TRANXILENE

Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda

Atualizado em 09/12/2014

Composição de Tranxilene

CLORAZEPATO DIPOTASSICO.

Posologia e Administração de Tranxilene

1 A 2 CAPSULAS AO DIA DE PREFERENCIA AO DEITAR. AS DOSES OTIMAS PARA CADA PACIENTE SITUAM-SE ENTRE 5 E 30 MG POR DIA.

Precauções de Tranxilene

EVITAR O USO DE BEBIDAS ALCOOLICAS E MANUSEIO DE MAQUINAS. REDUZIR A POSOLOGIA EM IDOSOS. EVITAR O USO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DA GRAVIDEZ1 E DURANTE A LACTACAO2. O USO EM PEDIATRIA DEVE SER RESTRITO A CASOS ESPECIAIS. O CLORAZEPATO PODE POTENCIALIZAR DEPRESSORES NEUROMUSCULARES E DEPRESSORES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL3.

Reações Adversas de Tranxilene

DE ACORDO COM A TOLERABILIDADE INDIVIDUAL, PODEM OCORRER SEDACAO4, AMNESIA5 ANTEROGRADA, REACOES PARADOXAIS, RELAXAMENTO MUSCULAR. DOSES ELEVADAS EM TRATAMENTO PROLONGADO PODEM LEVAR A DEPENDENCIA, EM PACIENTES PREDISPOSTOS. CONDUTA NA SUPERDOSAGEM: LAVAGEM GASTRICA6, TRATAMENTO SINTOMATICO7 E DIURESE8 OSMOTICA9. O FLUMAZENIL PODE SER USADO COM ANTAGONISTA10 ESPECIFICO.

Contra-Indicações de Tranxilene

HIPERSENSIBILIDADE AOS BENZODIAZEPINICOS, INSUFICIENCIA RESPIRATORIA11 GRAVE, CRIANCAS COM MENOS DE 2 ANOS DE IDADE, MIASTENIA12 GRAVIS, INSUFICIENCIA RENAL13 OU HEPATICA14 SEVERA.

Indicações de Tranxilene

ANSIOLITICO. MANIFESTACOES DE ANSIEDADE PATOLOGICA, INCLUSIVE DISTURBIOS FUNCIONAIS E ALTERACOES DE FUNDO PSICOSSOMATICO.

Apresentação de Tranxilene

FRASCOS COM 20 CAPSULAS DE 5 MG, 10 MG OU 15 MG.

TRANXILENE - Laboratório

Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda
Rua Conde Domingos Papais, 413
Suzano/SP - CEP: 08613-010
Site: http://www.sanofi-aventis.com.br
C.N.P.J. 02.685.377/0008-23 - Indústria Brasileira

Ou

Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda
Av Brasil, 22.155- Rio de Janeiro - RJ
CNPJ 02.685.377/0019-86 - Indústria Brasileira
Atendimento ao Consumidor 0800-703-0014
www.sanofi-aventis.com.br

Ver outros medicamentos do laboratório "Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda"

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
3 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
4 Sedação: 1. Ato ou efeito de sedar. 2. Aplicação de sedativo visando aliviar sensação física, por exemplo, de dor. 3. Diminuição de irritabilidade, de nervosismo, como efeito de sedativo. 4. Moderação de hiperatividade orgânica.
5 Amnésia: Perda parcial ou total da memória.
6 Lavagem gástrica: É a introdução, através de sonda nasogástrica, de líquido na cavidade gástrica, seguida de sua remoção.
7 Sintomático: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
8 Diurese: Diurese é excreção de urina, fenômeno que se dá nos rins. É impróprio usar esse termo na acepção de urina, micção, freqüência miccional ou volume urinário. Um paciente com retenção urinária aguda pode, inicialmente, ter diurese normal.
9 Osmótica: Relativo à osmose, ou seja, ao fluxo do solvente de uma solução pouco concentrada, em direção a outra mais concentrada, que se dá através de uma membrana semipermeável.
10 Antagonista: 1. Opositor. 2. Adversário. 3. Em anatomia geral, que ou o que, numa mesma região anatômica ou função fisiológica, trabalha em sentido contrário (diz-se de músculo). 4. Em medicina, que realiza movimento contrário ou oposto a outro (diz-se de músculo). 5. Em farmácia, que ou o que tende a anular a ação de outro agente (diz-se de agente, medicamento etc.). Agem como bloqueadores de receptores. 6. Em odontologia, que se articula em oposição (diz-se de ou qualquer dente em relação ao da maxila oposta).
11 Insuficiência respiratória: Condição clínica na qual o sistema respiratório não consegue manter os valores da pressão arterial de oxigênio (PaO2) e/ou da pressão arterial de gás carbônico (PaCO2) dentro dos limites da normalidade, para determinada demanda metabólica. Como a definição está relacionada à incapacidade do sistema respiratório em manter níveis adequados de oxigenação e gás carbônico, foram estabelecidos, para sua caracterização, pontos de corte na gasometria arterial: PaO2 50 mmHg.
12 Miastenia: Perda das forças musculares ocasionada por doenças musculares inflamatórias. Por ex. Miastenia Gravis. A debilidade pode predominar em diferentes grupos musculares segundo o tipo de afecção (debilidade nos músculos extrínsecos do olho, da pelve, ou dos ombros, etc.).
13 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
14 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.

Tem alguma dúvida sobre TRANXILENE?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.