Preço de Apetiviton BC em Fairfield/SP: R$ 35,41

Apetiviton BC

CIFARMA CIENTÍFICA FARMACÊUTICA LTDA

Atualizado em 22/05/2020

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Apetiviton BC
cloridrato de ciproeptadina + nicotinamida + ácido ascórbico + cloridrato de tiamina + riboflavina + cloridrato de piridoxina
Solução oral

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Solução oral
Embalagem contendo um frasco de 240 mL + copo-medida

USO ORAL
ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 2 ANOS

COMPOSIÇÃO:

Cada mL de Apetiviton BC solução oral contém:

cloridrato de ciproeptadina 0,8 mg
vitamina1 B3 (nicotinamida) 1,334 mg
vitamina1 C (ácido ascórbico) 4,334 mg
vitamina1 B1 (cloridrato de tiamina) 0,12 mg
vitamina1 B2 (fosfato sódico de riboflavina) 0,15 mg
vitamina1 B6 (cloridrato de piridoxina) 0,134 mg
excipientes q.s.p. 1 mL

Excipientes: sacarose, sacarina2 sódica, metilparabeno, propilparabeno, aroma de caramelo, aroma de cereja, propilenoglicol, citrato de sódio, ciclamato de
sódio e água purificada.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

Ação do medicamento:

A ação esperada de Apetiviton BC é a de estimular o apetite e prevenir a deficiência de vitaminas do complexo B e C.

Indicações do medicamento:

Como estimulante do apetite e para prevenção de deficiências de vitaminas do complexo B e C.

Riscos do medicamento:

Apetiviton BC é contraindicado em pacientes com antecedentes de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula e fármacos com estrutura química análoga; em prematuros e recém-nascidos; durante a lactação3; nas crises agudas de asma4; em pacientes com retenção urinária5; glaucoma6; obstrução do colo7 da bexiga8; obstrução piloroduodenal; idosos debilitados e pacientes em tratamento com inibidores da MAO9.

Este medicamento não deve serutilizado por crianças menores de 2 anos de idade.

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez10 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe também se estiver amamentando.

Precauções:

Usar com cautela em pacientes com antecedentes de asma4 brônquica, hipertireoidismo11, hipertensão arterial12, doenças cardiovasculares13 e aumento de pressão intraocular14.

Deve ser usado com cautela em pacientes com Diabetes15.

Gravidez10 e Lactação3

Medicamentos contendo cloridrato de ciproeptadina somente devem ser utilizados durante o período de gravidez10 se, a juízo médico, os benefícios esperados com o tratamento suplantarem os riscos potenciais para o feto16.

O tratamento é contraindicado durante a amamentação17.

Interações medicamentosas

Informe ao seu médico o aparecimento de qualquer reação desagradável na vigência do tratamento.

O uso de bebidas alcoólicas não é recomendado durante o tratamento com produtos contendo cloridrato de ciproeptadina.

Informe ao seu médico os medicamentos que esteja usando e os que usou recentemente.

Durante o tratamento com Apetiviton BC o uso de qualquer outro medicamento somente deverá ser feito com o conhecimento do seu médico.

Informações importantes sobre um dos componentes do medicamento

Atenção: Este medicamento contém AÇÚCAR18, portanto, deve serusado com cautela em portadores de Diabetes15.

Efeitos na habilidade de dirigir e usar máquinas

Durante o tratamento, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Modo de uso:

Posologia:

Apetiviton BC pode ser administrado em uma só tomada à noite ao deitar, ou em doses fracionadas de meia a uma hora antes das refeições.

  • De 2 a 6 anos: 2,5 mL, 2 a 3 vezes ao dia. Limite máximo: 12 mg/dia de cloridrato de ciproeptadina.
  • De 7 a 14 anos: 5 mL, 2 a 3 vezes ao dia. Limite máximo: 16 mg/dia de cloridrato de ciproeptadina.
  • Adultos: 5 mL, 3 a 4 vezes ao dia. Limite máximo: 32 mg/dia de cloridrato de ciproeptadina.

Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas19, procure orientação médica.

Reações adversas:

A sonolência é a reação adversa mais frequente, sobretudo nos primeiros dias do tratamento, portanto, atividades que requerem atenção como dirigir veículos ou operar máquinas não devem ser feitas até que se conheça sua reação individual em relação ao medicamento.

Agitação, insônia, parestesias20, manifestações alérgicas da pele21, boca22 seca, diarreia23, vômito24, constipação25 e dificuldade de urinar são algumas das reações adversas possíveis de ocorrerem devido ao uso de medicamentos contendo cloridrato de ciproeptadina.

Conduta em caso de superdose: procure imediatamente o seu médico ou um hospital mais próximo, levando a embalagem do produto e, de preferência, sabendo a quantidade exata de medicamento que foi ingerida.

Cuidados de conservação:

Apetiviton BC deve ser protegido do calor excessivo e da luz.

Apetiviton BC possui prazo de validade de 24 meses à partir da data de fabricação, desde que observados os cuidados de conservação.

Aspecto do medicamento

Solução límpida de coloração amarela e sabor e odor característicos.

Não use o produto se o prazo de validade estiver vencido. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORADO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

DIZERES LEGAIS


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas19 procure orientação médica.
 

Reg MS: 1.1560.0012
Farm. Resp.: Dr. Michele Caldeira Landim - CRF/GO: 5122

CIFARMA - Científica Farmacêutica Ltda.
Rod. BR 153 - Km 5,5 - Jardim Guanabara
CEP: 74675-090 - Goiânia/GO
CNPJ: 17.562.075/0001-69
Indústria Brasileira


SAC 0800 707 1212

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
3 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
4 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
5 Retenção urinária: É um problema de esvaziamento da bexiga causado por diferentes condições. Normalmente, o ato miccional pode ser iniciado voluntariamente e a bexiga se esvazia por completo. Retenção urinária é a retenção anormal de urina na bexiga.
6 Glaucoma: É quando há aumento da pressão intra-ocular e danos ao nervo óptico decorrentes desse aumento de pressão. Esses danos se expressam no exame de fundo de olho e por alterações no campo de visão.
7 Colo: O segmento do INTESTINO GROSSO entre o CECO e o RETO. Inclui o COLO ASCENDENTE; o COLO TRANSVERSO; o COLO DESCENDENTE e o COLO SIGMÓIDE.
8 Bexiga: Órgão cavitário, situado na cavidade pélvica, no qual é armazenada a urina, que é produzida pelos rins. É uma víscera oca caracterizada por sua distensibilidade. Tem a forma de pêra quando está vazia e a forma de bola quando está cheia.
9 Mão: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
10 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
11 Hipertireoidismo: Doença caracterizada por um aumento anormal da atividade dos hormônios tireoidianos. Pode ser produzido pela administração externa de hormônios tireoidianos (hipertireoidismo iatrogênico) ou pelo aumento de uma produção destes nas glândulas tireóideas. Seus sintomas, entre outros, são taquicardia, tremores finos, perda de peso, hiperatividade, exoftalmia.
12 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
13 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
14 Pressão intraocular: É a medida da pressão dos olhos. É a pressão do líquido dentro do olho.
15 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
16 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
17 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
18 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
19 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
20 Parestesias: São sensações cutâneas subjetivas (ex.: frio, calor, formigamento, pressão, etc.) que são vivenciadas espontaneamente na ausência de estimulação.
21 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
22 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
23 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
24 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
25 Constipação: Retardo ou dificuldade nas defecações, suficiente para causar desconforto significativo para a pessoa. Pode significar que as fezes são duras, difíceis de serem expelidas ou infreqüentes (evacuações inferiores a três vezes por semana), ou ainda a sensação de esvaziamento retal incompleto, após as defecações.

Tem alguma dúvida sobre Apetiviton BC?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.