BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos

Resultados encontrados para Ácido Gástrico:

Refluxo ou Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE)

Mas ele pode apresentar uma certa incapacidade e não se fechar completamente, o que permite o retorno do conteúdo do estômago para o esôfago. Outras situações podem contribuir para o refluxo, como a elevada produção de ácido gástrico, obesidade, gravidez, hérnia de hiato , síndrome de Zollinger-Ellison, hipercalcemia e esclerose sistêmica. - [Mais...]

ALGINAC

No fígado, a vitamina B1 é fosforilada em pirofosfato de tiamina (TPP) e trifosfato de tiamina (TTP), por meio de tiamina quinase. A vitamina B1 é eliminada com meia-vida de uma hora para a fase beta. Os produtos de excreção são ácido carboxílico de tiamina, piramina, tiamina e um número de metabolitos ainda não identificados (excreção renal). Quanto maior a ingestão de vitamina B1 maior é quantidade de vitamina B1 inalterada excretada pelos rins no período de 4 a 6 horas. - [Mais...]

OSSOPAN 800

Pacientes com distúrbios renais ou propensão à formação de cálculos renais devem ser acompanhados pelo médico na terapia com Ossopan 800. Pacientes portadores da síndrome de Zollinger-Ellison podem apresentar aumento da secreção de gastrina e ácido gástrico durante o tratamento com Ossopan 800, devido ao alto teor de cálcio do produto. Deve-se evitar o abuso de álcool e nicotina. - [Mais...]

SANDOSTATIN LAR

Embora a administração de octreotida, com freqüência, leve a uma redução imediata nos níveis plasmáticos de glucagon, este decréscimo geralmente não é mantido durante período prolongado de administração, apesar da melhora sintomática continuada. Gastrinomas/síndrome de Zollinger-Ellison- Embora a terapia com agentes bloqueadores do receptor-H2 seletivo e antiácidos controle a ulceração péptica recorrente que resulta da hipersecreção de ácido gástrico estimulada pela gastrina, tal controle pode ser incompleto. A diarréia pode também constituir sintoma proeminente não aliviado por esta terapia. - [Mais...]

Cloridrato de Ranitidina Novartis

Cloridrato de Ranitidina também está indicado nas seguintes condições, onde se deseja a redução da produção de ácido gástrico: profilaxia da hemorragia gastrintestinal conseqüente à úlcera de estresse em pacientes gravemente enfermos; profilaxia da hemorragia recorrente em pacientes com úlcera péptica; prevenção da síndrome da aspiração ácida (Síndrome de Mendelson). - [Mais...]

AMPICILINA

Farmacocinética da Ampicilina Absorção A Ampicilina é estável na presença de ácido gástrico, sendo bem absorvida pelo trato gastrintestinal (cerca de 40 a 50%). A ingestão conjunta com alimentos diminui a absorção oral da Ampicilina . Gastrectomia parcial não afeta a absorção oral da Ampicilina . - [Mais...]

NEXIUM

Esses efeitos gástricos no rato são o resultado da hipergastrinemia pronunciada, constante, secundária à produção reduzida do ácido gástrico e são observados após o tratamento prolongado no rato com inibidores da secreção ácida gástrica. - [Mais...]

Amplacilina (Eurofarma)

Neisseria meningitidis; Proteus mirabilis e muitas cepas de Salmonella (incluindo Salmonella typhosa ); Shigella e Escherichia coli. Farmacocinética A ampicilina é estável na presença do ácido gástrico, sendo bem absorvida pelo trato gastrintestinal. Difunde-se rapidamente na maioria dos tecidos e fluidos do organismo. A penetração no líquor e no cérebro, entretanto, somente ocorre na presença de inflamação meníngea. - [Mais...]

ULCOREN Comprimidos

· Ação esperada do medicamento: Ulcoren contém ranitidina, um antiulceroso indicado no tratamento da úlcera duodenal, úlcera gástrica, úlcera pós-operatória, esofagite de refluxo, síndrome de Zollinger-Ellison e outras condições onde é necessário reduzir a secreção e a produção de ácido gástrico. · Cuidados de armazenamento: Conservar o produto em temperatura ambiente (entre 15 e 30 ºC), ao abrigo da luz e umidade. - [Mais...]

K.U. DOXORUBICIN HCL

Cloridrato de Doxorrubicina tem também atividade imunossupressora. Farmacocinética: Cloridrato de Doxorrubicina não é estável em ácido gástrico e estudos em animais indicam que não é absorvido pelo trato gastrintestinal. A droga é extremamente irritante para tecidos, devendo, portanto, ser administrada por via intravenosa. - [Mais...]

  • Entrar
  • Cadastrar