REVITAM JUNIOR

BIOLABFARMA

Atualizado em 09/12/2014

REVITAM JUNIOR

Polivitamínico

Indicações de Revitam Junior

Suplemento vitamínico utilizado para a rápida normalização dos estados carenciais, subsequentes ou não a afecções1 agudas ou crônicas. Para assegurar o crescimento e desenvolvimento normais da criança. Na profilaxia e tratamento das deficiências vitamínicas.

Forma Farmacêutica e Apresentações de Revitam Junior

Solução oral. Frasco contendo 120 ml com dosador.

Uso pediátrico ou adulto

Contra-Indicações de Revitam Junior

O produto não deve ser usado em pacientes sensíveis aos componentes da fórmula, hipervitaminose A e/ou D, hipercalcemia.

Cuidados e Advertências de Revitam Junior

A relação risco/benefício deve ser avaliada nas seguintes situações clínicas: hemofilia2 (o pantenol pode prolongar o tempo de hemorragia3); cálculos renais (a vitamina4 C pode precipitar oxalatos); na anemia perniciosa5 (o ácido fólico corrige o quadro hematológico, mas os problemas neurológicos podem progredir).
Gravidez6, Amamentação7, Pediatria e Geriatria: não foram relatados problemas em humanos com a "Ingestão Diária Recomendada - IDR" conforme consta na Posologia.

Interações Medicamentosas de Revitam Junior

Interações Medicamentosas: - Derivados da cumarina: juntamente com grandes doses de vitamina4 A e E podem dar resposta hipoprotrombínica.Antiácidos8, colestiramina, óleo mineral, neomicina e sucralfato: podem diminuir a absorção das vitaminas A, D e E.
Barbitúricos e derivados de hidantoína: podem reduzir o efeito da vitamina4 D3, assim como podem ter seus efeitos diminuídos pelo ácido fólico.

Interferência em Exames Laboratoriais de Revitam Junior

Pode ocorrer alterações nas concentrações séricas da bilirrubina9, pH da urina10, ácido úrico, nitrogênio uréico do sangue11, cálcio, colesterol12, triglicerídeos, eritrócitos13 e leucócitos14.

Reações Adversas de Revitam Junior

Raros são os relatos de prurido15 e rash16 cutâneo17. Ingestão excessiva e prolongada de REVITAM® JÚNIOR pode dar lugar a reações que se manifestam por irritação na mucosa18 da boca19, diarréia20, náusea21, vômitos22, dor de cabeça23, mal-estar, confusão ou excitação, descamação24 da pele25, sede, visão26 turva e perda de apetite.

Posologia de Revitam Junior

Utilizando-se como referência a tabela de "Ingestão Diária Recomendada - IDR" de vitaminas, eis a posologia recomendada:
Crianças entre:

6 meses a 1 ano:  1 ml/dia.

1 a 3 anos:  1,5 ml/dia.

4 a 6 anos:  2 ml/dia.

7 a 10 anos:  2,5 ml/dia

11 a 14 anos: 3 ml/dia.

As doses recomendadas podem ser administradas juntamente com sucos e leite, em uma única tomada por dia ou divididas em duas tomadas por dia, preferencilamente junto às refeições.

Reg. M.S. nº 1.0974.0016
Farm. Resp.: Dr. Dante Alario Junior - CRF-SP nº 5.143

REVITAM JUNIOR - Laboratório

BIOLABFARMA
Rua Olimpíadas, 242, 3° andar. Vila Olímpia.
São Paulo/SP - CEP: 04551-000
Tel: 55 11 3573-6000

Ver outros medicamentos do laboratório "BIOLABFARMA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Afecções: Quaisquer alterações patológicas do corpo. Em psicologia, estado de morbidez, de anormalidade psíquica.
2 Hemofilia: Doença transmitida de forma hereditária na qual existe uma menor produção de fatores de coagulação. Como conseqüência são produzidos sangramentos por traumatismos mínimos, sobretudo em articulações (hemartrose). Sua gravidade depende da concentração de fatores de coagulação no sangue.
3 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
4 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
5 Anemia Perniciosa: Doença causada pela incapacidade do organismo absorver a vitamina B12. Mais corretamente, ela se refere a uma doença autoimune que resulta na perda da função das células gástricas parietais, que secretam ácido clorídrico para acidificar o estômago e o fator intrínseco gástrico que facilita a absorção da vitamina B12.
6 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
7 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
8 Antiácidos: É uma substância que neutraliza o excesso de ácido, contrariando o seu efeito. É uma base que aumenta os valores de pH de uma solução ácida.
9 Bilirrubina: Pigmento amarelo que é produto da degradação da hemoglobina. Quando aumenta no sangue, acima de seus valores normais, pode produzir uma coloração amarelada da pele e mucosas, denominada icterícia. Pode estar aumentado no sangue devido a aumento da produção do mesmo (excesso de degradação de hemoglobina) ou por dificuldade de escoamento normal (por exemplo, cálculos biliares, hepatite).
10 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
11 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
12 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
13 Eritrócitos: Células vermelhas do sangue. Os eritrócitos maduros são anucleados, têm forma de disco bicôncavo e contêm HEMOGLOBINA, cuja função é transportar OXIGÊNIO. Sinônimos: Corpúsculos Sanguíneos Vermelhos; Corpúsculos Vermelhos Sanguíneos; Corpúsculos Vermelhos do Sangue; Glóbulos Vermelhos; Hemácias
14 Leucócitos: Células sangüíneas brancas. Compreendem tanto os leucócitos granulócitos (BASÓFILOS, EOSINÓFILOS e NEUTRÓFILOS) como os não granulócitos (LINFÓCITOS e MONÓCITOS). Sinônimos: Células Brancas do Sangue; Corpúsculos Sanguíneos Brancos; Corpúsculos Brancos Sanguíneos; Corpúsculos Brancos do Sangue; Células Sanguíneas Brancas
15 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
16 Rash: Coloração avermelhada da pele como conseqüência de uma reação alérgica ou infecção.
17 Cutâneo: Que diz respeito à pele, à cútis.
18 Mucosa: Tipo de membrana, umidificada por secreções glandulares, que recobre cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
19 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
20 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
21 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
22 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
23 Cabeça:
24 Descamação: 1. Ato ou efeito de descamar(-se); escamação. 2. Na dermatologia, fala-se da eliminação normal ou patológica da camada córnea da pele ou das mucosas. 3. Formação de cascas ou escamas, devido ao intemperismo, sobre uma rocha; esfoliação térmica.
25 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
26 Visão: 1. Ato ou efeito de ver. 2. Percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista; sentido da vista. 3. Algo visto, percebido. 4. Imagem ou representação que aparece aos olhos ou ao espírito, causada por delírio, ilusão, sonho; fantasma, visagem. 5. No sentido figurado, concepção ou representação, em espírito, de situações, questões etc.; interpretação, ponto de vista. 6. Percepção de fatos futuros ou distantes, como profecia ou advertência divina.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre REVITAM JUNIOR?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.