Preço de ANTAK 150/300 mg. em Fairfield/SP: R$ 40,16

ANTAK 150/300 mg.

GlaxoSmithKline

Atualizado em 03/06/2015

Composição de Antak

CADA COMPRIMIDO EFERVESCENTE CONTEM: CLORIDRATO DE RANITIDINA 168 MG OU 336 MG; EXCIPIENTE Q.S.P. 1 COMPRIMIDO - EQUIVALENTE A RESPECTIVAMENTE 150 MG E 300 MG DE RANITIDINA

Posologia e Administração de Antak

DISSOLVER O COMPRIMIDO EM 1/2 COPO DE AGUA. ADULTOS: A DOSE USUAL PADRAO PARA ULCERA GASTRICA1, ULCERA DUODENAL2 OU ESOFAGITE DE REFLUXO3 E DE 150 MG DUAS VEZES AO DIA OU 300 MG A NOITE. EM MUITOS CASOS DE ULCERA DUODENAL2, ULCERA GASTRICA1 BENIGNA E ULCERA4 POS-OPERATORIA, A CICATRIZACAO OCORRE DENTRO DE 4 SEMANAS. NAQUELES EM QUE A CICATRIZACAO NAO OCORRE NAS 4 PRIMEIRAS SEMANAS, A ULCERA4 CICATRIZARA GERALMENTE APOS 4 SEMANAS SEGUIDAS DE TERAPIA. EM ULCERAS5 PRESENTES LOGO APOS A TERAPIA COM ANTIINFLAMATORIOS NAO ESTEROIDAIS OU ASSOCIADAS A TERAPIA CONTINUADA DE ANTIINFLAMATORIOS NAO ESTEROIDAIS PODEM SER NECESSARIAS 8-12 SEMANAS DE TRATAMENTO. NA ULCERA DUODENAL2, 300 MG DUAS VEZES AO DIA DURANTE 4 SEMANAS RESULTA EM TAXAS DE CICATRIZACAO MAIORES DO QUE AQUELAS COM RANITIDINA 150 ML DUAS VEZES AO DIA OU 300 MG A NOITE, DURANTE 4 SEMANAS. O AUMENTO DA DOSE NAO TEM SIDO ASSOCIADO COM O AUMENTO NA INCIDENCIA6 DE EFEITOS COLATERAIS7.

Reações Adversas de Antak

TEM SIDO REPORTADOS OS EVENTOS ABAIXO EM ENSAIOS CLINICOS8 OU TRATAMENTO DE ROTINA COM RANITIDINA. A RELACAO DESTES EVENTOS COM A TERAPEUTICA9 COM A RANITIDINA NAO FOI ESTABELECIDA EM MUITOS CASOS. PODEM OCORRER ALTERACOES TRANSITORIAS E REVERSIVEIS NOS TESTES DE FUNCAO HEPATICA10. HA RELATOS OCASIONAIS DE HEPATITE11 REVERSIVEL (HEPATOCELULAR, HEPATOCANALICULAR OU MISTA) COM OU SEM ICTERICIA12. OCORRERAM, EM UNS POUCOS PACIENTES, ALTERACOES REVERSIVEIS NA CONTAGEM DE CELULAS SANGUINEAS13 (LEUCOPENIA14 E TROMBOCITOPENIA15), RELATANDO TAMBEM RAROS CASOS DE AGRANULOCITOSE16 OU DE PANCITOPENIA17, ALGUMAS VEZES COM HIPOPLASIA18 OU APLASIA DE MEDULA OSSEA19. REACOES DE HIPERSENSIBILIDADE (URTICARIA20, EDEMA ANGIONEUROTICO21, BRONCOESPASMO22, HIPOTENSAO23) TEM SIDO RARAMENTE OBSERVADAS APOS ADMINISTRACAO PARENTERAL OU ORAL DE RANITIDINA. ESTAS REACOES TEM OCORRIDO OCASIONALMENTE APOS UMA UNICA DOSE. TAMBEM TEM SIDO REPORTADOS RAROS CASOS DE BRADICARDIA24 E BLOQUEIO ATRIOVENTRICULAR, COMO OCORRE COM OUTROS ANTAGONISTAS DOS RECEPTORES H\DN4 2. NUMA PROPORCAO MUITA PEQUENA DE PACIENTES TEM-SE OBSERVADO CEFALEIA25, ALGUMAS VEZES GRAVES, TONTURA26 E CONFUSAO MENTAL REVERSIVEL. ESTA, PREDOMINANTEMENTE EM PACIENTES GRAVEMENTE ENFERMOS E MUITO IDOSOS. HOUVE REFERENCIA DE UNS POUCOS CASOS DE VISAO27 BORRADA REVERSIVEL, SUGESTIVA DE DISTURBIO NA ACOMODACAO VISUAL. NAO HOUVE EVIDENCIA CLINICAMENTE SIGNIFICATIVA DE INTERFERENCIA COM A FUNCAO ENDOCRINA OU GONADAL. EXISTEM UNS POUCOS RELATOS DE SINTOMAS28 MAMARIOS EM HOMENS SOB TRATAMENTO COM RANITIDINA. HA RARAS REFERENCIAS DE ERUPCAO29 CUTANEA30.

