Preço de Daivobet Pomada em Fairfield/SP: R$ 112,23

Daivobet Pomada

LEO PHARMA LTDA

Atualizado em 30/10/2019

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Daivobet® pomada
hidrato de calcipotriol + dipropionato de betametasona
Pomada 50 mcg/g + 0,5 mg/g

APRESENTAÇÕES

Pomada dermatológica
Embalagem com uma bisnaga de alumínio com 30 g ou 60 g.

USO TÓPICO
USO ADULTO

COMPOSIÇÃO

Cada grama de Daivobet® pomada contém:

calcipotriol (equivalente a 52,2 mcg de hidrato de calcipotriol) 50 mcg
betametasona (equivalente a 0,643 mg de dipropionato de betametasona) 0,5 mg
excipiente q.s.p. 1 g

Excipientes: petrolato líquido, éter estearílico PPG-11, petrolato branco, racealfatocoferol.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Daivobet® pomada é indicado para o tratamento tópico da psoríase vulgar. A psoríase é causada pela produção muito rápida das células da pele, causando vermelhidão, escamação e espessamento da pele.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Daivobet® pomada contém calcipotriol, um derivado da vitamina D que ajuda a normalizar o ritmo de produção das células da pele, e a betametasona, um esteroide potente que atua na redução da inflamação.

Com base nos estudos clínicos, a maioria dos pacientes apresenta resultados evidentes depois de duas semanas, mesmo que a psoríase ainda esteja presente.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Não utilize Daivobet® pomada se:

  • for alérgico ou sensível ao calcipotriol, à betametasona ou qualquer um dos outros componentes da fórmula;
  • tiver conhecimento de que tem problemas com os níveis de cálcio no sangue (pergunte ao médico);
  • tiver outros tipos de psoríase: eritrodérmica, exfoliativa e pustulosa (pergunte ao médico).

Além disso, como Daivobet® pomada contém um corticoide potente, NÃO o utilize na pele afetada por:

  • infecções causadas por vírus (como herpes ou varicela);
  • infecções causadas por fungos (como pé de atleta ou micose);
  • infecções causadas por bactérias;
  • infecções causadas por parasitas (como sarna);
  • tuberculose;
  • dermatite perioral (irritação avermelhada ao redor da boca).
  • pele fina, fragilidade das veias da pele, estrias;
  • ictiose (pele seca com escamas semelhantes às de peixe);
  • acne (espinhas);
  • rosácea (vermelhidão ou rubor intenso da pele do rosto);
  • úlceras ou feridas;

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Antes de usar este medicamento, informe ao médico ou farmacêutico se:

  • está utilizando outros medicamentos que contenham corticoides, pois, podem ocorrer reações adversas;
  • está utilizando este medicamento por um longo tempo e planeja parar com o tratamento (pois, existe o risco de sua psoríase piorar ou reaparecer quando o tratamento é interrompido abruptamente);
  • for diabético, já que o seu nível de glicose (açúcar no sangue) pode ser afetado pelocorticoide;
  • sua pele for infectada, pois, pode ser necessário parar com o tratamento;
  • tiver um tipo de psoríase chamada gutata;

Precauções especiais

Evite usar Daivobet® pomada em mais de 30% do seu corpo ou mais do que 15 g por dia.

Evite usar Daivobet® pomada sob bandagens ou curativos oclusivos, pois, isto aumenta a absorção do esteroide. Evite usar em áreas extensas de pele afetada ou em dobras (virilhas, axilas, debaixo das mamas), pois, isto aumenta absorção do esteroide.

Evite usar no rosto ou nos genitais (órgãos sexuais), pois, estas áreas são muito sensíveis a esteroides. Evite a exposição excessiva ao sol, ou qualquer outra forma de tratamento com luz.

Daivobet® pomada não é recomendado para uso em crianças ou adolescentes com menos de 18 anos.

Gravidez e Lactação

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Não use Daivobet® pomada se estiver grávida ou amamentando, a menos que tenha recebido essa orientação do médico. Se seu médico permitiu a amamentação, tome cuidado pa a não aplicar Daivobet® pomada na área das mamas.

Efeitos na habilidade de dirigir e usar máquinash

Daivobet® pomada não tem influência na capacidade de dirigir e operar máquinas.

