GRAVIDEZ E LACTAÇÃO GLYVENOL

Atualizado em 25/05/2016
Categoria C. (Estudos de reprodução1 em animais mostraram efeitos adversos em fetos, mas não há estudos adequados e bem controlados em humanos; contudo, os benefícios potenciais podem garantir o uso do fármaco2 em grávidas, apesar dos riscos potenciais).Não há estudos controlados disponíveis em animais e em mulheres grávidas. O produto deve, portanto, ser administrado somente se o benefício potencial superar o risco para o feto3.
Como qualquer medicamento, GLYVENOL deve ser empregado com cautela durante a gravidez4, especialmente nos três primeiros meses. Não há dados sobre a passagem da substância ativa para o leite materno. Os benefícios para a mãe devem, portanto, ser ponderados em relação aos possíveis riscos para o lactente5.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
2 Fármaco: Qualquer produto ou preparado farmacêutico; medicamento.
3 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
4 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
5 Lactente: Que ou aquele que mama, bebê. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).

Tem alguma dúvida sobre GRAVIDEZ E LACTAÇÃO GLYVENOL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.