FARMACOLOGIA CLÍNICA CITOSTAL

Atualizado em 24/05/2016

CITOSTAL atua como um agente alquilante, mas como ocorre com outras nitrosuréias, pode inibir também vários processos emzimáticos chaves. Após administração por via oral do CITOSTAL radioativo1, em doses variando de 30 a 100mg/m 2 , cerca de metade da radioatividade administrada em 24 horas foi excretada.
A meia-vida sérica da droga e/ou metabólitos2 varia de 16 horas a 2 dias. Os níveis tissulares são comparáveis ao do plasma3, 15 minutos após administração intravenosa. Devido a alta solubilidade em lipídeos e à falta de ionização em pH fisiológico4, o CITOSTAL atravessa eficazmente a barreira hematoliquórica.
Os níveis da radioatividade no fluido cérebro5-espinhal correspondem a 50% ou mais que os mensurados concomitantemente no plasma3.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Radioativo: Que irradia ou emite radiação, que contém radioatividade.
2 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
3 Plasma: Parte que resta do SANGUE, depois que as CÉLULAS SANGÜÍNEAS são removidas por CENTRIFUGAÇÃO (sem COAGULAÇÃO SANGÜÍNEA prévia).
4 Fisiológico: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
5 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.

Tem alguma dúvida sobre FARMACOLOGIA CLÍNICA CITOSTAL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.