Interações medicamentosas

Não use Daivobet® pomada com outros medicamentos aplicados na mesma área da pele.

Não são conhecidas interações deste medicamento com exames laboratoriais e não laboratoriais, nem com alimentos.

Até o momento não há informações de que Daivobet® pomada possa causar doping.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Cuidados de conservação

Armazenar em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC).

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Após aberto, válido por 12 meses.

Características físicas e organolépticas do produto

Daivobet® pomada apresenta coloração quase branca a amarela.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Sempre use Daivobet® pomada exatamente da forma prescrita pelo seu médico. Em caso de dúvida, consulte seu médico ou o farmacêutico.

Instruções gerais de uso

Use Daivobet® pomada somente nas áreas com psoríase. Não use em outras áreas do corpo sem psoríase.

Aplique Daivobet® pomada na área afetada com as pontas dos dedos e esfregue suavemente até que a maior parte da pomada tenha desaparecido.

Daivobet® pomada não deve ser aplicado no couro cabeludo nem no rosto. Não enfaixe, cubra ou envolva a área tratada.

Lave bem as mãos imediatamente após usar Daivobet® pomada, para evitar que acidentalmente a pomada se espalhe para outras partes do corpo (especialmente o rosto, a boca e os olhos).

Para um melhor resultado, recomenda-se não tomar banho imediatamente após a aplicação da pomada.

Duração do tratamento

Daivobet® pomada deve ser usado uma vez ao dia. O período recomendado de tratamento é de 4 semanas.

Após este período, se for necessário continuar ou reiniciar o tratamento, deve-se fazê-lo após avaliação médica e sob supervisão médica regular.

Não utilize mais de 15 g em um dia. Caso utilize Daivobet® pomada juntamente com Daivobet® gel (ou qualquer outro produto contendo calcipotriol) para o tratamento de sua psoríase, a quantidade total de calcipotriol não deve exceder 15 g ao dia e a área tratada não deve exceder 30% da superfície corporal.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Caso se esqueça de usar Daivobet® pomada, não se preocupe. Use-o assim que se lembrar e continue o tratamento como antes. Não use o dobro da dose para compensar a dose esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orienta ão do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Como todos os medicamentos, Daivobet® pomada pode provocar reações adversas, mas que não afetam todos os pacientes.

Reações adversas graves

Avise imediatamente seu medico, caso apresente qualquer uma das reações abaixo. Pode ser necessário interromper o tratamento.

As seguintes reações adversas graves foram relatadas para Daivobet® pomada:

Incomuns (podem afetar até 1 em 100 pessoas)

  • Piora da psoríase. Avise imediatamente seu médico se a sua psoríase piorar

Raras (podem afetar até 1 em 100 pessoas)

  • Psoríase pustular (uma área vermelha com pústulas amar ladas normalmente nas mãos ou pés). Se você notar isto, interrompa o uso de Daivobet® pomada e avise seu médico assim que possível.

Algumas reações graves são causadas pela betametasona, um dos ingredientes de Daivobet® pomada Informe seu médico assim que possível, caso apresente alguma destas reações adversas. Estas reações são mais prováveis de ocorrer após o uso prolongado, uso sob as dobras da pele (como virilhas, axilas ou debaixo das mamas), uso sob oclusão, ou quando aplicado em grandes áreas da pele:

  • Suas glândulas suprarrenais podem parar de funcionar adequadamente (os sinais são: cansaço, de ressão e ansiedade).
  • Catarata (os sinais são: visão turva, dificuldade de visão noturna e sensibilidade à luz)
  • Aumento da pressão nos olhos (os sinais são: dor nos olhos, vermelhidão, redução da visão ou visão turva)
  • Infecções (seu sistema imune, que combate as infecções, pode estar suprimido ou enfraquecido)
  • Psoríase pustular (uma área vermelha com pústulas amar ladas normalmente nas mãos ou pés). Se você notar isto, interrompa o uso de Daivobet® pomada e avise seu médico assim que possível.
  • Impacto no controle metabólico do diabetes mellitus (se você tem diabetes, podem ocorrer alterações no nível de glicose (açúcar) de seu sangue)

Reações adversas graves relacionadas ao calcipotriol

  • Reações alérgicas com inchaço (edema) profundo do rosto ou outras partes do corpo tais como mãos ou pés. Pode ocorrer inchaço da boca ou da garganta e dificuldade de respirar. Se tiver uma reação alérgica pare de usar Daivobet® pomada, avise imediatamente seu médico ou procure um pronto-socorro.
  • O tratamento com esta pomada pode causar aumento do nível de cálcio no sangue ou urina (normalmente quando se usa muito gel). Os sintomas do aumento do nível de cálcio no sangue são secreção excesiva de urina, prisão de ventre, fraqueza muscular, confusão e coma. Esta situação pode ser grave, avise imediatamente seu médico. Os níveis voltam ao normal quando o tratamento é suspenso.

