma substância de ação adaptógena. Neste sentido, sua ação adaptógena parece particularmente aumentar a capacidade de trabalho de forma sustentada com uma única administração. Esta propriedade seria determinada pela ativação do eixo hipófise15-suprarrenal, que aumentaria a secreção de adrenalina16 e cortisol por meio do estímulo do hormônio17 ACTH (Hormônio17 Cortico-Estimulante). Em algumas experiências, pode-se determinar que a raíz de Ginseng apresenta uma ação dual: protege o córtex suprarrenal da hipertrofia18 provocada pela administração de ACTH (Hormônio17 Cortico-Estimulante), assim como também da atrofia19 produzida pelo emprego prolongado de adrenocorticóides. Os ginsenosídeos melhoram o rendimento físico diminuindo a produção de ácido lático, responsável pelo caimento do rendimento individual.
-Precauções e advertências
Embora apresente leve ação anti-diabética, pacientes com esta doença devem fazer uso de FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) somente sob acompanhamento médico. Pacientes que fazem uso de medicamentos inibidores da Monoaminooxidase devem consultar o médico antes de iniciar o tratamento com Ginseng. A administração em mulheres que estejam sob terapia estrogênica deve ser cautelosa.
-Interações medicamentosas
O Ginseng contém pequenas quantidades de estrona, estradiol e esterol o que pode provocar ginecomastias, assim não deve ser associado à drogas que produzem o mesmo efeito como Bloqueadores de Canais de Cálcio, Nifedipina, Griseofulvina e Metildopa devido à ação sobre o aparelho cardiovascular20, tampouco com drogas antidepressivas. Pode haver potencialização da ação de medicamentos inibidores da Monoaminooxidase quando administrada concomitantemente com FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer).
-Contra-indicações
FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) está contra-indicado em pacientes com antecedentes de alergia21 a quaisquer constituintes da fórmula, em mulheres grávidas e amamentando. É contra-indicado também para pacientes22 que apresentem quadros de hipertensão23, taquicardia6, insônia e esquizofrenia24.
-Reações adversas/colaterais e alterações de exames laboratoriais
FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer) é bem tolerado. As reações adversas mais comuns são transtornos gastrintestinais leves e transitórios (náuseas5 e diarréias), insônia e taquicardia6 leve. Em mulheres observou-se casos de mastalgias devido às alterações hormonais. Seu uso é desaconselhado em pacientes com antecedentes de úlcera duodenal8, gastrite9 por refluxo, doença diverticular e quadros disentéricos. Não existem relatos de alterações em exames laboratoriais com o uso de FORTILAN (Extrato seco de Panax ginseng C.A. Meyer).
-Posologia
1 comprimido revestido ao dia.
-Superdosagem
Caso ocorra administração acidental proceder à lavagem gástrica25 e controle das funções vitais e suporte cardiorespiratório, caso necessário. Em 2 casos de superdosagem do extrato seco de ginseng foram relatados distúrbios da acomodação visual, midríase26 e sintomas27 sistêmicos28 que incluiram vertigens29, diminuição dos níveis de consciência associados com a hiperexcitabilidade dos nervos simpáticos. Procurar imediatamente o médico levando a bula do produto
-Pacientes idosos
Até o momento não existem relatos de reações adversas ou correção de dose em pacientes acima de 65 anos, porém devido sua ação cardiovascular seu uso deve ser feito com cautela.
-Informações ao paciente
O Ginseng é uma planta originária da China, Indochina, Koréia, Vietnam e Japão. O nome panax deriva do grego pan (tudo) e axos (cura), já a palavra Ginseng deriva do término Chinês



FORTILAN - Laboratório

ATIVUS
Rua Fonte Mécia, 2050 - São Pedro
Valinhos/SP - CEP: 13270-000
Tel: (19) 3849 8600
Site: http://www.ativus.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "ATIVUS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
2 Osmose: Fluxo do solvente de uma solução pouco concentrada, em direção a outra mais concentrada, que se dá através de uma membrana semipermeável.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
4 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
5 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
6 Taquicardia: Aumento da frequência cardíaca. Pode ser devido a causas fisiológicas (durante o exercício físico ou gravidez) ou por diversas doenças como sepse, hipertireoidismo e anemia. Pode ser assintomática ou provocar palpitações.
