Preço de Pharmaton em Houston/SP: R$ 41,16

Pharmaton

Boehringer Ingelheim

Atualizado em 09/12/2014

Pharmaton®

Polivitamínico, polimineral, Panax ginseng

VITALIDADE

Forma Farmacêutica e Apresentações de Pharmaton

Cápsulas: embalagens com 30 e 100 cápsulas

USO ADULTO

Composição de Pharmaton

Cada cápsula contém:
extrato padronizado de Ginseng G115
(Panax ginseng)                  40 mg
vitamina1 A (palmitato de retinol)          2667 UI
vitamina1 D3 (colecalciferol)              200 UI
vitamina1 E (acetato de racealfatocoferol)      10 mg
vitamina1 B1 (nitrato de tiamina)              1,4 mg
vitamina1 B2 (riboflavina)              1,6 mg
vitamina1 B6 (cloridrato de piridoxina)          2 mg
vitamina1 B12 (cianocobalamina)          1 mcg
biotina                          150 mcg
nicotinamida                      18 mg
vitamina1 C (ácido ascórbico)              60 mg
ácido fólico                      0,10 mg
cobre (sulfato cúprico)                  2 mg
manganês (sulfato de manganês monoidratado) 2,5 mg
magnésio (sulfato de magnésio)         10 mg
ferro (sulfato ferroso)                 10 mg
zinco (sulfato de zinco monoidratado)         1 mg
cálcio (fosfato de cálcio dibásico)         100 mg
selênio (selenito de sódio)             50 mcg
lecitina de soja                     100 mg

Excipientes: óleo vegetal de colza, glicerídeos semi-sintéticos sólidos, etilvanilina, óleo de amendoim, gelatina, triglicerídeos de cadeia média, lactose2 monoidratada, dióxido de silício, glicerol, óxido de ferro preto, óxido de ferro vermelho.

Informação ao Paciente de Pharmaton

PHARMATON é uma formulação suíça com eficácia cientificamente comprovada, que contém o extrato padronizado de Ginseng G115, vitaminas, minerais e oligoelementos. Trata-se de uma associação bem equilibrada, que proporciona um efeito revigorante. PHARMATON, portanto, melhora o rendimento físico emental e suplementa o organismo com substâncias indispensáveis ao seu bom desempenho.
PHARMATON não contém açúcar3 e não promove ganho de peso. Conserve o produto em lugar seco, a temperaturas abaixo de 25ºC e ao abrigo da luz. O prazo de validade do produto é de 24 meses. Não tome medicamentos com prazo de validade vencido.
O produto é contra-indicado para as pessoas que apresentam hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula. O produto pode provocar distúrbios gastrintestinais. Se ocorrerem reações desagradáveis graves, procure orientação médica.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
O produto é isento de açúcar3, podendo ser utilizado por diabéticos.
Desconhecem-se restrições ou precauções especiais para o uso do produto em pacientes com idade superior a 65 anos.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE4.

Informação Técnica de Pharmaton

PHARMATON contém, além do extrato padronizado de Ginseng G115, vitaminas, minerais e oligoelementos em quantidades adaptadas às necessidades diárias do organismo.
O extrato padronizado de Ginseng G115 aumenta o nível geral da atividade celular, o que se evidencia pelo aumento acentuado da capacidade mental e física. Em experimentos animais, verificou-se diminuição da concentração de ácido láctico nos músculos5 durante exercícios físicos, após o tratamento.
Observaram-se aumento das quantidades de dopamina6 e noradrenalina7 e redução da quantidade de serotonina no cérebro8. Demonstrou-se em estudos clínicos que o extrato padronizado de Ginseng G115 aumenta a capacidade de absorção de oxigênio.
As vitaminas, os minerais e os oligoelementos corrigem e previnem as repercussões danosas sobre o metabolismo9 celular nas situações de demanda aumentada. Baixo suprimento de vitaminas, minerais e oligoelementos pode causar distúrbios como debilidade, cansaço, diminuição da vitalidade, resistência
reduzida e convalescença prolongada. As vitaminas do complexo B são necessárias para as funções metabólicas normais.
Em vários estudos clínicos com pessoas jovens, de meia-idade e idosas observou-se um aumento nas condições físicas e/ou mentais após a administração de PHARMATON.
Comprovou-se por meio de estudos clínicos a influência positiva do produto na convalescença, caracterizada por melhora nas condições físicas e mentais, bem como um aumento das condições gerais e psicofísicas reduzidas pelo avanço da idade.

Indicações de Pharmaton

•  Nos estados de esgotamento (causados por exemplo por estresse), fadiga10, sensação de fraqueza, diminuição da concentração e do desempenho físico e mental.•  Nos casos de nutrição11 mal-balanceada ou deficiente causados, por exemplo, pelo avanço da idade ou devidos a hábitos alimentares, perda de apetite, anorexia12 e debilidade decorrente de doença crônica ou aguda, incluindo cirurgia e convalescença.

Contra-Indicações de Pharmaton

O produto é contra-indicado para as pessoas que apresentam hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula; na presença de distúrbios do metabolismo9 do cálcio (por exemplo hipercalcemia e hipercalciúria13); em caso de hipervitaminose A ou D; na presença de insuficiência renal14; durante tratamentos com retinóides (como por exemplo contra a acne15) ou vitamina1 D.

Este produto está contra-indicado em pacientes com histórico de alergia16 à soja ou ao amendoim.

O uso de PHARMATON está contra-indicado em caso de condições hereditárias raras que podem ser incompatíveis com algum excipiente do produto (Ver item Precauções e Advertências).

Precauções e Advertências de Pharmaton

Este produto contém 26 mg de lactose2 por dose diária máxima recomendada.

