BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos

Resultados encontrados para Trauma Craniano:

FENTANEST 0,05MG/ML-50etj.2ml

O FENTANEST deve ser administrado com cautela em pacientes com maior risco de depressão respiratória como aqueles em estado de coma por trauma craniano ou tumor cerebral. O uso do FENTANEST não está estabelecido ainda com segurança em crianças e mulheres grávidas. A dose inicial de FENTANEST deve ser reduzida em pacientes idosos e debilitados. - [Mais...]

ANANGOR

Trate esses casos como superdosagem. Se naloxone deve ser administrado, use cautela pois pode precipitar convulsões (veja ADVERTÊNCIAS, risco de convulsão e SUPERDOSAGEM). Trauma craniano e hipertensão intracraniana ANANGOR® (Tramadol cloridrato) deve ser usado com cuidado em pacientes com trauma craniano ou hipertensão intracraniana. - [Mais...]

NILPERIDOL-50ap. 2ml:

NILPERIDOL® deve ser administrado com cautela, particularmente em pacientes com maior risco de depressão respiratória, como aqueles em estado de coma por trauma craniano ou tumor cerebral. O Citrato de Fentanila, o componente analgésico narcótico de NILPERIDOL®, pode produzir droga-dependência do tipo morfínico. Interações Medicamentosas de Nilperidol-50Ap. - [Mais...]

Tylex

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Tylex paracetamol + fosfato de codeína Comprimido APRESENTAÇÕES Comprimidos de 500 mg de paracetamol e 7,5 mg de fosfato de codeína em embalagens com 12 comprimidos Comprimidos de 500 mg de paracetamol e 30 mg de fosfato de codeína em embalagens com 12, 24 e 36 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 12 ANOS COMPOSIÇÃO Cada comprimido de Tylex 7,5 mg contém: paracetamol 500 mg fosfato de codeína 7,5 mg Cada comprimido de Tylex 30 mg contém: ... - [Mais...]

Ultracet

A administração de tramadol pode aumentar o risco de convulsão em pacientes tomando inibidores da monoaminaoxidase (MAO), neurolépticos ou outros fármacos que reduzem o limiar convulsivo. O risco de convulsões também pode estar aumentado em pacientes com epilepsia, aqueles com história de convulsões ou em pacientes com risco reconhecido para convulsões [tais como trauma craniano, distúrbios metabólicos, abstinência de álcool ou drogas, infecções do Sistema Nervoso Central (SNC)]. Na superdose de tramadol, a administração de naloxona pode aumentar o risco de convulsão. - [Mais...]

FENTANEST 0,05MG/ML-25fr.10ml

O FENTANEST deve ser administrado com cautela em pacientes com maior risco de depressão respiratória como aqueles em estado de coma por trauma craniano ou tumor cerebral. O uso do FENTANEST não está estabelecido ainda com segurança em crianças e mulheres grávidas. A dose inicial de FENTANEST deve ser reduzida em pacientes idosos e debilitados. - [Mais...]

FENTANEST 0,05MG/ML-25ap 5ml

O FENTANEST deve ser administrado com cautela em pacientes com maior risco de depressão respiratória como aqueles em estado de coma por trauma craniano ou tumor cerebral. O uso do FENTANEST não está estabelecido ainda com segurança em crianças e mulheres grávidas. A dose inicial de FENTANEST deve ser reduzida em pacientes idosos e debilitados. - [Mais...]

Fosfato Dissódico de Dexametasona (Injetável)

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO fosfato dissódico de dexametasona Solução injetável Medicamento Genérico, Lei n . 9.787, de 1999 APRESENTAÇÃO Solução injetável 2 mg/mL: caixa com 50 ampolas de 1 mL Solução injetável 4 mg/mL: caixa com 50 ampolas de 2,5 mL USO ADULTO E PEDIÁTRICO VIA DE ADMINISTRAÇÃO: INTRAMUSCULAR / INTRAVENOSA COMPOSIÇÃO Cada mL de solução injetável 2 mg/mL contém: fosfato dissódico de dexametasona (equivalente a 2 mg de fosfato de dexametasona) 2,19 mg excipientes q.s.p 1 ... - [Mais...]

Fentanil

Em tais pacientes, a diminuição transitória na pressão arterial média tem sido esporadicamente acompanhada por uma redução de curta duração na pressão de perfusão cerebral. Fentanil deve ser administrado com cautela, particularmente em pacientes com maior risco de depressão respiratória como aqueles em estado de coma por trauma craniano ou tumor cerebral. Nestes pacientes, a redução transiente da pressão arterial média tem sido, ocasionalmente, acompanhada por uma redução breve na pressão de perfusão cerebral. - [Mais...]

  • Entrar
  • Cadastrar