COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA MONTELAIR SACHÊ

Atualizado em 28/05/2016
Montelair é um antagonista1 do receptor de leucotrienos2 que bloqueia as substâncias
chamadas leucotrienos2. Os leucotrienos2 causam estreitamento e inchaço3 das vias aéreas dos seus pulmões4. Os leu cotrienos também causam sintomas5 alérgicos. O bloqueio da ação dos leucotrienos2 melhora os sintomas5 de asma6 e rinite7 alérgica e ajuda a evitar as crises de asma6.
Informações sobre as doenças
O que é asma6?

A asma6 é uma doença crônica dos pulmões4.
Ela não pode ser curada - somente controlada. A asma6 apresenta as seguintes características:
•  estreitamento das vias aéreas, o que dificulta a respiração. Esse estreitamento piora ou melhora em resposta a várias condições;
•  inflamação8 das vias aéreas, isto é, as vias aéreas se tornam inchadas;
•  sensibilidade das vias aéreas a vários estímulos, como fumaça de cigarro, pólen ou ar frio.
Os sintomas5 de asma6 são tosse, chiado e aperto no peito9. Nem todas as pessoas com asma6 apresentam chiado. Para alguns, a tosse pode ser o único sintoma10 da asma6.
Os sintomas5 frequentemente ocorrem durante a noite ou após exercício físico.
O que é asma6 induzida por exercício?

A asma6 induzida por exercício, mais conhecida como broncoconstrição induzida por exercício (BIE), ocorre quando os sintomas5 de asma6 são desencadeados pelo exercício.
O que eu faço para saber se eu tenho asma6?
Seu médico irá determinar se você tem asma6, com base nos seus sintomas5 e/ou sua capacidade de expulsar ar para fora de seus pulmões4. Seu médico pode usar um equipamento chama do medidor de pico de fluxo ou espirômetro para testar sua função pulmonar.
O tratamento pode controlar a asma6. É importante tratar a asma6, mesmo que os sintomas5 sejam leves, a fim de impedir que piorem.
Como posso tratar a asma6?
Para ajudar a evitar os sintomas5 da asma6 e melhorar a sua respiração você deve, em conjunto com seu médico:
•  planejar maneiras de evitar ou reduzir o contato com condições que podem desencadear os episódios de asma6 (por exemplo, fumo - inclusive fumo passivo -, ácaros da poeira domiciliar, baratas, fungos, pólen, pelos de animais, alteração de clima e temperatura e infecções11 das vias aéreas superiores, tais como resfriados).
•  desenvolver um plano de tratamento para melhor controle da asma6.
O que é rinite7 alérgica?
A rinite7 alérgica pode ser provocada por alérgenos12 externos, como pólen em suspensão no ar proveniente de árvores, grama13 e outras plantas, ou pode ser provocada por fatores alérgenos12 domésticos, como ácaros de poeira, pelos de animais e/ou fungos. Os sintomas5 diurnos e no turnos da rinite7 alérgica tipicamente incluem:
•  congestão, coriza14, coceira nasal;
•  espirros;
•  lacrimejamento, inchaço3, vermelhidão e coceira dos olhos15.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Antagonista: 1. Opositor. 2. Adversário. 3. Em anatomia geral, que ou o que, numa mesma região anatômica ou função fisiológica, trabalha em sentido contrário (diz-se de músculo). 4. Em medicina, que realiza movimento contrário ou oposto a outro (diz-se de músculo). 5. Em farmácia, que ou o que tende a anular a ação de outro agente (diz-se de agente, medicamento etc.). Agem como bloqueadores de receptores. 6. Em odontologia, que se articula em oposição (diz-se de ou qualquer dente em relação ao da maxila oposta).
2 Leucotrienos: É qualquer um dos metabólitos dos ácidos graxos poli-insaturados, especialmente o ácido araquidônico, que atua como mediador em processos alérgicos e inflamatórios.
3 Inchaço: Inchação, edema.
4 Pulmões: Órgãos do sistema respiratório situados na cavidade torácica e responsáveis pelas trocas gasosas entre o ambiente e o sangue. São em número de dois, possuem forma piramidal, têm consistência esponjosa e medem cerca de 25 cm de comprimento. Os pulmões humanos são divididos em segmentos denominados lobos. O pulmão esquerdo possui dois lobos e o direito possui três. Os pulmões são compostos de brônquios que se dividem em bronquíolos e alvéolos pulmonares. Nos alvéolos se dão as trocas gasosas ou hematose pulmonar entre o meio ambiente e o corpo, com a entrada de oxigênio na hemoglobina do sangue (formando a oxiemoglobina) e saída do gás carbônico ou dióxido de carbono (que vem da célula como carboemoglobina) dos capilares para o alvéolo.
5 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
6 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
7 Rinite: Inflamação da mucosa nasal, produzida por uma infecção viral ou reação alérgica. Manifesta-se por secreção aquosa e obstrução das fossas nasais.
8 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
9 Peito: Parte superior do tronco entre o PESCOÇO e o ABDOME; contém os principais órgãos dos sistemas circulatório e respiratório. (Tradução livre do original
10 Sintoma: Qualquer alteração da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. O sintoma é a queixa relatada pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
11 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
12 Alérgenos: Substância capaz de provocar reação alérgica em certos indivíduos.
13 Grama: 1. Designação comum a diversas ervas da família das gramíneas que formam forrações espontâneas ou que são cultivadas para criar gramados em jardins e parques ou como forrageiras, em pastagens; relva. 2. Unidade de medida de massa no sistema c.g.s., equivalente a 0,001 kg . Símbolo: g.
14 Coriza: Inflamação da mucosa das fossas nasais; rinite, defluxo.
15 Olhos:

Tem alguma dúvida sobre COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA MONTELAIR SACHÊ?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.