FluColic

KLEY HERTZ S.A - Indústria e Comércio

Atualizado em 08/12/2014


FluColic®

Simeticona  

HERTZ®

Flucolic gotas é apresentado em frasco plástico gotejador com 15 mL.
Flucolic cápsulas é apresentado em embalagens com 12 cápsulas gelatinosas.

USO ORAL

GOTAS - USO PEDIÁTRICO E ADULTO

CÁPSULAS - USO ADULTO

Composição de Flucolic

Flucolic gotas: cada mL (30 gotas) contém 75 mg de simeticona e os seguintes ingredientes inativos: propilenoglicol, carmelose sódica, metilparabeno, sacarina1 sódica, propilparabeno, aroma de morango e água deionizada.Flucolic cápsulas: cada cápsula contém 125 mg de simeticona e os seguintes ingredientes inativos: dióxido de titânio, metilparabeno, propilparabeno, corante amarelo 10, corante azul brilhante, gelatina e água deionizada.

Informações ao Paciente de Flucolic

AÇÃO DO MEDICAMENTO OU COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
Flucolic
atua no estômago2 e no intestino, rompendo bolhas de gases ou dificultando a sua formação. Estas bolhas retêm os gases, provocando flatulência e dor. Com a atuação de Flucolic, os gases tornam-se livres, sendo mais facilmente eliminados, diminuindo o desconforto causado por eles.

INDICAÇÕES DO MEDICAMENTO OU PORQUE ESSE MEDICAMENTO FOI INDICADO?
Flucolic
é indicado para pessoas com excesso de gases no aparelho digestivo3. Este acúmulo de gases no estômago2 e no intestino é chamado de flatulência, tendo como sintomas4 principais a sensação de incômodo, estufamento, dor ou cólicas5 no abdômen. A eliminação dos gases pelo Flucolic alivia estes sintomas4. Flucolic também pode ser usado como medicação auxiliar em exames médicos, como endoscopia6 digestiva, e preparo de pacientes para radiografia do abdômen.

RISCOS DO MEDICAMENTO OU QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Contraindicações

Você não deve utilizar Flucolic se for alérgico ou sensível a qualquer um dos componentes da fórmula.

INFORME AO MÉDICO OU CIRURGIÃO-DENTISTA O APARECIMENTO DE REAÇÕES INDESEJÁVEIS.

Advertências: não existem advertências ou recomendações especiais para a utilização de Flucolic, uma vez que este produto demonstra ser bem tolerado.

Precauções: não existem precauções ou cuidados especiais para a utilização de Flucolic, uma vez que este produto demonstra ser bem tolerado.

Uso em idosos e crianças: não há recomendações especiais para utilização de Flucolic por pacientes idosos e crianças.

Interações medicamentosas: não são conhecidas interações de Flucolic com outros medicamentos ou alimentos.
Informe seu médico se você estiver fazendo uso de algum outro medicamento.

MODO DE USO OU COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Aspecto físico e características organolépticas
Flucolic gotas
é uma emulsão de cor branca, com sabor e cheiro de morango.
Flucolic cápsulas gelatinosas são moles, de formato oval, cor verde, e contêm um líquido branco no seu interior, sem cheiro nem gosto. É normal a presença de um conteúdo de aparência opaca, no interior das cápsulas gelatinosas.

Como usar: ao utilizar Flucolic cápsulas gelatinosas, você deve engolir a cápsula sem mastigá-la. As cápsulas gelatinosas são moles e fáceis de engolir.
Ao utilizar Flucolic gotas, você pode administrar as gotas diretamente na boca7, ou diluir em um pouco de água ou outro alimento. Agite o frasco de Flucolic gotas antes de usar.

Como utilizar o frasco conta-gotas
1) Abrir a tampa, rompendo o lacre.
2) Inclinar levemente o frasco (inclinação de 45°) e iniciar o
gotejamento.

Posologia

Gotas (30 gotas/mL):
Crianças - lactentes8:
4 a 6 gotas, 3 vezes ao dia.
Até 12 anos: 6 a 12 gotas, 3 vezes ao dia.
Acima de 12 anos e adultos: 16 gotas, 3 vezes ao dia.

Cápsulas gelatinosas:
4 vezes ao dia, após as refeições e ao deitar, ou quando achar necessário. Você não deve ingerir mais de 4 cápsulas (500mg) de Flucolic por dia.

