TRAVOGYN

ATIVUS

Atualizado em 09/12/2014

    Travogyn  Tioconazol + Tinidazol
        
- FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES  Creme vaginal - caixa com 7 aplicadores descartáveis pré-envasados de 5 g.  
USO ADULTO  

Composição   de Travogyn

Creme Vaginal: Cada 5 g de creme contém:  Tioconazol 100 mg  Tinidazol 150 mg  Veículo: Base Neutra Hidrossolúvel, Álcool Cetílico, Metilparabeno, Propilparabeno, Água Destilada, Cloreto de Benzalcônio e Propilenoglicol.  

- INFORMAÇÕES AO PACIENTE  TRAVOGYN (Tioconazol / Tinidazol) é efetivo para o tratamento de afecções1 causadas por diversos microrganismos causadores de infecções2 vaginais, entre eles: Candida, Trichomonas e Gardnerella.  Cuidados na Conservação: O medicamento deve ser conservado ao abrigo do calor excessivo, da umidade, da luz e em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C).  Prazo de validade: 24 meses após a data de fabricação.  Verifique o prazo de validade no cartucho  Não utilize medicamentos com o prazo de validade vencido.  Conduta na gravidez3 e lactação4: TRAVOGYN (Tioconazol / Tinidazol) é contra-indicado no primeiro trimestre de gravidez3 e durante a lactação4. Durante o segundo e terceiro trimestre de gravidez3, o mesmo só poderá ser administrado exclusivamente a critério médico. Informe seu médico a ocorrência de gravidez3 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se estiver amamentando.  
- CUIDADOS NA ADMINISTRAÇÃO:
TRAVOGYN
(Tioconazol / Tinidazol) deve ser aplicado profundamente na vagina5, de preferência fora do período menstrual, de acordo com as instruções de uso. Os componentes da fórmula podem ser incompatíveis com preservativos de látex e/ou diafragmas, portanto deve-se evitar a utilização concomitante destes. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.  Modo de Usar  1. Rasgue o envelope.  2. Retire a tampa e coloque o êmbolo6 na extremidade oposta.  3. Coloque o aplicador até o fundo da vagina5 e empurre o êmbolo6 até o final.  4. Despreze o aplicador e guarde o êmbolo6 até o final do tratamento.  

Reações Adversas de Travogyn

Apesar da associação Tioconazol / Tinidazol ser muito bem tolerada, as reações mais comumente relatadas são: reações alérgicas, vermelhidão ou prurido7 local e queimação urinária.  Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.  TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.  Uso concomitante com outras substâncias: Durante o tratamento e após 3 dias de seu término, deve-se suprimir o consumo de bebidas alcóolicas.  
- CONTRA-INDICAÇÕES:
TRAVOGYN
(Tinidazol / Tioconazol) está contra-indicado para gestantes no primeiro trimestre de gravidez3, lactantes8 e crianças. Informar seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.  NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE9  