Contra-Indicações de Antak

ANTAK ESTA CONTRA-INDICADO A PACIENTES COM HIPERSENSIBILIDADE A QUALQUER DE SEUS COMPONENTES.

Indicações de Antak

ANTAK COMPRIMIDOS EFERVESCENTES ESTAO INDICADOS NA ULCERA DUODENAL2, ULCERA GASTRICA1 BENIGNA, INCLUINDO AQUELAS ASSOCIADAS COM DROGAS ANTIINFLAMATORIAS NAO ESTEROIDAIS. PREVENCAO DE ULCERAS5 DUODENAIS ASSOCIADAS COM DROGAS ANTIINFLAMATORIAS NAO ESTEROIDAIS INCLUINDO ACIDO ACETILSALICILICO, ESPECIALMENTE EM PACIENTES COM HISTORIA DE DOENCA ULCEROSA PEPTICA, ULCERA4 POS-OPERATORIA, ESOFAGITE DE REFLUXO3, SINDROME DE ZOLLINGER-ELLISON31 NA DISPEPSIA32 EPISODICA CRONICA, CARACTERIZADA POR DOR (EPIGASTRICA OU RETROSTERNAL) A QUAL E RELACIONADA AS REFEICOES OU DURANTE O SONO, MAS NAO ASSOCIADA COM AS CONDICOES ANTERIORES. E AS SEGUINTES CONDICOES ONDE E DESEJAVEL A REDUCAO DA SECRECAO GASTRICA E A PRODUCAO DE ACIDO: PROFILAXIA DA HEMORRAGIA33 GASTRINTESTINAL CONSEQUENTE A ULCERA4 DE ESTRESSE EM PACIENTES GRAVEMENTE ENFERMOS, PROFILAXIA DA HEMORRAGIA33 RECORRENTE EM PACIENTES COM ULCERAS5 PEPTICAS E NA PREVENCAO DA SINDROME34 DE ASPIRACAO ACIDA (SINDROME DE MENDELSON35).

Apresentação de Antak

CARTUCHOS CONTENDO STRIPS COM 10 COMPRIMIDOS DE 150 E 300 MG.

