MUCIBRON

MEDLEY

Atualizado em 09/12/2014

Mucibron
Ambroxol,
cloridrato

Formas Farmacêuticas e Apresentações de Mucibron

Xarope adulto: frasco com 100 ml.
Xarope pediátrico: frasco com 100 ml.

USO PEDIÁTRICO OU ADULTO

Composições de Mucibron

Mucibron xarope pediátrico - cada ml contém:
Ambroxol (na forma de cloridrato)    ....................3 mg
Veículo q.s.p    ....................1 ml
(açúcar1, citrato de sódio, sacarina2 ácida, metilparabeno, propilparabeno, álcool etílico, ácido cítrico monoidratado, essência, corante e água deionizada)

Mucibron xarope adulto - cada ml contém:
Ambroxol (na forma de cloridrato)    ....................6 mg
Veículo q.s.p.    ....................1 ml
(açúcar1, citrato de sódio, metilparabeno, propilparabeno, álcool etílico, ácido cítrico monoidratado, essência e água deionizada)

Informações ao Paciente de Mucibron

·    Ação esperada do medicamento: Mucibron é um medicamento que torna as secreções pulmonares mais líquidas. O seu efeito inicia-se logo nos primeiros dias de tratamento, promovendo a fluidificação e facilitando a expectoração3 das secreções das vias respiratórias.
·    Cuidados de armazenamento: Mucibron deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15 e 30 ºC) e ao abrigo da luz.
·    Prazo de validade: Não use o medicamento se o seu prazo de validade estiver vencido, o que pode ser verificado na embalagem externa do produto.
·    Gravidez4 e lactação5: Mucibron só deve ser usado durante o primeiro trimestre da gravidez4 sob orientação médica. O uso do produto durante a amamentação6 deve ser feito somente sob cuidados médicos. Informe seu médico a ocorrência de gravidez4 durante o tratamento ou após o seu término, e se estiver amamentando.
·    Cuidados de administração: Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
·    Interrupção do tratamento: Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
·    Reações adversas: Efeitos adversos com o uso de Mucibron são raros. Porém, informe seu médico se ocorrerem reações desagradáveis.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

·    Contra-indicações e Precauções: Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE7.

Informações Técnicas de Mucibron

Mucibron é um eficaz secretolítico e secretomotor.
Corrige a produção de muco, normaliza sua viscosidade8, agindo sobre as fibras mucopolissacárides ácidas e estimula a secreção reativando a função mucociliar9.
Mucibron estimula principalmente a produção do surfactante pulmonar pelas células10 de clara e pelos pneumócitos tipo II, o que reduz a adesividade do muco, melhora a expectoração3 e normaliza a ventilação11 alveolar, restabelecendo a função respiratória.

Indicações de Mucibron

Afecções12 agudas e crônicas das vias respiratórias que requeiram tratamento secretolítico, incluindo bronquites aguda e crônica, enfisematosa e asmática, traquobronquites, otites13, sinusites, sintomas14 gripais, pneumopatias inflamatórias, bronquiectasias e pneumoconiose15.

Indicações Complementares de Mucibron

Para facilitar a expulsão de esputo, para fins diagnósticos e para acelerar a expectoração3 de líquidos intrabrônquicos (por exemplo, soluções de contraste).

Contra-Indicações de Mucibron

Mucibron é contra-indicado à pacientes com história conhecida de hipersensibilidade ao ambroxol.

Precauções de Mucibron

Não se recomenda o uso de Mucibron durante o primeiro trimestre da gravidez4, embora os estudos realizados até o momento não tenham demonstrado qualquer efeito mutagênico ou teratogênico16.

Interações Medicamentosas de Mucibron

Mucibron pode ser administrado simultaneamente com outros fármacos. Isto é válido, sobretudo, para medicamentos que fazem parte da terapêutica17 rotineira de pacientes portadores de afecções12 broncopulmonares (por exemplo, corticosteróides, broncoespasmolíticos e antibióticos).

Reações Adversas de Mucibron


De um modo geral, a tolerabilidade de Mucibron é boa. Em casos isolados foram referidos ligeiros transtornos gastrointestinais. Reações alérgicas são extremamente raras.

Posologia de Mucibron

Adultos de Mucibron

Xarope adulto: ½ copo medida (5 ml), 3 vezes ao dia.

Crianças Até 2 Anos de Mucibron

Xarope pediátrico: ¼ copo medida (2,5 ml), 2 vezes ao dia.

Crianças de 2 a 5 Anos de Mucibron

Xarope pediátrico: ¼ copo medida (2,5 ml), 3 vezes ao dia.

Crianças com Mais de 5 Anos de Mucibron

Xarope pediátrico: ½ copo medida (5 ml), 3 vezes ao dia.

Recomendações Especiais de Uso de Mucibron

Aconselha-se o uso das doses indicadas durante os primeiros três dias de tratamento reduzindo-se à metade nos dias subseqüentes.
As doses infantis de uso oral devem equivaler a 1,2 mg-1,6 mg/kg de peso corporal.

Superdosagem de Mucibron


Até o momento desconhecem-se manifestações de intoxicação por superdosagem de Mucibron no homem.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

MUCIBRON - Laboratório

MEDLEY
Rua Macedo Costa, 55
Campinas/SP - CEP: 13080-180
Tel: (19 )744-8324
Fax: (019) 744-8227
Site: http://www.medley.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "MEDLEY"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
2 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
3 Expectoração: Ato ou efeito de expectorar. Em patologia, é a expulsão, por meio da tosse, de secreções provenientes da traqueia, brônquios e pulmões; escarro.
4 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
5 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
6 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
7 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
8 Viscosidade: 1. Atributo ou condição do que é viscoso; viscidez. 2. Resistência que um fluido oferece ao escoamento e que se deve ao movimento relativo entre suas partes; atrito interno de um fluido.
9 Mucociliar: O aparelho mucociliar tem como principal função a remoção de partículas ou substâncias potencialmente agressivas ao trato respiratório através do transporte pelos cílios, ou alternativamente, pela tosse e espirro, nos quadros de hiperprodução de muco, como rinite alérgica, rinossinusites, bronquite crônica, fibrose cística e asma.
10 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
11 Ventilação: 1. Ação ou efeito de ventilar, passagem contínua de ar fresco e renovado, num espaço ou recinto. 2. Agitação ou movimentação do ar, natural ou provocada para estabelecer sua circulação dentro de um ambiente. 3. Em fisiologia, é o movimento de ar nos pulmões. Perfusão Em medicina, é a introdução de substância líquida nos tecidos por meio de injeção em vasos sanguíneos.
12 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
13 Otites: Toda infecção do ouvido é chamada de otite.
14 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
15 Pneumoconiose: Reação fibrosa crônica dos pulmões à inalação de poeiras, marcada especialmente por perda da expansibilidade, fibrose e pigmentação. Ela recebe nomes diversos segundo o tipo de poeira inalada.
16 Teratogênico: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
17 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.

Tem alguma dúvida sobre MUCIBRON?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.