BulasMed - Referências completas de medicamentos

bulas.med.br
Buscar bulas Índice de tópicos
BulasMed
Selecione a bula

Não utilize Emama (acetato de racealfatocoferol) se tiver antecedente de hipersensibilidade (alergia) à vitamina E, ou a qualquer componente da formulação. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO? Avise seu médico se você apresenta alguma das seguintes doenças: hipoprotrombinemia (alteração na coagulação), deficiência de vitamina K e anemia por deficiência de ferro. Gravidez e Lactação Informe a seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento, ou após seu término. Informe ao médico se está amamentando.
 - 06/08/2010
deficiência congênita da glicose-6-fosfato-desidrogenase (risco de hemólise - destruição dos glóbulos vermelhos, o que pode levar a anemia); função da medula óssea insuficiente (ex.: após tratamento que bloqueia a divisão celular) ou doenças do sistema hematopoiético (responsável pela produção das células sanguíneas).
 - 07/03/2007
Neuromuscular: possível exacerbação de miastenia grave (doença autoimune que afeta a função neuromuscular). Alterações Sanguíneas: eosinofilia (aumento do número de eosinófilos), leucopenia (diminuição do número de leucócitos), granulocitopenia (diminuição do número de granulócitos), neutropenia (diminuição do número de neutrófilos), anemia (diminuição do número de glóbulos vermelhos), incluindo anemia hemolítica (diminuição do número de glóbulos vermelhos, devido à quebra destas células), trombocitopenia (diminuição de plaquetas) e depressão da medula óssea.
 - 07/03/2007
Pequenas quantidades do ácido ascórbico e de seus produtos de metabolismo passam para o leite materno. Contra indicado para pacientes com doenças relacionadas à retenção de ferro (hemocromatose, talassemia, anemia sideroblástica e depranocítica). INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS Em pacientes em uso de indinavir e doses elevadas de vitamina C, reduziu se significativamente a concentração sérica de indinavir.
 - 07/03/2007
deficiência congênita da glicose-6-fosfato-desidrogenase (risco de hemólise destruição dos glóbulos vermelhos, o que pode levar a anemia); função da medula óssea insuficiente (ex.: após tratamento que bloqueia a divisão celular) ou doenças do sistema hematopoiético (responsável pela produção das células sanguíneas).
 - 13/08/2019
Você não deve fazer uso da INIBINA se apresentar alergia à isoxsuprina ou a qualquer dos componentes da formulação ou se apresentar hemorragia, angina grave, infarto de miocárdio recente, insuficiência cardíaca congestiva, problemas cardíacos associadas a arritmias, hipertireoidismo (tireoide hiperfuncionante), anemia grave, hipertensão pulmonar, diabetes mellitus, hipertensão arterial, doenças do sangue, doença cerebrovascular grave, glaucoma, corioamnionites (devido infecção uterina) e descolamento prematuro da placenta.
 - 07/03/2007
De modo geral, ciclos únicos intermitentes de PARAPLATIN não devem ser repetidos até que as contagens de leucócitos, neutrófilos e plaquetas tenham retornado ao normal. A anemia é frequente e cumulativa. A trasnsfusão sangüínea é frequentemente necessária durante o tratamento com PARAPLATIN , particularmente em pacientes recebendo terapia prolongada.
 - 07/03/2007
Gretivit não deve ser utilizado no tratamento de hipovitaminoses específicas (carência de uma única vitamina) e graves, em casos de hipervitaminose A e/ou D (excesso destas vitaminas), insuficiência renal grave e em pacientes com hipersensibilidade conhecida a qualquer um dos componentes da fórmula. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO? Gretivit não deve ser a opção de escolha para o tratamento de anemia perniciosa ou outras anemias megaloblásticas causadas por deficiência de vitamina B12 devido à baixa dosagem desta vitamina. Gretivit não deve ser administrado por períodos prolongados em doses superiores às recomendadas.
 - 12/08/2019
em pacientes que sofrem de deficiência grave de uma enzima chamada glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PD), o ácido acetilsalicílico pode induzir a hemólise (ruptura dos glóbulos vermelhos com liberação de hemoglobina) ou anemia hemolítica. Fatores que podem aumentar o risco de hemólise são, por exemplo, altas doses, febre ou infecções agudas; úlceras gastrintestinais (úlceras do estômago ou intestino), incluindo crônicas ou recorrentes ou sangramento gastrintestinal.
 - 23/08/2019
vasculite; artralgia; mialgia; doença do soro; pneumonite alérgica; nefrite intersticial; falência ou insuficiência renal aguda; hepatite; icterícia; falência ou necrose hepática aguda; anemia, inclusive hemolítica e aplástica; trombocitopenia, leucopenia; agranulocitose; pancitopenia; e/ou outras anormalidades hematológicas.
 - 28/08/2012
O bulas.med.br faz parte da plataforma HiDoctor
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).
Mostrar: 10
<< - « Anteriores - 25 - 26 - 27 - 28 - 29 - 30 - Próximos » - >>
271 a 280 (Total: 2438)

Outros resultados:

Resultados: 244

O que é anemia ferropriva? Como o próprio nome sugere, anemia ferropriva é uma forma de anemia que ocorre devido a uma deficiência de ferro. Estima-se que 90% de todas as anemias sejam causadas por deficiência de ferro.
O que é anemia de Fanconi? A anemia de Fanconi é uma forma rara de anemia que afeta crianças e adultos de todos os grupos étnicos e não deve ser confundida com a síndrome renal, também descrita por Fanconi e que, igualmente, leva o seu nome.
Contudo, esse processo pode sofrer desvios patológicos no sentido de uma hemólise mais acentuada que o normal. O que é anemia hemolítica? Certas condições podem fazer com que a hemólise aconteça com muita rapidez ou com muita frequência. A anemia hemolítica se dá nessas condições.
O que é anemia aplástica? Chama-se anemia aplástica a um quadro clínico raro, porém grave e potencialmente fatal, em que a medula óssea que normalmente produz as células do sangue (hemácias, leucócitos e plaquetas) entra em falência e passa a produzi-las em quantidades insuficientes.
O que é a anemia falciforme? A anemia falciforme (ou drepanocitose) é uma anemia hereditária, transmitida geneticamente, em que as hemácias defeituosas assumem forma semelhante a foices (donde vem o nome da doença), causando deficiência do transporte de oxigênio para os tecidos.
Mostrar: 5
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - Próximos » - >>
1 a 5 (Total: 244)
  • Entrar
  • Cadastrar