AMINOFILINA

Inst. de Medicamentos e Alergia IMA

Atualizado em 03/06/2015

Indicações da Aminofilina

RELAXANTE DA MUSCULATURA BRONQUIAL.

Apresentação da Aminofilina

CAIXAS COM 50 ENVELOPES DE 10 COMPRIMIDOS DE 100 MG E CAIXAS COM 50 AMPOLAS DE 10 ML DE SOLUCAO INJETAVEL A 24 MG/ML.

Composição da Aminofilina

COMPRIMIDOS: 100 MG E 200 MG/COMPRIMIDO. SOLUCAO ORAL: 240 MG/ML. SOLUCAO INJETAVEL: 24 MG/ML.

Indicações da Aminofilina

INDICADO NO TRATAMENTO DA ASMA1 BRONQUICA, BRONQUITES, INSUFICIENCIAS RESPIRATORIAS E CARDIACAS. - USO ADULTO E INFANTIL.

Apresentação da Aminofilina

COMPRIMIDOS: CAIXA COM 20 COMPRIMIDOS. SOLUCAO ORAL: FRASCO COM 10 ML. SOLUCAO INJETAVEL: CAIXA COM 50 AMPOLAS DE 10 ML.

Composição da Aminofilina

COMPRIMIDOS: AMINOFILINA: 0,100 G OU 0,200 G, EXCIPIENTE/VEICULO Q.S.P. 1 COMPRIMIDO. GOTAS: AMINOFILINA: 2,4 G, EXCIPIENTE/VEICULO Q.S.P. 10 ML.

Posologia e Administração da Aminofilina

RECOMENDA-SE INDIVIDUALIZAR A POSOLOGIA DE AMINOFILINA. DEVEM SER UTILIZADAS AS DOSES MINIMAS EFICAZES. ADULTOS: 1 COMPRIMIDO 2 A 3 VEZES AO DIA, DE PREFERENCIA APOS AS REFEICOES COM UMA BEBIDA QUENTE, OU ENTAO 10 A 20 GOTAS NAS MESMAS CONDICOES. CRIANCAS: 20 MG (2 GOTAS) /KG DE PESO POR DIA, DIVIDIDA EM 4 TOMADAS.

Contra-Indicações da Aminofilina

ULCERA PEPTICA2 (OU HISTORIA PREGRESSA DE ULCERA PEPTICA2); INSUFICIENCIA HEPATICA3 E RENAL4 GRAVES; INSUFICIENCIA5 DO SISTEMA CIRCULATORIO6; GRAVIDEZ7 E LACTACAO8; LESOES9 CARDIACAS.

Indicações da Aminofilina

ASMA1 BRONQUICA, BRONQUITES AGUDAS E CRONICAS, ENFISEMA10, OUTRAS CAUSAS DE INSUFICIENCIA CARDIACA11 ESQUERDA (DISPNEIA12 AOS ESFORCOS, ASMA1 CARDIACA, DISPNEIA12 NOTURNA PAROXISTICA, EDEMA13 AGUDO14 DO PULMAO15), INSUFICIENCIA CARDIACA CONGESTIVA16, COR PULMONALE, COMO ADJUVANTE NA INSUFICIENCIA5 CORONARIANA. NEFROLOGIA: POTENCIALIZADORA DO EFEITO DOS DIURETICOS17 EM NEFROPATIAS18 COM IMPORTANTE COMPONENTE EDEMATOSO.

Apresentação da Aminofilina

COMPRIMDOS: CAIXAS COM 10, 20 E 200 COMPRIMIDOS. SOLUCAO ORAL: FRASCOS DE 10 ML, COM 2,4 G (APROX. 10 MG/GOTA19).