Siga corretamente o modo de usar. Se não desaparecerem os sintomas4, procure orientação médica.

Não utilize o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar este medicamento, observe o seu aspecto.

As cápsulas gelatinosas não podem ser partidas ou mastigadas.

REAÇÕES ADVERSAS OU QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE CAUSAR?
A simeticona (princípio ativo do produto) não é absorvida pelo organismo, atuando somente dentro do aparelho digestivo3, sem alcançar a corrente sanguínea. Desta forma, é totalmente eliminada pelas fezes, sem maiores chances de causar reações indesejáveis no organismo.

Você deve informar ao seu médico o aparecimento de reações indesejáveis, ou seja, efeitos diferentes do esperado para este medicamento.

CONDUTA EM CASO DE SUPERDOSE OU O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA GRANDE QUANTIDADE DESTE MEDICAMENTO DE UMA SÓ VEZ?

Não é esperado o aparecimento de sintomas4 causados pelo uso exagerado de simeticona, pois este medicamento não é absorvido pelo organismo. Caso você utilizar Flucolic em uma quantidade maior do que a recomendada, procure um médico imediatamente.

CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO OU ONDE E COMO DEVO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?
Flucolic deve ser conservado à temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC), protegido da luz, umidade e calor excessivo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Data de fabricação, validade e lote: vide cartucho.

Informações Técnicas Aos Profissionais da Saúde9 de Flucolic

Características Farmacológicas de Flucolic

Farmacologia10: Flucolic possui como componente ativo a simeticona, um silicone com ação antiflatulenta, que alivia o malestar gástrico causado pelo excesso de gases.Farmacocinética: A simeticona não é absorvida para a corrente sanguínea, apresentando somente ação local. Desta forma, a realização de estudos farmacocinéticos a seu respeito torna-se inviável.
Mecanismo de ação: A simeticona é capaz de reduzir a tensão superficial das bolhas de ar presentes no trato gastrointestinal, permitindo que as mesmas se desfaçam ou que formem uma grande massa de ar, facilmente expelida por meio de eructações ou flatos.

Resultados de Eficácia de Flucolic

Utilização de simeticona na prevenção do desconforto abdominal pós-operatório: Foi demonstrada significativa redução das reclamações por náusea11, vômitos12, meteorismo13, desconforto no estômago2 e dores abdominais, bem como de movimentos peristálticos14 e flatulência, em pacientes com distensão causada por gases durante o período pós-operatório de secção cesariana. Com base nos resultados obtidos, na nãotoxicidade da simeticona, sua característica de inércia quimica, boa tolerabilidade e fácil utilização, a simeticona é considerada muito útil na terapia de prevenção do desconforto causado pelos gases no pós-operatório após secção cesariana.
Simeticona para melhoria da visibilidade durante colonoscopia15: Estudos demonstraram que a administração de simeticona juntamente com a preparação oral de fosfato de sódio, utilizada na colonoscopia15, pode melhorar a visibilidade do cólon16, por diminuição da presença de bolhas. Esta melhoria na qualidade da visualização do cólon16 facilita a detecção de lesões17 patológicas.

Indicações de Flucolic

Flucolic é indicado em casos de excesso de gases no aparelho gastrintestinal, tais como: meteorismo13, eructação18, borborigmos, aerofagia, pós-operatório e convalescença, bem como distúrbios fermentativos intestinais. É indicado também no preparo de pacientes para radiografia do abdômen, colonoscopia15 e gastroscopia, por sua ação redutora das bolhas de ar.

Contraindicações de Flucolic

Alergia19 ou sensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

Modo de Usar de Flucolic

Flucolic cápsulas gelatinosas: engolir a cápsula sem mastigá-la. As cápsulas gelatinosas são moles e fáceis de engolir.Flucolic gotas: administrar as gotas diretamente na boca7, ou diluir em um pouco de água ou outro alimento. Agite o frasco de Flucolic gotas antes de usar.

Como utilizar o frasco conta-gotas:
3) Abrir a tampa, rompendo o lacre.
4) Inclinar levemente o frasco ( inclinação de 45º) e iniciar o gotejamento.

Posologia de Flucolic

Gotas (30 gotas/mL):
Crianças - lactentes8:
4 a 6 gotas, 3 vezes ao dia.
Até 12 anos: 6 a 12 gotas, 3 vezes ao dia.
Acima de 12 anos e adultos: 16 gotas, 3 vezes ao dia.