Reações adversas menos graves

As seguintes reações adversas menos graves foram relatadas para Daivobet® gel:

Comuns (podem afetar até 1 em 10 pes oas)

  • Coceira
  • Esfoliação da pele

Incomuns (podem afetar até 1 em 100 pessoas)

  • Dor ou irritação da pele
  • Rash com inflamação da pele (dermatite)
  • Vermelhidão da pele devido à dilatação de pequenos vasos sanguíneos (eritema)
  • Inflamação ou inchaço da raiz do cabelo (foliculite)
  • Alteração da coloração da pele no local da aplicação da pomada
  • Rash (erupção da pele)
  • Sensação de queimadura na pele
  • Infecção da pele
  • Afinamento da pele
  • Aparência de descoloração vermelha ou roxa na pele (púrpura ouequimose)

Raras (podem afetar até 1 em 1.000 pessoas)

  • Infecção bacteriana ou fúngica do folículo capilar (furúnculo)
  • Reações alérgicas
  • Hipercalcemia
  • Estrias
  • Sensibilidade da pele à luz, resultando em rash (erupção)
  • Acne (espinhas)
  • Pele seca
  • Efeito rebote: uma piora de sintomas/psoríase após o término do tratamento

Reações menos graves causadas pelo uso da betametasona. Avise seu médico se observar alguma destas reações.

  • Afinamento da pele
  • Aparecimento deveias superficiais ou estrias
  • Alterações no crescimento do cabelo
  • Irritação avermelhada ao redor da boca (dermatite perioral)
  • Irritação da pele com inflamação ou edema (dermatite alérgica de contato)
  • Pequenas bolhas de coloração dourada (mília coloidal)
  • Clareamento da cor da pele (despigmentação)
  • Inflamação ou inchaço da raiz do cabelo (foliculite)

Reações adversas menos graves causadas pelo calcipotriol;

  • Pele seca
  • Sensibilidade da pela à luz, resultando em erupção
  • Eczema.
  • Coceira
  • Irritação da pele
  • Sensação de queimadura e picada
  • Vermelhidão da pele devido à dilatação de pequenos vasos sanguíneos (eritema)
  • Erupção da pele (Rash)
  • Rash com inflamação da pele (dermatite)
  • Piora da psoríase

Reações adversas relacionadas a excipientes: Daivobet® pomada contém traços de butilidroxitolueno (E321) que pode causar reações de irritação local (como dermatite de contato) ou irritação dos olhos e mucosas.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Entre em contato com seu médico se tiver usado mais do que 15 g em um dia. O uso prolongado excessivo de Daivobet® pomada pode provocar problemas com o cálcio no seu sangue, que é normalizado quando o tratamento é suspenso.

Seu médico pode solicitar exames de sangue para verificar se o uso de muita pomada não provocou algum problema com o cálcio no seu sangue.

O uso prolongado excessivo de Daivobet® pomada também pode levar suas glândulas suprarrenais (que se encontram perto dos rins e produzem hormônios) a não funcionarem bem.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

DIZERES LEGAIS


VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
 

MS 1.8569.0004
Farm. Resp.: Patricia Racy Dias CRF-SP 31.855

Fabricado por:
LEO Laboratories Limited, Dublin, Irlanda

Registrado por:
LEO Pharma Ltda.
Av. Eng. Luis C. Berrini, 1645, Cj. 71
CEP 04.571-011
São Paulo-SP
CNPJ 11.424.477/0001-10

Importado e comercializado por:
LEO Pharma Ltda.
Av. Portugal, 1100 - Rua 5 A 14
CEP 06696-060 - Itapevi - SP
CNPJ 11.424.477/0002-00


SAC 0800 779 7799

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

Tem alguma dúvida sobre Daivobet Pomada?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.