ANTAK 150/300 mg. - Laboratório

GlaxoSmithKline
Estrada dos Bandeirantes, 8464
Rio de Janeiro/RJ - CEP: 22783-110

Ver outros medicamentos do laboratório "GlaxoSmithKline"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Úlcera gástrica: Lesão na mucosa do estômago. Pode ser provocada por excesso de ácido clorídrico produzido pelo próprio estômago ou por medicamentos como antiinflamatórios ou aspirina. É uma doença infecciosa, causada pela bactéria Helicobacter pylori em quase 100 % dos casos.
2 Úlcera duodenal: Lesão na mucosa do duodeno – parte inicial do intestino delgado.
3 Esofagite de refluxo: É uma inflamação na mucosa do esôfago (camada que reveste o esôfago) causada pelo refluxo (retorno) do conteúdo gástrico ao esôfago. Se não tratada pode causar danos, desde o estreitamento (estenose) do esôfago - o que irá causar dificuldades na deglutição dos alimentos - até o câncer. Portadores de hérnia do hiato (projeção do estômago para o tórax), obesos, sedentários, fumantes, etilistas, pessoas tensas ou ansiosas têm maior predisposição à esofagite de refluxo.
4 Úlcera: Ferida superficial em tecido cutâneo ou mucoso que pode ocorrer em diversas partes do organismo. Uma afta é, por exemplo, uma úlcera na boca. A úlcera péptica ocorre no estômago ou no duodeno (mais freqüente). Pessoas que sofrem de estresse são mais susceptíveis a úlcera.
5 Úlceras: Feridas superficiais em tecido cutâneo ou mucoso que podem ocorrer em diversas partes do organismo. Uma afta é, por exemplo, uma úlcera na boca. A úlcera péptica ocorre no estômago ou no duodeno (mais freqüente). Pessoas que sofrem de estresse são mais susceptíveis a úlcera.
6 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
7 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
8 Ensaios clínicos: Há três fases diferentes em um ensaio clínico. A Fase 1 é o primeiro teste de um tratamento em seres humanos para determinar se ele é seguro. A Fase 2 concentra-se em saber se um tratamento é eficaz. E a Fase 3 é o teste final antes da aprovação para determinar se o tratamento tem vantagens sobre os tratamentos padrões disponíveis.
9 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
10 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
11 Hepatite: Inflamação do fígado, caracterizada por coloração amarela da pele e mucosas (icterícia), dor na região superior direita do abdome, cansaço generalizado, aumento do tamanho do fígado, etc. Pode ser produzida por múltiplas causas como infecções virais, toxicidade por drogas, doenças imunológicas, etc.
12 Icterícia: Coloração amarelada da pele e mucosas devido a uma acumulação de bilirrubina no organismo. Existem dois tipos de icterícia que têm etiologias e sintomas distintos: icterícia por acumulação de bilirrubina conjugada ou direta e icterícia por acumulação de bilirrubina não conjugada ou indireta.
13 Células Sanguíneas: Células encontradas no líquido corpóreo circulando por toda parte do SISTEMA CARDIOVASCULAR.
14 Leucopenia: Redução no número de leucócitos no sangue. Os leucócitos são responsáveis pelas defesas do organismo, são os glóbulos brancos. Quando a quantidade de leucócitos no sangue é inferior a 6000 leucócitos por milímetro cúbico, diz-se que o indivíduo apresenta leucopenia.
15 Trombocitopenia: É a redução do número de plaquetas no sangue. Contrário de trombocitose. Quando a quantidade de plaquetas no sangue é inferior a 150.000/mm³, diz-se que o indivíduo apresenta trombocitopenia (ou plaquetopenia). As pessoas com trombocitopenia apresentam tendência de sofrer hemorragias.
16 Agranulocitose: Doença causada pela falta ou número insuficiente de leucócitos granulócitos (neutrófilos, basófilos e eosinófilos), que se manifesta como ulcerações na garganta e outras mucosas, seguidas por infecções graves.
17 Pancitopenia: É a diminuição global de elementos celulares do sangue (glóbulos brancos, vermelhos e plaquetas).
18 Hipoplasia: Desenvolvimento defeituoso ou incompleto de tecido ou órgão, geralmente por diminuição do número de células, sendo menos grave que a aplasia.