- INFORMAÇÕES TÉCNICAS  
O Tioconazol é um derivado do imidazol, com ação fungistática-fungicida contra algumas bactérias. Seu mecanismo de ação é duplo, já que em baixas concentrações desenvolve um efeito fungistático que se relaciona com a inibição da biosíntese do ergosterol, o que gera a desorganização da membrana celular10 e a alteração de seu funcionamento. Em troca, em concentrações elevadas, atua como um potente fungicida por ação direta sobre a parede celular.  O Tioconazol é um agente antifúngico sintético de amplo espectro que "in vitro" apresenta ação fungicida contra leveduras e dermatófitos11 e tem atividade contra : Trichomonas vaginalis, Gardnerella vaginalis, Bacteroides sp e algumas bactérias Gram-positivas, incluindo Staphylococcus e Streptococcus sp. É eficiente, também contra Candida albicans e C. Glabrata.  O Tinidazol é ativo contra protozoários12 e contra bactérias anaeróbias obrigatórias. A atividade antiprotozoária inclui Trichomonas vaginalis, Entamoeba histolytica e Giardia lamblia. É eficiente, também, contra Gardnerella vaginalis e a maioria das bactérias anaeróbias como : Bacteroides fragilis, Bacteroides melaminogenicus, Bacteroides sp, Clostridium sp, Eubacterium sp, Peptostreptococcus sp e Veillonella sp.  
- Farmacocinética:
O Tinidazol apresenta uma concentração plasmática de aproximadamente 40 mg/ml, que é obtida após 2 horas de administração de uma dose simples de 2 g. A meia-vida de eliminação é de 12 à 14 horas. Distribui-se amplamente, encontrando-se concentrações similares à plasmática na bile13, leite materno, líquido cefalorraquidiano14, saliva e outros tecidos. Atravessa a barreira placentária.  A absorção sistêmica do Tioconazol é insignificante por via tópica ou intravaginal. A sua absorção dérmica é muito baixa, dado que o pico de concentração plasmática é alcançado após 12 horas. Os níveis séricos são inferiores à 5 - 14 µg/ml com o creme vaginal.  Com relação ao Tinidazol, a droga sem alterações e seus metabólitos15 se excretam pela urina16 e, em menor quantidade, pelas fezes. Para o Tioconazol, a quantidade total de metabólitos15 reconhecidos na urina16 ( 3%) e fezes ( 17% ) é escassa.  
- Indicações:  
TRAVOGYN
(Tioconazol / Tinidazol) é indicado no tratamento de vulvovaginites causadas por Candida, Trichomonas e Gardnerella, isoladas ou mistas.  
- Contra-indicações:  
TRAVOGYN
(Tioconazol / Tinidazol) é contra-indicado para pacientes17 com hipersensibilidade a agentes antimicrobianos imidazólicos ou a quaisquer componentes da fórmula.  Com relação ao Tinidazol, está contra-indicado, para pacientes17 com discrasia sangüínea; doenças do SNC18; durante os primeiros trimestres de gravidez3 e nutrizes19 durante o período neonatal.  
- Interações medicamentosas:
A ingestão de bebidas alcóolicas é incompatível com o uso de medicamentos contendo Tinidazol, visto que o mesmo exibe um efeito semelhante ao dissulfiram ( inibidor da aldeído-desidrogenase ), dando lugar a reações como náuseas20, vômitos21, cólicas22 abdominais e rubor.  
- Reações adversas:
Os efeitos adversos mais comuns são reações alérgicas e sensação de queimação local. Outros efeitos relatados foram: "rush" cutâneo23; urticária24; prurido7; corrimento; eritema25; queimação urinária; edema26 dos membros inferiores e irritação local. Efeitos adversos relativos ao Tinidazol podem ocorrer, tais como : gastrintestinais, neurológicos, leucopenia27 e neutropenia28 transitórias. Assim sendo, recomenda-se a contagem de leucócitos29 total e diferencial antes e após o tratamento prolongado. Na ocorrência de distúrbios neurológicos o tratamento deverá ser descontinuado. Outros efeitos adversos raramente observados são cefaléia30, cansaço e urina16 escura.  

Posologia de Travogyn

 O creme vaginal deve ser aplicado à noite, antes de dormir, durante 7 dias consecutivos ou durante 3 dias consecutivos, com aplicações de duas vezes ao dia.  As aplicações devem ser feitas fora do período menstrual.  Para a realização das aplicações deve-se utilizar corretamente os aplicadores descartáveis pré-envasados, como explicado nas instruções de uso.  
- Superdosagem:
Até o momento, não foram relatados casos de superdosagem com creme vaginal de Tioconazol / Tinidazol.  Advertência e Recomendações para Pacientes17 com Idade Superior a 65 Anos: Em idosos, não há necessidade do ajuste de dosagem visto que as doses terapêuticas são ajustadas individualmente.  
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA         

