INFORMAÇÃO TÉCNICA COLTRAX SOLUCAO INJETAVEL

Atualizado em 24/05/2016

Tiocolchicosido é um derivado sulfuroso de um glicósido natural de colchicina. Atua farmacologicamente como miorelaxante tanto em ser humano como em animais.

Tiocolchicosido promove uma atenuação ou supressão considerável da contração de origem central: na hipertonia1 espástica diminue a resistência passiva do músculo estriado2 e reduz ou suprime o aparecimento da contratura residual.

Sua ação miorelaxante se manifesta igualmente sobre os músculos3 viscerais (notavelmente sobre o útero4).

Tiocolchicosido está desprovido de qualquer efeito curarizante. Atua por intermédio do sistema nervoso central5 e não por uma paralisia6 da placa7 motriz.

Estudos realizados em 1980 evidenciaram uma afinidade seletiva do tipo agonista8 do Tiocolchicosido por receptores do GABA9, assim como propriedades agonistas glicinérgicas.

Por suas propriedades GABA9-miméticas, ou melhor, glicocinomiméticas, a ação que o Tiocolchicosido poderia exercer em diversos  níveis do sistema nervoso10 implicaria sua eficácia tanto em contraturas reflexas reumáticas e traumáticas, como em contraturas  espásticas de origem central.

Por outro lado, Tiocolchicosido não altera a motilidade voluntária, não provoca paralisia6 e evita deste modo todo risco respiratório.

Finalmente, COLTRAX não influi no sistema cardiovascular11.

O período de latência12 entre a administração e ação miorelaxante de Tiocolchicosido injetável é em média de 30-40 minutos.

A ação dura pelo menos 24 horas, além disso, observa-se que o efeito é acumulativo, aumentando pela repetição das doses e persiste por vários dias após a interrupção do tratamento.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Hipertonia: 1. Em biologia, é a característica de uma solução que apresenta maior concentração de solutos do que outra. 2. Em medicina, é a tensão excessiva em músculos, artérias ou outros tecidos orgânicos.
2 Músculo Estriado: Um dos dois tipos de músculo do corpo, caracterizado pelo arranjo em bandas observadas ao microscópio. Os músculos estriados podem ser divididos em dois subtipos
3 Músculos: Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.
4 Útero: Orgão muscular oco (de paredes espessas), na pelve feminina. Constituído pelo fundo (corpo), local de IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO e DESENVOLVIMENTO FETAL. Além do istmo (na extremidade perineal do fundo), encontra-se o COLO DO ÚTERO (pescoço), que se abre para a VAGINA. Além dos istmos (na extremidade abdominal superior do fundo), encontram-se as TUBAS UTERINAS.
5 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
6 Paralisia: Perda total da força muscular que produz incapacidade para realizar movimentos nos setores afetados. Pode ser produzida por doença neurológica, muscular, tóxica, metabólica ou ser uma combinação das mesmas.
7 Placa: 1. Lesão achatada, semelhante à pápula, mas com diâmetro superior a um centímetro. 2. Folha de material resistente (metal, vidro, plástico etc.), mais ou menos espessa. 3. Objeto com formato de tabuleta, geralmente de bronze, mármore ou granito, com inscrição comemorativa ou indicativa. 4. Chapa que serve de suporte a um aparelho de iluminação que se fixa em uma superfície vertical ou sobre uma peça de mobiliário, etc. 5. Placa de metal que, colocada na dianteira e na traseira de um veículo automotor, registra o número de licenciamento do veículo. 6. Chapa que, emitida pela administração pública, representa sinal oficial de concessão de certas licenças e autorizações. 7. Lâmina metálica, polida, usualmente como forma em processos de gravura. 8. Área ou zona que difere do resto de uma superfície, ordinariamente pela cor. 9. Mancha mais ou menos espessa na pele, como resultado de doença, escoriação, etc. 10. Em anatomia geral, estrutura ou órgão chato e em forma de placa, como uma escama ou lamela. 11. Em informática, suporte plano, retangular, de fibra de vidro, em que se gravam chips e outros componentes eletrônicos do computador. 12. Em odontologia, camada aderente de bactérias que se forma nos dentes.
8 Agonista: 1. Em farmacologia, agonista refere-se às ações ou aos estímulos provocados por uma resposta, referente ao aumento (ativação) ou diminuição (inibição) da atividade celular. Sendo uma droga receptiva. 2. Lutador. Na Grécia antiga, pessoa que se dedicava à ginástica para fortalecer o físico ou como preparação para o serviço militar.
9 GABA: GABA ou Ácido gama-aminobutírico é o neurotransmissor inibitório mais comum no sistema nervoso central.
10 Sistema nervoso: O sistema nervoso é dividido em sistema nervoso central (SNC) e o sistema nervoso periférico (SNP). O SNC é formado pelo encéfalo e pela medula espinhal e a porção periférica está constituída pelos nervos cranianos e espinhais, pelos gânglios e pelas terminações nervosas.
11 Sistema cardiovascular: O sistema cardiovascular ou sistema circulatório sanguíneo é formado por um circuito fechado de tubos (artérias, veias e capilares) dentro dos quais circula o sangue e por um órgão central, o coração, que atua como bomba. Ele move o sangue através dos vasos sanguíneos e distribui substâncias por todo o organismo.
12 Latência: 1. Estado, caráter daquilo que se acha latente, oculto. 2. Por extensão de sentido, é o período durante o qual algo se elabora, antes de assumir existência efetiva. 3. Em medicina, é o intervalo entre o começo de um estímulo e o início de uma reação associada a este estímulo; tempo de reação. 4. Em psicanálise, é o período (dos quatro ou cinco anos até o início da adolescência) durante o qual o interesse sexual é sublimado; período de latência.

Tem alguma dúvida sobre INFORMAÇÃO TÉCNICA COLTRAX SOLUCAO INJETAVEL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.