CARACTERÍSTICAS COLCHIS 0,5 MG

Atualizado em 28/05/2016

A Colchicina é um alcalóide derivado do " colchicumautumnale" . O mecanismo exato de ação antigotosa é
desconhecido. A Colchicina aparentemente diminui a
motilidade leucocitária, a fagocitose1 e a produção de
ácido lático, diminuindo, deste modo o depósito de
cristais de urato e a resposta inflamatória resultante.

Pode também interferir com a formação de quininas e de
leucotrienos2.
A Colchicina não corrige a hiperuricemia. O efeito
antimitótico da Colchicina não está relacionado,
provavelmente, com sua ação antigotosa.

Antiosteolítico: A Colchicina atua inibindo a mitose das
células3 osteoprogenitoras e a atividade dos osteoclastos4
pré-existentes.

A Colchicina diminui a temperatura corporal, deprime o
centro respiratório5, contrai os vasos sangüíneos6 e causa
hipertensão7, estimulando o centro vasomotor.

Farmacocinética
A ligação às proteínas8 plasmáticas é baixa e o
metabolismo9 é hepático. O início da ação após a
primeira dose oral é de 12 horas e o T max é de 0,5 a 2
horas.
A concentração plasmática máxima (C max) é de 2,2
nanogramas por ml, após a administração oral de 2 mg.
O alívio do edema10 pode ocorrer em 72 horas ou mais.
A eliminação é principalmente biliar e de 10 a 20 %
renal11. A excreção renal11 pode estar aumentada em
pacientes com problemas hepáticos. Devido ao alto
grau de captação pelos tecidos, a eliminação da
Colchicina pode continuar por 10 dias ou mais, após
cessar a administração do produto.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Fagocitose: Processo de ingestão e destruição de partículas sólidas, como bactérias ou pedaços de tecido necrosado, por células ameboides chamadas de fagócitos.
2 Leucotrienos: É qualquer um dos metabólitos dos ácidos graxos poli-insaturados, especialmente o ácido araquidônico, que atua como mediador em processos alérgicos e inflamatórios.
3 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
4 Osteoclastos: Célula que garante a destruição do tecido ósseo.
5 Centro Respiratório:
6 Vasos sangüíneos: Órgãos em forma de tubos que se ramificam por todo o organismo. Existem três tipos principais de vasos sangüíneos que são as artérias, veias e capilares.
7 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
8 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
9 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
10 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
11 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.

Tem alguma dúvida sobre CARACTERÍSTICAS COLCHIS 0,5 MG?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.