HALOG

B-MS

Atualizado em 08/12/2014

Composição de Halog

HALOG POMADA A 0,1% E 0,025% CONTEM O CORTICOSTEROIDE SINTETICO ATIVO, HALCINONIDA. CADA GRAMA1 DE HALOG POMADA A 0,1% E 0,025% CONTEM 1 MG E 0,025 MG DE HALCINONIDA RESPECTIVAMENTE, EM PLASTIBASE (GEL DE PETROLATO E POLIETILENO) COM POLIETILENOGLICOL 400, DIESTEARATO DE POLIETILENOGLICOL 6000, POLIETILENOGLICOL 540 HIDROXITOLUENO BUTILADO.

Posologia e Administração de Halog

APLICAR HALOG POMADA A 0,1% OU 0,025% NA AREA AFETADA DUAS OU TRES VEZES AO DIA. FRICCIONA-LAS SUAVEMENTE NA AREA AFETADA.

Precauções de Halog

NA PRESENCA DE INFECCAO2 LOCAL, TERAPIA ANTIMICROBIANA OU ANTIFUNGICA ADEQUADAS, DEVEM SER ADMINISTRADAS CONCOMI-TANTEMENTE. SE NAO OCORRER PRONTAMENTE RESPOSTA FAVORAVEL, DEVE-SE INTERROMPER A APLICACAO DE CORTICOSTEROIDE ATE QUE A INFECCAO2 SEJA DEBELADA COM MEDIDAS APROPRIADAS. EMBORA OS EFEITOS COLATERAIS3 SISTEMICOS4, ASSOCIADOS A ABSORCAO DE PREPARADOS CORTICOSTEROIDES SEJAM RAROS, SUA POSSIVEL OCORRENCIA DEVE SER LEVADA EM CONSIDERACAO, PARTICULARMENTE NOS CASOS EM QUE SE APLICAM ESTES PREPARADOS EM AREAS EXTENSAS OU POR UM PERIODO PROLONGADO. A APLICACAO DO PRODUTO DEVE SER INTERROMPIDA, CASO HAJA DESENVOLVIMENTO DE IRRITACAO OU SENSIBILIZACAO, DEVENDO ENTAO SER INICIADAS OUTRAS MEDIDAS TERAPEUTICAS. EMBORA EFEITOS ADVERSOS DESENCADEADOS PELOS CORTICOSTEROIDES TOPICOS DURANTE A GESTACAO NAO TENHAM SIDO RELATADOS, A SEGURANCA DE SEU USO DURANTE A GRAVIDEZ5 NAO FOI AINDA ABSOLUTAMENTE ESTABELECIDA; PORTANTO, NAO DEVEM SER USADOS EM GRANDE QUANTIDADE E EM AREAS EXTENSAS POR PERIODOS PROLONGADOS.

Reações Adversas de Halog

AS SEGUINTES REACOES ADVERSAS LOCAIS TEM SIDO RELATADAS COM OS ESTEROIDES TOPICOS: SENSACAO DE QUEIMACAO, PRURIDO6, IRRITACAO, ESTRIAS, ATROFIA7 CUTANEA8, INFECCAO2 SECUNDARIA, SECURA, FOLICULITE, HIPERTRICOSE9, ERUPCOES ACNEIFORMES E HIPOPIGMENTACAO. AS SEGUINTES REACOES ADVERSAS PODEM OCORRER MAIS FREQUENTEMENTE COM OS PENSOS OCLUSIVOS: MACERACAO DA PELE10, INFECCAO2 SECUNDARIA, ATROFIA7 CUTANEA8, ESTRIAS E MILIARIA. SENSIBILIDADE DE CONTATO A UM DETERMINADO MATERIAL, ADESIVO OU OCLUSIVO PODE EVENTUALMENTE OCORRER. (VIDE PRECAUCOES).

Contra-Indicações de Halog

OS CORTICOSTEROIDES TOPICOS SAO CONTRA-INDICADOS NAS LESOES11 TUBERCULOSAS E NA MAIORIA DAS AFECCOES12 CUTANEAS13 CAUSADAS POR VIRUS14 (INCLUINDO VACINIA E VARICELA15), E NAO DEVE USAR O PRODUTO EM PACIENTES COM ANTECEDENTES DE HIPERSENSIBILIDADE A QUALQUER UM DE SEUS COMPONENTES. HALOG POMADA A 0,1% E A 0,025% NAO SE DESTINAM AO USO OFTALMICO, NEM DEVEM SER APLICADAS NO CONDUTO AUDITIVO EXTERNO DE PACIENTES COM PERFURACAO TIMPANICA.

