POSOLOGIA E MODO DE USAR CISTICID

Atualizado em 24/05/2016
Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros, durante as refeições, com um pouco de líquido.
Se necessário, podem ser dissolvidos e administrados por sonda nasogástrica1. A quantidade de comprimidos deve ser estabelecida em função do peso corporal do paciente.
Neurocisticercose2: o critério básico para utilização do praziquantel no tratamento da neurocisticercose2 consiste na verificação de que a doença está em atividade. A presença de cistos viáveis, visíveis (por exemplo, na tomografia computadorizada3 de crânio4), juntamente com os testes imunológicos, de soro5 e liquor6, positivos, são fundamentais para a confirmação do diagnóstico7. O achado isolado de calcificações cerebrais, que traduzem a morte e a degeneração8 dos cisticercos, não justifica o tratamento com praziquantel.
Recomenda-se dose diária de 50 mg/kg/dia. O nº de comprimidos de Cisticid® correspondente a esta dose deve ser dividido em três tomadas individuais.
O tratamento deve ser realizado durante 15 dias, podendo ser necessário repeti-lo após três meses,
A conveniência da administração suplementar de corticosteroides deve ser avaliada caso a caso, podendo administrar-se, por exemplo, doses diárias de 4-16 mg de dexametasona. Igual avaliação deverá ser feita quanto à necessidade de se prescrever anticonvulsivantes.
O tratamento deve ser realizado somente com o paciente hospitalizado e acompanhado por médicos com experiência em neurologia e/ou neurocirurgia.
Cisticercose subcutânea9 e/ou muscular: 30 mg/kg/dia, subdivididos em três tomadas diárias, com intervalos de 4-6 horas, durante sete dias consecutivos.
Uso pediátrico
Não se encontram disponíveis dados adicionais que assegurem a segurança de uso do praziquantel em crianças com menos de quatro anos. Assim, nestes casos, o uso de praziquantel só pode ser feito sob controle médico rigoroso.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Sonda nasogástrica: Equipamento de uso médico que pode servir tanto para alimentar pacientes que não conseguem realizar a deglutição, como para drenar líquidos do estômago (em casos de intoxicação ou cirurgias, por exemplo). A sonda é um equipamento que consiste basicamente em um tubo com duas aberturas para comunicação entre o interior e o exterior do corpo do paciente.
2 Neurocisticercose: A neurocisticercose é uma infecção do sistema nervoso central (SNC) causada pelo Cysticercus cellulosae , forma larvária da Taenia solium .
3 Tomografia computadorizada: Exame capaz de obter imagens em tons de cinza de “fatias” de partes do corpo ou de órgãos selecionados, as quais são geradas pelo processamento por um computador de uma sucessão de imagens de raios X de alta resolução em diversos segmentos sucessivos de partes do corpo ou de órgãos.
4 Crânio: O ESQUELETO da CABEÇA; compreende também os OSSOS FACIAIS e os que recobrem o CÉREBRO. Sinônimos: Calvaria; Calota Craniana
5 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
6 Líquor: Líquido cefalorraquidiano (LCR), também conhecido como líquor ou fluido cérebro espinhal, é definido como um fluido corporal estéril, incolor, encontrado no espaço subaracnoideo no cérebro e na medula espinhal (entre as meninges aracnoide e pia-máter). Caracteriza-se por ser uma solução salina pura, com baixo teor de proteínas e células, atuando como um amortecedor para o córtex cerebral e a medula espinhal. Possui também a função de fornecer nutrientes para o tecido nervoso e remover resíduos metabólicos do mesmo. É sintetizado pelos plexos coroidais, epitélio ventricular e espaço subaracnoideo em uma taxa de aproximadamente 20 mL/hora. Em recém-nascidos, este líquido é encontrado em um volume que varia entre 10 a 60 mL, enquanto que no adulto fica entre 100 a 150 mL.
7 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
8 Degeneração: 1. Ato ou efeito de degenerar (-se). 2. Perda ou alteração (no ser vivo) das qualidades de sua espécie; abastardamento. 3. Mudança para um estado pior; decaimento, declínio. 4. No sentido figurado, é o estado de depravação. 5. Degenerescência.
9 Subcutânea: Feita ou situada sob a pele; hipodérmica.

Tem alguma dúvida sobre POSOLOGIA E MODO DE USAR CISTICID?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.