CARACTERÍSTICAS FARMACOLÓGICAS MUSCUSAN COMPRIMIDOS REVESTIDOS

Atualizado em 28/05/2016
Muscusan (cloridrato de ciclobenzaprina) suprime o espasmo1 do músculo esquelético2 de origem local, sem interferir com a função muscular. A ação sobre a formação reticular3 reduz o tônus motor, influenciando o sistema motor gama e alfa. Diminui o tônus muscular4 aumentado do músculo esquelético2 sem afetar o Sistema Nervoso Central5 (SNC6) nem a consciência. O uso de Muscusan (cloridrato de ciclobenzaprina) em pessoas com enfermidades no Sistema Nervoso Central5, não é eficaz no alívio do espasmo1 muscular.A utilização de Muscusan (cloridrato de ciclobenzaprina) por períodos superiores a duas ou três semanas deve ser feita com o devido acompanhamento médico, mesmo porque, em geral, os espasmos7 musculares associados a processos músculoesqueléticos agudos e dolorosos são de curta duração.
Farmacocinética
Muscusan (cloridrato de ciclobenzaprina) é bem absorvido após administração oral. O metabolismo8 da droga é gastrointestinal ou hepático e a ligação às proteínas9 é elevada. A meia-vida é de 1 a 3 dias, e a ação tem início em aproximadamente 1 hora após a administração. O tempo até a concentração máxima é de 3 a 8 horas e a concentração plasmática máxima (Cmax) é de 15 a 25 nanogramas por mL, após uma dose única oral de 10 mg, sujeita a grandes variações individuais. A duração da ação é de 12 a 24 horas e a eliminação é metabólica, seguida de excreção renal10 dos metabólitos11 conjugados. Certa quantidade de Muscusan (cloridrato de ciclobenzaprina) inalterado é eliminada também por via biliar e fecal.
Tempo médio estimado para início da ação terapêutica12:
O medicamento tem início de ação em, aproximadamente, 1 hora após a administração.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Espasmo: 1. Contração involuntária, não ritmada, de um ou vários músculos, podendo ocorrer isolada ou continuamente, sendo dolorosa ou não. 2. Qualquer contração muscular anormal. 3. Sentido figurado: arrebatamento, exaltação, espanto.
2 Músculo Esquelético: Subtipo de músculo estriado fixado por TENDÕES ao ESQUELETO. Os músculos esqueléticos são inervados e seu movimento pode ser conscientemente controlado. Também são chamados de músculos voluntários.
3 Formação Reticular: Região que se extende da PONTE & MEDULA OBLONGA ao longo do MESENCÉFALO. Caracterizada por uma diversidade de neurônios de vários tamanhos e formatos, organizados em agregações distintas e distribuídos em uma complexa rede de fibras.
4 Tônus muscular: Estado de tensão elástica (contração ligeira) que o músculo apresenta em repouso e que lhe permite iniciar a contração imediatamente depois de receber o impulso dos centros nervosos. Num estado de relaxamento completo (sem tônus), o músculo levaria mais tempo para iniciar a contração.
5 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
6 SNC: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
7 Espasmos: 1. Contrações involuntárias, não ritmadas, de um ou vários músculos, podendo ocorrer isolada ou continuamente, sendo dolorosas ou não. 2. Qualquer contração muscular anormal. 3. Sentido figurado: arrebatamento, exaltação, espanto.
8 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
9 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
10 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
11 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
12 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.

Tem alguma dúvida sobre CARACTERÍSTICAS FARMACOLÓGICAS MUSCUSAN COMPRIMIDOS REVESTIDOS?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.