TRAVOGYN - Laboratório

ATIVUS
Rua Fonte Mécia, 2050 - São Pedro
Valinhos/SP - CEP: 13270-000
Tel: (19) 3849 8600
Site: http://www.ativus.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "ATIVUS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
2 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
4 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
5 Vagina: Canal genital, na mulher, que se estende do ÚTERO à VULVA. (Tradução livre do original
6 Êmbolo: 1. Cilindro ou disco que se move em vaivém no interior de seringas, bombas, etc. 2. Na engenharia mecânica, é um cilindro metálico deslizante que recebe um movimento de vaivém no interior de um cilindro de motor de combustão interna. 3. Em artes gráficas, é uma haste de ferro com um cilindro, articulada para comprimir e lançar o chumbo ao molde. 4. Em patologia, é um coágulo ou outro tampão trazido pela corrente sanguínea a partir de um vaso distante, que obstrui a circulação ao ser forçado contra um vaso menor. 5. Na anatomia zoológica, nas aranhas, é um prolongamento delgado no ápice do aparelho copulador masculino.
7 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
8 Lactantes: Que produzem leite; que aleitam.
9 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
10 Membrana Celular: Membrana seletivamente permeável (contendo lipídeos e proteínas) que envolve o citoplasma em células procarióticas e eucarióticas.
11 Dermatófitos: Qualquer fungo microscópico que parasita a pele, as unhas ou os pelos.
12 Protozoários: Filo do reino animal, de classificação suplantada, que reunia uma grande parcela dos seres unicelulares que possuem organelas celulares envolvidas por membrana. Atualmente, este grupo consiste em muitos e diferentes filos unicelulares incorporados pelo reino protista.
13 Bile: Agente emulsificador produzido no FÍGADO e secretado para dentro do DUODENO. Sua composição é formada por s ÁCIDOS E SAIS BILIARES, COLESTEROL e ELETRÓLITOS. A bile auxilia a DIGESTÃO das gorduras no duodeno.
14 Líquido cefalorraquidiano: Líquido cefalorraquidiano (LCR), também conhecido como líquor ou fluido cérebro espinhal, é definido como um fluido corporal estéril, incolor, encontrado no espaço subaracnoideo no cérebro e na medula espinhal (entre as meninges aracnoide e pia-máter). Caracteriza-se por ser uma solução salina pura, com baixo teor de proteínas e células, atuando como um amortecedor para o córtex cerebral e a medula espinhal. Possui também a função de fornecer nutrientes para o tecido nervoso e remover resíduos metabólicos do mesmo. É sintetizado pelos plexos coroidais, epitélio ventricular e espaço subaracnoideo em uma taxa de aproximadamente 20 mL/hora. Em recém-nascidos, este líquido é encontrado em um volume que varia entre 10 a 60 mL, enquanto que no adulto fica entre 100 a 150 mL.
15 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
16 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
17 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
18 SNC: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
19 Nutrizes: Mulheres que amamentam; amas de leite; que alimentam.
20 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
21 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
22 Cólicas: Dor aguda, produzida pela dilatação ou contração de uma víscera oca (intestino, vesícula biliar, ureter, etc.). Pode ser de início súbito, com exacerbações e períodos de melhora parcial ou total, nos quais o paciente pode estar sentindo-se bem ou apresentar dor leve.
23 Cutâneo: Que diz respeito à pele, à cútis.
24 Urticária: Reação alérgica manifestada na pele como elevações pruriginosas, acompanhadas de vermelhidão da mesma. Pode afetar uma parte ou a totalidade da pele. Em geral é autolimitada e cede em pouco tempo, podendo apresentar períodos de melhora e piora ao longo de vários dias.
25 Eritema: Vermelhidão da pele, difusa ou salpicada, que desaparece à pressão.
26 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
27 Leucopenia: Redução no número de leucócitos no sangue. Os leucócitos são responsáveis pelas defesas do organismo, são os glóbulos brancos. Quando a quantidade de leucócitos no sangue é inferior a 6000 leucócitos por milímetro cúbico, diz-se que o indivíduo apresenta leucopenia.
28 Neutropenia: Queda no número de neutrófilos no sangue abaixo de 1000 por milímetro cúbico. Esta é a cifra considerada mínima para manter um sistema imunológico funcionando adequadamente contra os agentes infecciosos mais freqüentes. Quando uma pessoa neutropênica apresenta febre, constitui-se uma situação de “emergência infecciosa”.
29 Leucócitos: Células sangüíneas brancas. Compreendem tanto os leucócitos granulócitos (BASÓFILOS, EOSINÓFILOS e NEUTRÓFILOS) como os não granulócitos (LINFÓCITOS e MONÓCITOS). Sinônimos: Células Brancas do Sangue; Corpúsculos Sanguíneos Brancos; Corpúsculos Brancos Sanguíneos; Corpúsculos Brancos do Sangue; Células Sanguíneas Brancas
30 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).

Tem alguma dúvida sobre TRAVOGYN?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.