EFEITOS COLATERAIS BERLISON

Atualizado em 18/05/2016

Em tratamentos prolongados (mais de 4 semanas) e(ou) tratamento de áreas maiores (mais de 10% da superfície corporal), bem como em caso de curativos oclusivos ou de regiões naturalmente úmidas e ocluídas, não se pode excluir a possibilidade de efeitos colaterais1 locais (como atrofia2 da pele3, telangiectasias4, estrias e quadros acneiformes) ou efeitos sistêmicos5 por absorção do corticóide. Também para recém-nascidos de mães que realizaram, durante a gravidez6 ou no período de amamentação7, tratamento de áreas maiores ou de longa duração deve-se considerar a possibilidade de efeitos secundários (ex.: diminuição da função do córtex supra-renal8 após uso durante as últimas semanas de gestação).

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
2 Atrofia: 1. Em biologia, é a falta de desenvolvimento de corpo, órgão, tecido ou membro. 2. Em patologia, é a diminuição de peso e volume de órgão, tecido ou membro por nutrição insuficiente das células ou imobilização. 3. No sentido figurado, é uma debilitação ou perda de alguma faculdade mental ou de um dos sentidos, por exemplo, da memória em idosos.
3 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
4 Telangiectasias: Dilatações permanentes da parede de um pequeno vaso sanguíneo localizado na derme.
5 Sistêmicos: 1. Relativo a sistema ou a sistemática. 2. Relativo à visão conspectiva, estrutural de um sistema; que se refere ou segue um sistema em seu conjunto. 3. Disposto de modo ordenado, metódico, coerente. 4. Em medicina, é o que envolve o organismo como um todo ou em grande parte.
6 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
7 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
8 Supra-renal:

Tem alguma dúvida sobre EFEITOS COLATERAIS BERLISON?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.