NA GRAVIDEZ IMUNEN 50MG

Atualizado em 28/05/2016
Imunen não deverá ser ministrado na gravidez1 sem pesar muito bem os riscos versus os benefícios esperados.
Azatioprina mostrou ser mutagênico em animais machos e fêmeas. Anormalidades cromossômicas têm sido documentadas em pacientes sendo revertidos após descontinuação da droga. A Azatioprina é teratogênica2 em roedores.
A transmissão através da placenta tem sido observada no homem. Esta droga não deverá ser usada para o tratamento da artrite reumatóide3 em mulheres grávidas.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Teratogênica: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
3 Artrite reumatóide: Doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada por poliartrite periférica, simétrica, que leva à deformidade e à destruição das articulações por erosão do osso e cartilagem. Afeta mulheres duas vezes mais do que os homens e sua incidência aumenta com a idade. Em geral, acomete grandes e pequenas articulações em associação com manifestações sistêmicas como rigidez matinal, fadiga e perda de peso. Quando envolve outros órgãos, a morbidade e a gravidade da doença são maiores, podendo diminuir a expectativa de vida em cinco a dez anos.

Tem alguma dúvida sobre NA GRAVIDEZ IMUNEN 50MG?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.