Cápsulas gelatinosas:
4 vezes ao dia, após as refeições e ao deitar, ou quando achar necessário. Você não deve ingerir mais de 4 cápsulas (500mg) de Flucolic por dia.

Advertências de Flucolic

Não há advertências ou recomendações especiais sobre o uso de Flucolic.

Uso em Idosos e Crianças de Flucolic

Não há recomendações especiais para utilização de Flucolic por pacientes idosos e crianças.

Interações Medicamentosas de Flucolic

Não são conhecidas interações de Flucolic com outros medicamentos ou alimentos.

Reações Adversas de Flucolic

A simeticona (princípio ativo do produto) não é absorvida pelo organismo, atuando somente dentro do aparelho digestivo3, sem alcançar a corrente sanguínea.
Desta forma, é totalmente eliminada pelas fezes, sem maiores chances de causar reações indesejáveis no organismo. Você deve informar ao seu médico o aparecimento de reações indesejáveis, ou seja, efeitos diferentes do esperado para este medicamento.

Superdose de Flucolic

Não é esperado o aparecimento de sintomas4 causados pelo uso exagerado de simeticona, pois este medicamento não é absorvido pelo organismo. Caso você utilizar Flucolic em uma quantidade maior do que a recomendada, procure um médico imediatamente.

Armazenagem de Flucolic

Flucolic deve ser conservado à temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC), protegido da luz, umidade e calor excessivo.

Data de fabricação, validade e lote: vide cartucho.

VENDA SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA.

SAC 0800 704 9001

KLEY HERTZ S/A - Indústria e Comércio
Rua Comendador Azevedo, 224 - Porto Alegre - RS
Farmacêutica responsável: Paula Carniel Antonio
CRF/RS-4228 - Reg. no M.S.: 1.0689.0132
C.N.P.J. nº 92.695.691/0001-03 - Indústria Brasileira

Flucolic cápsulas gelatinosas
Fabricado por: Relthy Laboratórios Ltda.
Rua Av. José Vieira, 446 - Distr. Ind. Domingos Giomi
Indaiatuba - SP - C.N.P.J nº 58.884.735/0001-05
Para: KLEY HERTZ S/A - Indústria e Comércio

FluColic - Laboratório

KLEY HERTZ S.A - Indústria e Comércio
Rua Comendador Azevedo, 224
Porto Alegre/RS
Tel: 0800512517
Site: http://www.grupohertz.com/

Ver outros medicamentos do laboratório "KLEY HERTZ S.A - Indústria e Comércio"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
2 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
3 Aparelho digestivo: O aparelho digestivo ou digestório realiza a digestão, processo que transforma os alimentos em substâncias passíveis de serem absorvidas pelo organismo. Os materiais não absorvidos são eliminados por este sistema. Ele é composto pelo tubo digestivo e por glândulas anexas.
4 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
5 Cólicas: Dor aguda, produzida pela dilatação ou contração de uma víscera oca (intestino, vesícula biliar, ureter, etc.). Pode ser de início súbito, com exacerbações e períodos de melhora parcial ou total, nos quais o paciente pode estar sentindo-se bem ou apresentar dor leve.
6 Endoscopia: Método no qual se visualiza o interior de órgãos e cavidades corporais por meio de um instrumento óptico iluminado.
7 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
8 Lactentes: Que ou aqueles que mamam, bebês. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
9 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
10 Farmacologia: Ramo da medicina que estuda as propriedades químicas dos medicamentos e suas respectivas classificações.
11 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
12 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
13 Meteorismo: Acúmulo de gás no tubo digestivo. Pode produzir distensão abdominal, dor persistente, flatulência, etc.
14 Movimentos peristálticos: Conjunto das contrações musculares dos órgãos ocos, provocando o avanço de seu conteúdo; peristalse, peristaltismo.
15 Colonoscopia: Estudo endoscópico do intestino grosso, no qual o colonoscópio é introduzido pelo ânus. A colonoscopia permite o estudo de todo o intestino grosso e porção distal do intestino delgado. É um exame realizado na investigação de sangramentos retais, pesquisa de diarreias, alterações do hábito intestinal, dores abdominais e na detecção e remoção de neoplasias.
16 Cólon:
17 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
18 Eructação: Ato de eructar, arroto.
19 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.

Tem alguma dúvida sobre FluColic?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.