AMINOFILINA - Laboratório

Inst. de Medicamentos e Alergia IMA
Rua Araújo Leitão, 193
Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20715310
Tel: (21 )501-0248
Fax: (21 )201-0198

Ver outros medicamentos do laboratório "Inst. de Medicamentos e Alergia IMA"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
2 Úlcera péptica: Lesão na mucosa do esôfago, estômago ou duodeno. Também chamada de úlcera gástrica ou duodenal. Pode ser provocada por excesso de ácido clorídrico produzido pelo próprio estômago ou por medicamentos como antiinflamatórios ou aspirina. É uma doença infecciosa, causada pela bactéria Helicobacter pylori em quase 100% dos casos. Os principais sintomas são: dor, má digestão, enjôo, queimação (azia), sensação de estômago vazio.
3 Insuficiência hepática: Deterioração grave da função hepática. Pode ser decorrente de hepatite viral, cirrose e hepatopatia alcoólica (lesão hepática devido ao consumo de álcool) ou medicamentosa (causada por medicamentos como, por exemplo, o acetaminofeno). Para que uma insuficiência hepática ocorra, deve haver uma lesão de grande porção do fígado.
4 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
5 Insuficiência: Incapacidade de um órgão ou sistema para realizar adequadamente suas funções.Manifesta-se de diferentes formas segundo o órgão comprometido. Exemplos: insuficiência renal, hepática, cardíaca, respiratória.
6 Sistema circulatório: O sistema circulatório ou cardiovascular é formado por um circuito fechado de tubos (artérias, veias e capilares) dentro dos quais circula o sangue e por um órgão central, o coração, que atua como bomba. Ele move o sangue através dos vasos sanguíneos e distribui substâncias por todo o organismo.
7 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
8 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
9 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
10 Enfisema: Doença respiratória caracterizada por destruição das paredes que separam um alvéolo de outro, com conseqüente perda da retração pulmonar normal. É produzida pelo hábito de fumar e, em algumas pessoas, pela deficiência de uma proteína chamada Antitripsina.
11 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
12 Dispnéia: Falta de ar ou dificuldade para respirar caracterizada por respiração rápida e curta, geralmente está associada a alguma doença cardíaca ou pulmonar.
13 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
14 Agudo: Descreve algo que acontece repentinamente e por curto período de tempo. O oposto de crônico.
15 Pulmão: Órgão do sistema respiratório situado na cavidade torácica e responsável pelas trocas gasosas entre o ambiente e o sangue. São em número de dois, possuem forma piramidal, têm consistência esponjosa e medem cerca de 25 cm de comprimento. Os pulmões humanos são divididos em segmentos denominados lobos. O pulmão esquerdo possui dois lobos e o direito possui três. Os pulmões são compostos de brônquios que se dividem em bronquíolos e alvéolos pulmonares. Nos alvéolos se dão as trocas gasosas ou hematose pulmonar entre o meio ambiente e o corpo, com a entrada de oxigênio na hemoglobina do sangue (formando a oxiemoglobina) e saída do gás carbônico ou dióxido de carbono (que vem da célula como carboemoglobina) dos capilares para o alvéolo.
16 Insuficiência Cardíaca Congestiva: É uma incapacidade do coração para efetuar as suas funções de forma adequada como conseqüência de enfermidades do próprio coração ou de outros órgãos. O músculo cardíaco vai diminuindo sua força para bombear o sangue para todo o organismo.
17 Diuréticos: Grupo de fármacos que atuam no rim, aumentando o volume e o grau de diluição da urina. Eles depletam os níveis de água e cloreto de sódio sangüíneos. São usados no tratamento da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardiaca ou cirrose do fígado. Há dois tipos de diuréticos, os que atuam diretamente nos túbulos renais, modificando a sua atividade secretora e absorvente; e aqueles que modificam o conteúdo do filtrado glomerular, dificultando indiretamente a reabsorção da água e sal.
18 Nefropatias: Lesões ou doenças dos rins.
19 Gota: 1. Distúrbio metabólico produzido pelo aumento na concentração de ácido úrico no sangue. Manifesta-se pela formação de cálculos renais, inflamação articular e depósito de cristais de ácido úrico no tecido celular subcutâneo. A inflamação articular é muito dolorosa e ataca em crises. 2. Pingo de qualquer líquido.
Artigos relacionados

Tem alguma dúvida sobre AMINOFILINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.