7 Mamas: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
8 Úlcera duodenal: Lesão na mucosa do duodeno – parte inicial do intestino delgado.
9 Gastrite: Inflamação aguda ou crônica da mucosa do estômago. Manifesta-se por dor na região superior do abdome, acidez, ardor, náuseas, vômitos, etc. Pode ser produzida por infecções, consumo de medicamentos (aspirina), estresse, etc.
10 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
11 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
12 Sistema cardiovascular: O sistema cardiovascular ou sistema circulatório sanguíneo é formado por um circuito fechado de tubos (artérias, veias e capilares) dentro dos quais circula o sangue e por um órgão central, o coração, que atua como bomba. Ele move o sangue através dos vasos sanguíneos e distribui substâncias por todo o organismo.
13 Endócrino: Relativo a ou próprio de glândula, especialmente de secreção interna; endocrínico.
14 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
15 Hipófise:
16 Adrenalina: 1. Hormônio secretado pela medula das glândulas suprarrenais. Atua no mecanismo da elevação da pressão sanguínea, é importante na produção de respostas fisiológicas rápidas do organismo aos estímulos externos. Usualmente utilizado como estimulante cardíaco, como vasoconstritor nas hemorragias da pele, para prolongar os efeitos de anestésicos locais e como relaxante muscular na asma brônquica. 2. No sentido informal significa disposição física, emocional e mental na realização de tarefas, projetos, etc. Energia, força, vigor.
17 Hormônio: Substância química produzida por uma parte do corpo e liberada no sangue para desencadear ou regular funções particulares do organismo. Por exemplo, a insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas que diz a outras células quando usar a glicose para energia. Hormônios sintéticos, usados como medicamentos, podem ser semelhantes ou diferentes daqueles produzidos pelo organismo.
18 Hipertrofia: 1. Desenvolvimento ou crescimento excessivo de um órgão ou de parte dele devido a um aumento do tamanho de suas células constituintes. 2. Desenvolvimento ou crescimento excessivo, em tamanho ou em complexidade (de alguma coisa). 3. Em medicina, é aumento do tamanho (mas não da quantidade) de células que compõem um tecido. Pode ser acompanhada pelo aumento do tamanho do órgão do qual faz parte.
19 Atrofia: 1. Em biologia, é a falta de desenvolvimento de corpo, órgão, tecido ou membro. 2. Em patologia, é a diminuição de peso e volume de órgão, tecido ou membro por nutrição insuficiente das células ou imobilização. 3. No sentido figurado, é uma debilitação ou perda de alguma faculdade mental ou de um dos sentidos, por exemplo, da memória em idosos.
20 Aparelho cardiovascular: O aparelho cardiovascular ou aparelho circulatório sanguíneo é formado por um circuito fechado de tubos (artérias, veias e capilares) dentro dos quais circula o sangue e por um órgão central, o coração, que atua como bomba. Ele move o sangue através dos vasos sanguíneos e distribui substâncias por todo o organismo.
21 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
22 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
23 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
24 Esquizofrenia: Doença mental do grupo das Psicoses, caracterizada por alterações emocionais, de conduta e intelectuais, caracterizadas por uma relação pobre com o meio social, desorganização do pensamento, alucinações auditivas, etc.
25 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.
26 Midríase: Dilatação da pupila. Ela pode ser fisiológica, patológica ou terapêutica.
27 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
28 Sistêmicos: 1. Relativo a sistema ou a sistemática. 2. Relativo à visão conspectiva, estrutural de um sistema; que se refere ou segue um sistema em seu conjunto. 3. Disposto de modo ordenado, metódico, coerente. 4. Em medicina, é o que envolve o organismo como um todo ou em grande parte.
29 Vertigens: O termo vem do latim “vertere” e quer dizer rodar. A definição clássica de vertigem é alucinação do movimento. O indivíduo vê os objetos do ambiente rodarem ao seu redor ou seu corpo rodar em relação ao ambiente.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre FORTILAN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.