19 Medula Óssea: Tecido mole que preenche as cavidades dos ossos. A medula óssea apresenta-se de dois tipos, amarela e vermelha. A medula amarela é encontrada em cavidades grandes de ossos grandes e consiste em sua grande maioria de células adiposas e umas poucas células sangüíneas primitivas. A medula vermelha é um tecido hematopoiético e é o sítio de produção de eritrócitos e leucócitos granulares. A medula óssea é constituída de um rede, em forma de treliça, de tecido conjuntivo, contendo fibras ramificadas e preenchida por células medulares.
20 Urticária: Reação alérgica manifestada na pele como elevações pruriginosas, acompanhadas de vermelhidão da mesma. Pode afetar uma parte ou a totalidade da pele. Em geral é autolimitada e cede em pouco tempo, podendo apresentar períodos de melhora e piora ao longo de vários dias.
21 Edema angioneurótico: Ataques recidivantes de edema transitório que aparecem subitamente em áreas da pele, membranas mucosas e ocasionalmente nas vísceras, geralmente associadas com dermatografismo, urticária, eritema e púrpura.
22 Broncoespasmo: Contração do músculo liso bronquial, capaz de produzir estreitamento das vias aéreas, manifestado por sibilos no tórax e falta de ar. É uma contração vista com freqüência na asma.
23 Hipotensão: Pressão sanguínea baixa ou queda repentina na pressão sanguínea. A hipotensão pode ocorrer quando uma pessoa muda rapidamente de uma posição sentada ou deitada para a posição de pé, causando vertigem ou desmaio.
24 Bradicardia: Diminuição da freqüência cardíaca a menos de 60 batimentos por minuto. Pode estar associada a distúrbios da condução cardíaca, ao efeito de alguns medicamentos ou a causas fisiológicas (bradicardia do desportista).
25 Cefaleia: Sinônimo de dor de cabeça. Este termo engloba todas as dores de cabeça existentes, ou seja, enxaqueca ou migrânea, cefaleia ou dor de cabeça tensional, cefaleia cervicogênica, cefaleia em pontada, cefaleia secundária a sinusite, etc... são tipos dentro do grupo das cefaleias ou dores de cabeça. A cefaleia tipo tensional é a mais comum (acomete 78% da população), seguida da enxaqueca ou migrânea (16% da população).
26 Tontura: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
27 Visão: 1. Ato ou efeito de ver. 2. Percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista; sentido da vista. 3. Algo visto, percebido. 4. Imagem ou representação que aparece aos olhos ou ao espírito, causada por delírio, ilusão, sonho; fantasma, visagem. 5. No sentido figurado, concepção ou representação, em espírito, de situações, questões etc.; interpretação, ponto de vista. 6. Percepção de fatos futuros ou distantes, como profecia ou advertência divina.
28 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
29 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
30 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
31 Síndrome de Zollinger-Ellison: Doença caracterizada pelo aumento de produção de gastrina devido à presença de gastrinoma. O gastrinoma (tumor produtor de gastrina) está localizado na maioria das vezes no pâncreas. A hipersecreção de gastrina produz úlceras pépticas, má digestão, esofagite, duodenojejunite e/ou diarréia. Em 20% dos casos está relacionada com neoplasia endócrina múltipla tipo I (NEM I), que acompanha-se na maioria das vezes de hiperparatireiodismo (80%) e em alguns raros casos de insulinomas, glucagomas, VIPomas ou outros tumores.
32 Dispepsia: Dor ou mal-estar localizado no abdome superior. O mal-estar pode caracterizar-se por saciedade precoce, sensação de plenitude, distensão ou náuseas. A dispepsia pode ser intermitente ou contínua, podendo estar relacionada com os alimentos.
33 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
34 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
35 Síndrome de Mendelson: Síndrome da aspiração ácida, pneumonite por broncoaspiração ou Síndrome de Mendelson é uma pneumonite química. Refere-se à lesão pulmonar aguda causada por aspiração de substâncias tóxicas às vias aéreas inferiores.

Tem alguma dúvida sobre ANTAK 150/300 mg.?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.