RESULTADO DE EFICÁCIA TRIFAMOX IBL 250 E 500 SUSPENSÃO

Atualizado em 28/05/2016


Em um estudo aberto realizado com 41 crianças com idade média de 2 anos e 1 mês apresentando pneumonia1 bacteriana que receberam tratamento de duração mínima de 10 dias, 26 pacientes receberam associação oral (TRIFAMOX IBL suspensão 250mg) e os outros 15 pacientes receberam medicação parenteral (TRIFAMOX IBL 500/250mg). Noventa e seis por cento dos germes isolados foram S. aureus e H. influenzae. Todos os pacientes apresentaram cura completa da patologia2.

Um estudo avaliou 226 pacientes com a associação de amoxicilina/sulbactam oral em doses fracionadas a cada 8 horas em pediatria (1mg/kg/dia), ginecologia (500/500mg) e clínica médica (500/500mg). Os pacientes pediátricos apresentavam infecções3 otorrinolaringológicas, dermatológicas, respiratórias e urinárias. Das 123 crianças analisadas, 98,8% apresentaram cura e apenas 1,6% dos pacientes apresentou intolerância severa, sendo obrigado a interromper o tratamento. Somente 5,7% do total dos pacientes avaliados no estudo apresentaram algum tipo de efeito colateral4 e em 0,2% houve a suspensão do tratamento. De todas as respostas obtidas, a falha terapêutica5 foi observada em apenas 1% dos casos.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Pneumonia: Inflamação do parênquima pulmonar. Sua causa mais freqüente é a infecção bacteriana, apesar de que pode ser produzida por outros microorganismos. Manifesta-se por febre, tosse, expectoração e dor torácica. Em pacientes idosos ou imunodeprimidos pode ser uma doença fatal.
2 Patologia: 1. Especialidade médica que estuda as doenças e as alterações que estas provocam no organismo. 2. Qualquer desvio anatômico e/ou fisiológico, em relação à normalidade, que constitua uma doença ou caracterize determinada doença. 3. Por extensão de sentido, é o desvio em relação ao que é próprio ou adequado ou em relação ao que é considerado como o estado normal de uma coisa inanimada ou imaterial.
3 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
4 Efeito colateral: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
5 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.

Tem alguma dúvida sobre RESULTADO DE EFICÁCIA TRIFAMOX IBL 250 E 500 SUSPENSÃO?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.