Indicações de Halog

DESTINAM-SE A APLICACAO TOPICA COMO TERAPEUTICA16 COADJUVANTE17 E COMO ALIVIO SINTOMATICO18 DE DERMATOSES AGUDAS E CRONICAS SUSCETIVEIS A CORTICOSTEROIDES INCLUINDO AFECCOES12, TAIS COMO DERMATITE19 ATOPICA, DERMATITE19 DE CONTATO, NEURODERMATITE (LIQUEN SIMPLES CRONICO20), DERMATITE19 ECZEMATOSA, ECZEMA21 INFANTIL E PSORIASE22. APLICADO SOB PENSOS OCLUSIVOS, E UTIL NO TRATAMENTO DE CASOS DE DERMATOSES PARTICULARMENTE RECALCITRANTES, TAIS COMO A PSORIASE22 E NEURODERMATITE, (LIQUEN SIMPLES CRONICO20). HALOG POMADA A 0,025% E UTIL NO TRATAMENTO DE FORMAS DE MENOS INTENSIDADE DE DERMATOSES SUSCETIVEIS A CORTICOSTEROIDES, COMO TERAPEUTICA16 DE MANUTENCAO QUANDO O CONTROLE TENHA SIDO OBTIDO COM HALOG POMADA A 0,1% E PARA USO PEDIATRICO.

Apresentação de Halog

HALOG POMADA A 0,1% E APRESENTADO EM TUBOS DE 30 G. HALOG POMADA A 0,025% E APRESENTADO EM TUBOS DE 60 MG.

HALOG - Laboratório

B-MS
Rua Carlos Gomes, 924
São Paulo/SP - CEP: 04743-002
Tel: 55 (011) 882-2000
Fax: 55 (011) 246-0151
Site: http://www.bristol.com.br/

Ver outros medicamentos do laboratório "B-MS"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Grama: 1. Designação comum a diversas ervas da família das gramíneas que formam forrações espontâneas ou que são cultivadas para criar gramados em jardins e parques ou como forrageiras, em pastagens; relva. 2. Unidade de medida de massa no sistema c.g.s., equivalente a 0,001 kg . Símbolo: g.
2 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
3 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
4 Sistêmicos: 1. Relativo a sistema ou a sistemática. 2. Relativo à visão conspectiva, estrutural de um sistema; que se refere ou segue um sistema em seu conjunto. 3. Disposto de modo ordenado, metódico, coerente. 4. Em medicina, é o que envolve o organismo como um todo ou em grande parte.
5 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
6 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
7 Atrofia: 1. Em biologia, é a falta de desenvolvimento de corpo, órgão, tecido ou membro. 2. Em patologia, é a diminuição de peso e volume de órgão, tecido ou membro por nutrição insuficiente das células ou imobilização. 3. No sentido figurado, é uma debilitação ou perda de alguma faculdade mental ou de um dos sentidos, por exemplo, da memória em idosos.
8 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
9 Hipertricose: É a transformação de pêlos velus (de textura fina e distribuídos em todo o corpo) em pêlos terminais (mais grossos e escuros). Não é causada por um aumento na produção de androgênios, podendo ser congênita ou adquirida. A hipertricose adquirida pode ser ocasionada por ingestão de medicamentos, algumas doenças metabólicas, como hipotireoidismo e porfirias, ou doenças nutricionais, como anorexia, desnutrição ou síndromes de má absorção.
10 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
11 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
12 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
13 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
14 Vírus: Pequeno microorganismo capaz de infectar uma célula de um organismo superior e replicar-se utilizando os elementos celulares do hospedeiro. São capazes de causar múltiplas doenças, desde um resfriado comum até a AIDS.
15 Varicela: Doença viral freqüente na infância e caracterizada pela presença de febre e comprometimento do estado geral juntamente com a aparição característica de lesões que têm vários estágios. Primeiro são pequenas manchas avermelhadas, a seguir formam-se pequenas bolhas que finalmente rompem-se deixando uma crosta. É contagiosa, mas normalmente não traz maiores conseqüências à criança. As bolhas e suas crostas, se não sofrerem infecção secundária, não deixam cicatriz.
16 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
17 Coadjuvante: Que ou o que coadjuva, auxilia ou concorre para um objetivo comum.
18 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
19 Dermatite: Inflamação das camadas superficiais da pele, que pode apresentar-se de formas variadas (dermatite seborreica, dermatite de contato...) e é produzida pela agressão direta de microorganismos, substância tóxica ou por uma resposta imunológica inadequada (alergias, doenças auto-imunes).
20 Crônico: Descreve algo que existe por longo período de tempo. O oposto de agudo.
21 Eczema: Afecção alérgica da pele, ela pode ser aguda ou crônica, caracterizada por uma reação inflamatória com formação de vesículas, desenvolvimento de escamas e prurido.
22 Psoríase: Doença imunológica caracterizada por lesões avermelhadas com descamação aumentada da pele dos cotovelos, joelhos, couro cabeludo e costas juntamente com alterações das unhas (unhas em dedal). Evolui através do tempo com melhoras e pioras, podendo afetar também diferentes articulações.

Tem alguma dúvida sobre HALOG?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.