Pacientes com condição hereditária rara de intolerância à galactose17 (ex. galactosemia18) não devem tomar este medicamento.

Efeitos na habilidade de dirigir veículos e utilizar máquinasDesconhecem-se efeitos na habilidade de dirigir veículos ou operar máquinas.

Gravidez19 e lactação20
Não há evidência de que PHARMATON represente risco para o feto21 durante a gravidez19 na dosagem recomendada. Contudo, até o momento não há estudos controlados disponíveis com gestantes.
Assim como ocorre com outros medicamentos, deve-se avaliar a relação entre os riscos e os benefícios antes da administração de PHARMATON durante esse período. De acordo com a prática médica geral, este
medicamento somente deve ser utilizado por gestantes e lactantes22 sob prescrição médica.
PHARMATON contém, entre outros ingredientes, as vitaminas A e D em quantidades levemente superiores à necessidade diária.

Reações Adversas de Pharmaton

Relataram-se casos de dores de cabeça23, vertigem24, reações gastrintestinais (como naúsea, dor de estômago25, vômito26 e diarréia27) e reações de hipersensibilidade (como erupção28 cutânea29 e prurido30).

Interações Medicamentosas de Pharmaton

Em estudo realizado com ginseng Americano, o ginseng reduziu o efeito de medicamentos anticoagulantes31.Pacientes sob tratamento com os anticoagulantes31 (medicamentos que afinam o sangue32) devem consultar o médico antes de tomar PHARMATON.

Posologia de Pharmaton

Recomendam-se, nas duas ou três semanas iniciais, uma a duas cápsulas ao dia, uma após o café da manhã e outra após o almoço, passando-se a seguir para uma cápsula ao dia, após o café da manhã.
O produto não é indicado para crianças com idade inferior a 12 anos.
Não há recomendações de doses especiais para idosos.
Siga corretamente o modo de usar; não desaparecendo os sintomas33, procure orientação médica.

Superdosagem de Pharmaton

A toxicidade34 do produto em altas doses será devida às vitaminas lipossolúveis A e D.A administração diária prolongada de grandes quantidades (correspondentes a 25 cápsulas para vitamina1 A e 5 cápsulas para vitamina1 D) pode causar sintomas33 de toxicidade34 crônica tais como vômitos35, dor de cabeça23, sonolência e diarréia27. Os sintomas33 agudos somente são observados com doses ainda mais elevadas.

Pacientes Idosos de Pharmaton

Desconhecem-se restrições ou precauções especiais para o uso do produto em pacientes com idade acima de 65 anos.

N° do lote, data de fabricação e prazo de validade: vide cartucho.
Para sua segurança, mantenha esta embalagem até o uso total do medicamento.

Pharmaton - Laboratório

Boehringer Ingelheim
Av. Maria Coelho Aguiar,215-Bl. F - 3ºand
São Paulo/SP - CEP: 05804-970
Tel: 55 (011) 3741-2181
Fax: 55 (011) 3741-1648
Site: http://www.boehringer-ingelheim.com/

Ver outros medicamentos do laboratório "Boehringer Ingelheim"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Lactose: Tipo de glicídio que possui ligação glicosídica. É o açúcar encontrado no leite e seus derivados. A lactose é formada por dois carboidratos menores, chamados monossacarídeos, a glicose e a galactose, sendo, portanto, um dissacarídeo.
3 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
4 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
5 Músculos: Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.
6 Dopamina: É um mediador químico presente nas glândulas suprarrenais, indispensável para a atividade normal do cérebro.
7 Noradrenalina: Mediador químico do grupo das catecolaminas, liberado pelas fibras nervosas simpáticas, precursor da adrenalina na parte interna das cápsulas das glândulas suprarrenais.
8 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
9 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
10 Fadiga: 1. Sensação de enfraquecimento resultante de esforço físico. 2. Trabalho cansativo. 3. Redução gradual da resistência de um material ou da sensibilidade de um equipamento devido ao uso continuado.
11 Nutrição: Incorporação de vitaminas, minerais, proteínas, lipídios, carboidratos, oligoelementos, etc. indispensáveis para o desenvolvimento e manutenção de um indivíduo normal.
12 Anorexia: Perda do apetite ou do desejo de ingerir alimentos.
13 Hipercalciúria: Eliminação de quantidade anormalmente grande de cálcio na urina.
14 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
15 Acne: Doença de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. As lesões começam a surgir na puberdade, atingindo a maioria dos jovens de ambos os sexos. Os cravos e espinhas ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos). Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.
16 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
17 Galactose: 1. Produção de leite pela glândula mamária. 2. Monossacarídeo usualmente encontrado em oligossacarídeos de origem vegetal e animal e em polissacarídeos, usado em síntese orgânica e, em medicina, no auxílio ao diagnóstico da função hepática.
18 Galactosemia: Doença hereditária que afeta o metabolismo da galactose (“produção”).
19 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
20 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
21 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
22 Lactantes: Que produzem leite; que aleitam.
23 Cabeça:
24 Vertigem: Alucinação de movimento. Pode ser devido à doença do sistema de equilíbrio, reação a drogas, etc.
25 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
26 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
27 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
28 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
29 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
30 Prurido: 1.    Na dermatologia, o prurido significa uma sensação incômoda na pele ou nas mucosas que leva a coçar, devido à liberação pelo organismo de substâncias químicas, como a histamina, que irritam algum nervo periférico. 2.    Comichão, coceira. 3.    No sentido figurado, prurido é um estado de hesitação ou dor na consciência; escrúpulo, preocupação, pudor. Também pode significar um forte desejo, impaciência, inquietação.
31 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
32 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
33 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
34 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
35 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.

Tem alguma dúvida sobre Pharmaton?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.